Abrir menu principal

Desciclopédia β

Mudanças

Tucunaré

11 bytes adicionados, 00h17min de 3 de setembro de 2008
m
Bot: Mudança automática (-[[cat: +[[Categoria: & -çe +ce & -çi +ci & -çê +cê & - pq + por que & - tbm + também & -concerteza +com certeza & - vc + você & - eh + é & -tanbem +também & - aki + aqui ); mudanças triviais
O '''Tupinanbá''', mais conhecido como "O Mito" ou "A Lenda", é um [[peixe]] que pode ser encontrado apenas em [[água]]s razas, médias e profundas.
==Características==
Seu corpo de coloração indefinida permite que possa ter uma vida também indefinida. O tupinanbá é encontrado em inúmeras regiões do planeta, sua pesca traz concequências brutais para a espécie (o que não vemos nenhum problema).
O tupinanbá possuí muitas [[escama]]s resistentes a praticamente tudo. Á mais ou menos 250 anos atráz foram encontrados registros que uma tribo indígena usava as escamas na produção de [[escudo]]s e [[arma]]s, hoje em dia essa tribo é mais conhecida como [[Al-Qaeda]].
==A Pesca==
A pesca de tupinanbá é legalizada em praticamente todos pontos em que o animal pode ser encontrado. Os primeiros grupos de pesca foram derivados de apenas um cacíque oriundo da [[Afríca]]. Esse cacíque (também conhecido como [[Jesus Negão]]), conceguiu expandir sua cultura por meio de 4 discípulos e, hoje em dia, com mais de 14 anos cada dsicípulo espalha sua sabedoria a todos cantos do mundo.
Sua pesca baseia-se em perfurar o tupinanbá com uma vara de pesca (ou metade dela) e tentar tirar da água. Para isso voce precisará de: uma gôndola (em outras palavras uma canoa) de proporções exatas, uma vara (ou metade) com ponta (de preferência)e também de um remo (a não ser que voce pretenda ficar a mercê da água, isso é muito arriscado porém é como os antigos uaiuai faziam). Todo esse procedimento exige uma posição, uma técnica e acima de tudo habilidade.
==O tupinanbá Mor==
A um bom tempo atraz no mar do [[Japão]] foram encontrados vestígios de um tupinanbá giante,medindo de 30 á 300 metros de comprimento e 10 á 50 de lagura, podendo pesar em torno de 8.000 toneladas, esse tupinanbá é relatado em hisórias do Robinson Crusoé, Moisés do Egito, e também pelo famoso Shakespeare.
O tupinanbá mor (ou tupinanbá [[pai]], ou tupinanbá [[mãe]]) é que dá origem aos outros do mundo inteiro, podendo produzir de 100 á 1.000 filhotes por hora.
 [[catCategoria:Biologia]]
19 415
edições