Esporte no Brasil

Cquote1.svg Você quis dizer: Doping todo dia Cquote2.svg
Google sobre Esporte no Brasil
Cquote1.png Experimente também: Overdose Cquote2.png
Sugestão do Google para Esporte no Brasil
Cquote1.svg Existe algum esporte além do futebol no Brasil?! Cquote2.svg
Qualquer um sobre esporte no Brasil.
Cquote1.svg Copa do Mundo não se faz com hospitais. Cquote2.svg
Ronaldo e sua pérola maior.
Cquote1.svg A minha Playboy vende até hoje. Cquote2.svg
Hortência sobre sua revista na qual posou peladinha.
Cquote1.svg Te meto a porrada, moleque baitola! Cquote2.svg
Acelino "Popó" Freitas sobre arrebentar sua cara.
Cquote1.svg Queniano filho da puta! Cquote2.svg
Atleta corredor sobre ser ultrapassado á 80 km/h.
Cquote1.svg Será que vai bater? Cquote2.svg
Ayrton Senna sobre um pouco antes de se esborrachar.
Cquote1.svg Oxalá! Vem para capoeira! Cquote2.svg
Capoeirista sobre você "jogar" com ele.
Cquote1.svg Quem esse branquelo nanico acha que é? Cquote2.svg
Michael Jordan sobre Oscar Schmidt.
Cquote1.svg Atletas ninfomaníacas? Tô dentro! Cquote2.svg
Tiger Woods sobre atletas brasileiras.
Cquote1.svg A piscina olímpica é como uma cerveja: bem gelada. Cquote2.svg
César Cielo sobre natação brasileira.
Cquote1.svg Quebrei minha unha com essa raquete grossa... Cquote2.svg
Guga sobre tênis brasileiro.
Cquote1.svg Eu não quero saber mais de boxe. A não ser se eu tiver na rua e quiser quebrar tua cara. Cquote2.svg
Maguila sobre aposentadoria do esporte.
Cquote1.svg O segredo da vitória é soltar teia no adversário. Cquote2.svg
Anderson Silva sobre os segredos do MMA.

Cquote1.svg O esporte do Brasil é muito brasileiro, entende? Cquote2.svg
Pelé sobre esporte no Brasil.
Parece uma corrida de gazelas, mas é críquete.

Como país tropical da América do Sul, o Brasil oferece um clima favorável para a prática esportiva, contudo brasileiros são péssimos em qualquer esporte que envolva gelo, neve ou sobriedade. Embora 74% da população brasileira seja gorda e sedentária há uma grande quantidade de atividades para exercitar o esqueleto nessa terra maravilhosa que é o Estados Unidos Brasil. O Brasil é reconhecido pelo péssimo desempenho em praticamente todos esportes existentes, basta observar o desempenho pífio do país Olimpíada após Olimpíada. Por ser um povo com um grave complexo de inferioridade, não faltam desculpas esfarrapadas para justificar tantos fracassos, sendo a principal delas falta de patrocínio ou apoio, embora fatores extra-campo não influenciem em nada a falta de habilidade, destreza e força numa competição. Conheça agora um pouco mais do esporte no Brasil.

Modalidades praticadasEditar

 
Tênis é um dos esportes mais seguros praticados no Brasil.

Como dito acima qualquer esporte que não seja típico de ambientes frios pode ser praticado no Brasil, porque nenhum brasileiro aprendeu esportes gelados com os amigos esquimós do Pólo Oeste. Tudo que envolve amor, comprometimento e trabalho de equipe é digno de ser uma prática esportiva de respeito no Brasil. O futebol é o esporte mais conhecido, mas não é o único praticado pelos brasileiros, há também o vôlei e basquete para concorrer com os caras de chuteira. A única modalidade que realmente não é tão praticada no Brasil é o salto de paraquedas; por ser algo que você pode esborrachar no chão caso dê merda. Esqui no gelo é um esporte que foi extinto no Brasil desde que a primeira glaciação acabou e removeu todas as calotas polares e icebergs do Sertão do Ceará.

Esportes aquáticosEditar

A modalidade onde os praticantes gostam de nado e água fresca. O maior problema de se praticar um esporte na água é ter uma remota possibilidade de algum esportista ter prisão de ventre e acabar descontando tudo na água... lembrando que piscinas olímpicas são melhores que uma piscina de 1000 litros e as águas do mar são mais revoltas do que as águas rasas de um parque aquático.

SurfingEditar

 
Gabriel Medina: a bola da vez no surf.

Surfar no Brasil é um esporte de suma importância, tendo dossiês top secrets na Polícia Federal para guardar os segredos dos melhores surfistas brasileiros. Um projeto inovador tentou implantar o surfing nas águas doces do Rio Amazonas, entretanto metade dos surfistas que participaram do projeto morreram devorados por jacarés, a outra metade encontraram com índios e não quiseram voltar das aldeias e os idealizadores do projeto atualmente estão surfando no Havaí. As praias de Pernambuco são as mais requisitadas para o esporte, sendo umas das poucas orlas onde tubarões concorrem com surfistas em cada onda que aparece. Dois lugares que são vetados para o surfing são a Baía de Guanabara e Praia Grande, no estado de Sã Paulo; o primeiro por ser um esgoto á céu aberto e o segundo por ser um lugar onde o povo da capital paulista vem para pentelhar os outros.
Popularidade - Média .
Nomes de destaque - Phil Razjman (será que é brasileiro mesmo?), Maya Gabeira e Gabriel Medina.

BiribolEditar

Um esporte pouco praticado, que consiste em jogar uma bola, peteca ou o caralho a quatro em uma piscina. Se você tem algum juízo na cabeça não pratique esse esporte!
Popularidade - Nula
Nomes de destaque - 135px

Remo e velaEditar

Principal esporte praticado no Rio de Janeiro velejar um barquinho de papel é uma das coisas mais emocionantes do mundo, comparado apenas ao prazer de comer a sua irmã. Na Marina da Glória, Rio, há cinco equipes de remo e vela que participam das Olimpíadas e da porra toda: Equipe Castor, Equipe Tigrinho, Equipe Namão, Equipe Ladainha e Equipe Nabunda; sendo a última a vencedora do Pan de 2007. Para expandir o esporte no Rio autoridades governamentais pensam em despoluir a Baía de Guanabara ainda antes que aconteça o Big Brother Brasil 20.
Popularidade - Alta .
Nomes de destaque - Robert Scheidt, Marcelo Ferreira, Irmãos Grael.

NataçãoEditar

 
O nadador mais gato da equipe brasileira de natação.

Indubitavelmente o maior representante da natação brasileira é o empresário dos cartões de crédito César Cielo. Cielo começou sua carreira de nadador profissional depois que inculcou na cuca que queria se encontrar com Bob Esponja um dia. Toda vez que Cielo entrava em uma piscina era para ver se achava o seu ídolo amarelo infantilóide que ele tanto amava. Os campeonatos mundiais que Cielo venceu foi porque ele viu algo parecido com Patrick Estrela no fundo da piscina (era uma moeda de bronze). Moradores de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul praticam natação na beira do Pantanal para caçar piranhas; daí eles têm que nadar muito para achar e ser mordido capturar uma.
Popularidade - Alta
Nomes de destaque - César Cielo, Ricardo Prado, Gustavo Borges, Xuxa.

Esportes de meter a porrada nos outrosEditar

Quem não gosta de dar um peteleco em alguém de vez em quando? Por esse motivo brasileiros praticam os esportes que revivem o instinto masculino de socar a cara de alguém até o desgraçado pedir arrego. Lembre-se sempre: a UFC não tem nada a ver com as pancadarias generalizadas que promove.

JudôEditar

 
Atual campeão de sumô judô brasileiro.

Judô é uma prática esportiva muito útil para os brasileiros, pois ensina-os a serem rápidos o suficiente para furtarem uma carteira sem serem percebidos. O estilo de luta foi introduzido no Brasil por meio do Papa Bento XVI que além de sacerdote era um exímio esmaga-ossos e quebra-colunas. Bento ensinou as técnicas do mata-leão, gravata, nó da gravata e voadora com os joelhos para os primeiros judocas brasileiros. Hoje depois de anos dos ensinamentos paposos papais o judô é um esporte plenamente estabelecido no Brasil, ajudando a quebrar o pescoço de muito folgado na rua.
Popularidade - Alta .
Nomes de destaque - Rogério Sampaio, Tiago Camilo, João Derly, Aurélio Miguel.

Jiu-JitsuEditar

 
Com lutadoras como essas até marmanjo sai correndo!

O esporte e arte marcial onde você precisa ter uma "pegada forte" para poder estrangular bem a sua sogra o infeliz que está lutando contra você. No esporte o maior destaque foi Hélio Gracie; o cara que inventou nada mais nada menos do que o jiu-jitsu à lá brasileira. O esporte encontra espaço em lugares onde há muitos valentões, por motivos que só Deus sabe.
Popularidade - Média
Nomes de destaque - Família Gracie (Hélio, Rolls Royce e Rickson)

Tae Kwon DoEditar

Esporte mixuruca que é praticado por um ou dois japinhas do bairro da Liberdade, em São Paulo. Mal aparece nas Olimpíadas.
Popularidade - Nula
Nomes de destaque - 135px

Muay ThaiEditar

Aqui não é Tailândia para essa porra ter alguma fama no Brasil.
Popularidade - Nula
Nomes de destaque - 135px

Artes Marciais MistasEditar

 
O melhor jeito de vencer uma luta de MMA.

O esporte[carece de fontes] onde você pode aprender um especial de porrada em questões de segundos. O Spider é (ou seria melhor "foi"?) um dos melhores ninjas samurai, lutador negão e metedor de porrada profissional que o Brasil já teve; até que um dia a sua técnica de "boneco de posto" não surtiu efeito e quem recebeu um especial de porrada foi ele. No Sertão nordestino os praticantes de MMA costumam levar uma peixeira consigo, caso nenhuma arte marcial pare o abestado adversário a peixeira derruba o fi d'uma égua na hora.
Popularidade - Alta (O povo quer ver sangue escorrendo!)
Nomes de destaque - Anderson Silva, José Aldo, Vitor Belfort.

CapoeiraEditar

Antigamente esse bagulho não era nem esporte, era só mais uma macumba que os negões faziam para invocar Iemanjá. Muitos pais colocam seus filhos em cursos para "jogar" capoeira para que eles possam aprender a fazer oferendas a Exú se entreter com uma prática esportiva saudável e com grande valor cultural. A Associação Nacional de Capoeira localizada no Pelourinho, Salvador tem a seguinte regra principal sobre o esporte capoeira:

  Rodarás feito pião até vomitar no chão.  

E a segunda regra principal:

  Enfiarás a porrada em todo aquele que disser que azeite-de-dendê não é de comer.  

A capoeira cresce mais e mais na Bahia e em guetos em geral.
Popularidade - Alta
Nomes de destaque - Zé Pilintra, Tranca Rua e Pomba Gira.

BoxeEditar

A pancadaria rola solta entre os pugilistas. É comum os pugilistas brasileiros arrancarem as orelhas dos outros, chutarem a cabeça do oponente enquanto esse está dormindo caído no chão e o ato amistoso de dar bitocas no oponente antes da luta. Por esses motivos que o boxe é um esporte tão mal-visto no Brasil.
Popularidade - Alta
Nomes de destaque - Popó, Maguila,Robson Conceição.

Esportes de correr pra caralhoEditar

 
Esportistas brasileiros são conhecidos pelos seus olhos de águia.

Vento nos cabelos, adrenalina no sangue, quase bater em um muro... isso é tudo que os esportes de velocidade tem a oferecer, além de uns belos hematomas depois de uma caída brusca.

AtletismoEditar

 
  A minha bem gelada, fazendo favor  

Corredores que nada temem cujo único objetivo é cruzar a linha de chegada, esse é o perfil dos atletas do atletismo brasileiro. No salto com vara é comum ver os atletas brazucas comerem areia para lembrar um pouco das praias brasileiras, isso quando não estão disputando nas Olimpíadas. Casos estranhos como o irlandês que comeu sequestrou o corredor Vanderlei Silva e os vários dopings que os atletas tomam desacreditaram o Brasil como uma potência mundial do atletismo, mas mesmo assim o país ainda é um campeão na modalidade corrida plantando bananeira. Nas corridas com bicicletas o Brasil ainda é alguém que não saiu das rodinhas.
Popularidade Média
Nomes de destaque - Ana Cláudia Lemos, Adhemar da Silva, João Carlos de Oliveira.

Fórmula 1 e IndyEditar

 
Um dia comum em corridas de Fórmula 1 no Brasil.

Os pilotos dessas modalidades sempre começam em carrinhos de mão, depois passam para os de rolimão, para karts e só depois para um carro de Fórmula 1 de verdade. Depois que o bondoso do Senna correu tanto que foi para o Inferno Paraíso mais cedo os pilotos ficaram meio temerosos de continuarem correndo. Mesmo assim o Brasil tem oito títulos mundiais roubados conquistados com suor.
Popularidade - Média
Nomes de destaque - Ayrton Senna, Nelson Piquet, Emerson Fittipaldi, Felipe Massa, Rubinho .

Stock CarEditar

Mais um tipo de corridinha com carros semi-tunados e cheios de propaganda enganosa. Desde sempre as corridas são feitas ou em Interlagos, SP, ou em Jacarepaguá, RJ. Vez ou outra há torneios de stock car em Manaus, mas nunca dá certo tentar fazer corrida em uma Zona Franca Industrial que não tem pneus para amortecer vindouros acidentes.
Popularidade - Média
Nomes de destaque - Cacá Bueno.

MotoGPEditar

 
Corrida eletrizante entre motos e bicicletas na MotoGP.

Motos sempre foram usadas para os brasileiros fazerem seus assaltos de cada dia; por isso parecia um passo natural transformar isso em um esporte. Pilotos dessas motocas são obrigados a vestir uma roupa coladinha que lhes aperta o saco e fazem se coçar mais do que pó de mico.
Populadidade - Baixa .
Nomes de destaque - Ninguém.

Fórmula TruckEditar

Quem é o idiota que gosta de ver caminhões coloridos correndo? Eu que não!
Popularidade Nula
Nomes de destaque - Ninguém.

Esportes em equipeEditar

Esportes onde você depende da inteligência e cara-de-pau dos demais participantes para vencer e pegar as menininhas.

FutebolEditar

 
Futebol no Brasil é um esporte digno de respeito.

Falar de futebol logo no Brasil é uma puta falta de sacanagem!
Popularidade - Altissíma .
Nomes de destaque - Mais de oito mil.

VôleiEditar

A Seleção masculina é bicampeã na Copa de Vôlei (isso existe?) e no Torneio Mundial. A Seleção feminina é a primeira no ranking de Tangamandápio e atual campeã olímpica. O vôlei de praia é só praticado para que as esportistas possam mostrar que tem bunda ou muita celulite.
Popularidade - Alta .
Nomes de destaque - Ah, sei lá!

BasqueteEditar

 
  Ai meu Deus! Eu deixei a bola cair!!!  

A Seleção masculina de basquete é bicampeã e bivice nos campeonatos mundiais de "acerte a cesta". O basquete é regulado pela NBB (Novo Basquete Brasil), uma instituição filantrópica que cuida de pessoas que sofrem de gigantismo.
Popularidade - Alta
Nomes de destaque - Anderson Varejão, Nenê, Tiago Splitter, Érika de Souza, Hortência Marcari, Oscar Schmidt.

Futebol americanoEditar

Deixou de ser praticado assim que alguns participantes quebraram a clavícula depois que se afundaram em bosta de vaca nos pampas gaúchos.
Popularidade - Baixa .

RugbyEditar

Brasileiro que é brasileiro não pratica esporte de imperialista inglês. A Seleção nunca foi chamada para um Mundial por serem horríveis jogando, porém eles foram chamados para participar das Olimpíadas 2016 por pura pena do Comitê Olímpico.
Popularidade - Baixa .

CricketEditar

Cri-Cri-Cri.

BeisebolEditar

 
Beisebol é um esporte "face à face".

Não é muito jogado no Brasil por causa da falta de campos próprios para o esporte, mas os que praticam o beisebol dizem que é preciso ter muito "taco" para conseguir jogar direito.
Popularidade - Nula

HandebolEditar

Filho bastardo do futebol, o handball é jogado apenas com os membros superiores. A Seleção masculina é considerada a melhor da América do Sul e ainda conseguiu a honraria de ser patrocinada pela Petrobrás. As dondocas da Seleção feminina venceram o Mundial de 2013.
Popularidade - Média .

Esportes de ricosEditar

Caso você não seja sobrinho do Tio Patinhas nem pense em praticar esses esportes.

TênisEditar

As raquetadas dadas por brasileiros renderam para o Brasil mais de cinco títulos Roland Garros para o Brasil. Fora do cenário profissional todo condomínio de luxo nas capitais brasileiras possuem uma quadra de tênis particular para os ricaços e todo playboy que se preze saber pegar bem em uma raquete.
Popularidade - Média .
Nomes de destaque - Maria Esther Bueno, Gustavo Kuerten.

GolfeEditar

Praticamente não existe golfe profissional no Brasil. Se quiser jogar golfe alugue uma mansão no bairro do Morumbi em São Paulo.
Popularidade - Nula .

EquitaçãoEditar

O esporte onde você tem que puxar uma carroça pular obstáculos com um cavalo. Muitas vezes os cavalos que parecem Mangas-Largas são na verdade pangarés do interior de Minas Gerais que se misturavam com as boiadas e cruzavam com as éguas. No Nordeste o cavalo pode se trocado por um jegue, jumento ou teu pai.
Popularidade - Baixa .
Nomes de destaque - Rodrigo Pessoa.

Outros esportesEditar

O que não era digno de estar lá em cima está aqui em baixo.

SkateboardingEditar

 
Um dos candidatos à melhor skatista brasileiro.

O Brasil inovou no andar de skate pelas técnicas de 360 e o Triplo Salto Mortal da Morte em 3D e HD uma manobra que nem Tony Hawk consegue dar. Skatistas brasileiros também costumam ser filhinhos de papai.
Popularidade - Alta .
Nomes de destaque - Bob Burnquist, Sandro Dias, Pedro Barros, Fabíola da Silva.

Ping PongEditar

Um esporte tão chato que me fez até esquecer de que é um esporte de verdade...
Popularidades - Baixa .

Tiro ao alvoEditar

Esporte muito apreciado no Rio de Janeiro; usado para atingir os policiais pombos que insistem em emporcalhar a cidade.
Popularidade - Baixa .

Ginástica olímpicaEditar

 
  De quem é a bolinha?!  

Esporte praticado nos quatro cantos do Brasil onde é preciso ser um perito em contorcionismo para dar aquelas piruetas mirabolantes que os ginastas dão. Normalmente se você se imaginar como uma lacraia agonizante você consegue ser ginasta de sucesso; ou então basta dar uma boa desmunhecada básica para dar saltos e mais saltos que nem Bambi. Todos sabem que ginástica é coisa de gay, mas isso é o que garante algumas medalhas olímpicas para o Brasil.
Popularidade - Alta .
Nomes de destaque Daiane dos Santos, Daniele e Diego Hypólito.

Brasil nas OlímpiadasEditar

O Brasil participa das Olimpíadas desde 1920 (menos 1928) e ganhou 108 medalhas até agora. Todas as medalhas de ouro são devidamente derretidas e vendidas ao ferro velho para que os esportistas possam sustentar seu vício em crack. O Brasil participa das Olimpíadas de Inverno desde 1992, mas nunca ganhou nenhuma medalha (por que será?). O Brasil ocupa a trigésima-terceira posição no ranking das olimpíadas.

Mural dos atletasEditar

Para ver na televisãoEditar