Abrir menu principal

Desciclopédia β

Estádio Beira-Rio

Gauchodanc.jpg Mas bah, tchê!

Este artigo buenaço e tri-legal é do mais puro humor gaudério dos pampas, vivente, então veste tua bombacha, recolhe teu pelego no galpão e toma um mate amargo com a gente, macanudo!

Chima.jpg
Camisa criada pelos GAYmistas para zoar o rival.


Cquote1.png O Ipatingão é Maior !! Cquote2.png
Torcedor extraterrestre do Ipatinga sobre Beira-Rio
Cquote1.png Sou técnico de futebol e não jardineiro Cquote2.png
Muricy Ramalho sobre O gramado do Beira-Rio
Cquote1.png Prefiro não comentar Cquote2.png
Copélia sobre Beira-Rio
Cquote1.png É Mara !! Cquote2.png
Seu Ladir sobre Beira-Rio
Cquote1.png Fire in the hole! Cquote2.png
Barra Brava Gremista sobre Banheiro quimico do Beira-Rio

Beira-Rio (apesar do Guaíba ser lago...)
Dados do Estádio
Interlogoo.jpg
Local Porto Alegre, RS
Apelido Aterro da Beira do Lago, Chiqueirão
Cores Vermelho + Branco (= Rosa. Ai amiga!)
Mascote Saci
Capacidade 130.000 (132.000 sentados)
Patrocinadores Título de tudo
Website Internacional é campeão de tudo.com.br

O Beira-Rio, é um estádio diferenciado por ser fedido, quebrado, queimado, feioso, bizarro, velho, ultrapassado, mal conservado, mal feito, mal localizado e mal frequentado. O Beira-Rio é o único estádio do mundo a ter as cadeiras pintadas de cores diferentes para dar a impressão de estádio lotado. Ele também possui vários apelidos, como Beira-Lixo, Remendão, Aterro da Beira do Lago, Chiqueirão e Sauna-Gay, pois os torcedores insistem em o lotar só para ter calor humano.

Novo Beira-RioEditar

 
Montagem do novo Beira-Rio quando estiver com as obras 100% concluídas (lá em 2017, se tudo der certo).
 
Imagem do Berga-Rio visto de cima.

Apesar de todos os defeitos citados, o Beira-Rio acabou sendo escolhido para sediar jogos que ninguém se importa na Copa do Mundo de 2014, e, claro, teve atraso nas obras e reclamações da FIFA, o que acabou dando como incerta a participação do estádio na copa.

Festa de InauguraçãoEditar

Nos dias 5 e 6 de abril, ocorreu uma grande festa para comemorar a volta do novo Beira-Rio e foi um sucesso, tirando o fato do microfone do Fernandão ter falhado na hora que ele ia dar as boas-vindas ao torcedor, ou quando o telão se desligou quando o Falcão estava falando, ou dos dançarinos falharem na coreografia... Tudo foi uma maravilha. E a grande festa foi encerrada com chave de ouro no domingo, quando o Inter venceu o Peñarola por 2x1 com dois gols de D'alessandro, que, por ser o queridinho da torcida acabou ganhando os méritos pelo "primeiro gol do novo Beira-Rio", que na verdade foi marcado pelo Fabrício em um jogo-teste contra o Caxias.