Abrir menu principal

Desciclopédia β

Estrela (Rio Grande do Sul)

Gauchodanc.jpg Mas bah, tchê!

Este artigo buenaço e tri-legal é do mais puro humor gaudério dos pampas, vivente, então veste tua bombacha, recolhe teu pelego no galpão e toma um mate amargo com a gente, macanudo!

Chima.jpg

Estrela é uma cidade que tem o nome de Estrela que, aos ouvidos de pessoas que moram fora do Rio Grande do Sul soa tão "respeitoso" quanto eu falar que existem os salgadinhos Estrela ou a cidade de Doutor Pedrinho. Estrela é uma cidade que se orgulha por ter uma ferrovia de ferro que liga ao litoral (ou quase) a cidade e que ninguém mais usa. O município também possui um Porto, que funciona cerca de 5 meses por ano, porque no resto está inundado devido às constantes enchentes.

Índice

HistóriaEditar

 
Dia pacato em Estrela, que não é tão estrela assim só por causa de uma maldita estrada de ferro.

Antes de tudo havia um fazendeiro que, por ser egocêntrico, chamou a fazenda de estrela. Por algum motivo ele acabou se viciando em Truco e Poquer e foi perdendo as suas terras. Certa vez, resolveu marcar um jogo o qual ele ia fazer todas as suas terras perdidas, (cujas eram tão grandes que iam até a Velha Estrela) nesse jogo, depois de ter treinado meses.

Ele estava recuperando tudo aí ele começou a perder. Justamente quando ele já podia ter ido embora com o que tinha. Depois descobriu-se que ele tinha perdido todas as cartas na sua manga, eles pegaram as suas terras em dobro, lhe deram uma surra, queimaram a rosquinha dele e foram embora.

As terras desse fazendeiro (o fazendeiro da estrela, parece até nome de novela do SBT) tiveram esse apelido em homenagem ao otário que perdeu todas elas nesses jogos de Truco.

DemografiaEditar

O município não é tão pequeno mas mostra que foi dividido de uma forma bem exata, 15 mil homens e 15 mil mulheres, não fez diferença nenhuma. Mostra também que os Estrelenses vem tendo menos filhos nesses tempos e que eles veem saindo da cidade desde que inauguraram um Hotel, uma secretaria do turismo, reformaram a prefeitura, construiram um parque, chamaram uma empresa para se estabelecer ali, e cancelarem o Shopping.

É óbvio que isso se chama, na economia, "o efeito da trollagem repetitiva" que é quando a população começa a diminuir pois a maioria das pessoas se muda para lugares melhores e deixam todas as obras encomendadas para o município paradas até falir. Ou seja, é como encomendar um shopping gigante para esse tipo de cidade e depois ele ter que fechar as portas por ter falido.

Bem... Mas era pra falar de demografia né? Ah já tá dito!

IDHEditar

 
A entrada de Estrela, é aquele tipo de entrada que a gente passa sem olhar.

Mostrando-se ser uma cidade de idosos pessoas que não são pessoas "chucras" ou "machas" na fala dos Gaúchos, é mais um município da "razão" em que tem uma média de educação e longevidade fora do normal e acima da média brasileira. Isso soou uma vitória para o município que considera uma chance de se emancipar do Brasil e virar o menor estado independente do mundo e também o estado que mais rapidamente faliu.

Enfim, esse fato não se sabe explicar, talvez pelas médias terem sido feitas da 1ª série para baixo em que as crianças só deviam responder se sabiam a diferença entre direita e esquerda e contar de 1 até 10. Apesar de tudo elas são "gênias" já que na maioria do país as crianças não sabem contar nem até 1.

Além disso, o município é o único no país onde uma escola particular capitalista quase quebrou, tendo que ser socorrida por um grupo de aproveitadores benfeitores que se compadeceu e resolveu ajudar toda a comunidade.

Isso é o Brasil, o que esperava?

ReligiãoEditar

Talvez o mais comentado desse fim de mundo, é a cidade com mais "igrejas" da região dos Vales. Cuja 7 igrejas, 5 são igrejas evangélicas, uma prega o fim do mundo e outra é católica, apesar de tudo a maioria das igrejas vai ter que fechar as portas pois a "clientela" vai para as outras e é muito difícil, ué achava que essa cidade podia crescer? Só porque tem 5 pastelarias não quer dizer que é grande.

VileirosEditar

Estrela sediou em 2010 um Campeonato de Free Step, que na primeira edição, faliu. As modinhas pegam rápido em Estrela, a maior parte dos Vileiros se concentra no Bruxel, passa a tarde tomando refri e gritando pra quem passa. Vileiros em 2010 eram coloridos, fãs de Restart e Cine, porém agora viraram fãs de Slipknot rebeldes que pedem pra mamãe comprar camisetas na Criptonita.