Abrir menu principal

Desciclopédia β

Ex-presidiário

Bob Mauley.jpg   Fala, diabo! É o seguinte: Ex-presidiário rap é mais uma coisa que os mano da quebrada curte, tá ligado?
Então, não zoa este artigo não, porque vai dar em treta, diabo do diabo do diabo

Cquote1.png Volte sempre! Cquote2.png
Carcereiro para ex-presidiário.
Cquote1.png Eu vou, eu vou, arrumar um emprego eu vou... Cquote2.png
Ex-presidiário saltitante sobre mudar de vida.
Cquote1.png Ainda bem que você saiu... estava cansada de levar as coisas na minha menina pra você. Cquote2.png
Esposa de ex-presidiário sobre celulares e drogas.
Cquote1.png Ué? Como assim não tem mais banho de sol?! Cquote2.png
Ex-presidiário perdendo o sentido de sua vida.
Cquote1.png Crime nunca mais. Agora eu me tornarei político. Cquote2.png
Ex-presidiário sobre largar o crime de vez.

Ex-presidiário é uma pessoa que cometeu um crime, foi para cadeia, cumpriu sua pena e agora está de volta na sociedade como cidadão (ou cidadã) livre. A cadeia costuma ser uma experiência muito relaxante frustrante para qualquer um, por essa razão nem todos os ex-presidiários voltam para sociedade de com uma mentalidade renovada (todos voltam pior).

Índice

Os motivos da pessoa ter ido para a cadeiaEditar

A grande maioria é presa injustamente por atos que nem ao menos são ilícitos, como avançar o semáforo, atirar para o alto, sequestrar um cachorro de raça, envenenar ratos, roubar doces de crianças ou esfaquear o vizinho (quem nunca?). Essas pobres pessoas passam o pão que o Diabo amassou na prisão, quando são obrigadas por conta própria a entrarem em alguma daquelas odiosas facções que infestam os presídios brasileiros.

 
Stálin e Hitler Presos também sabem fazer acordos.

Motivos para não querer voltar para láEditar

A vida na cadeia não é fácil para ninguém, por isso mesmo os ex-presidiários evitam ao máximo serem presos de novo (mas a maioria falha nessa missão). Aqui estão listadas algumas coisas que fazem ex-presidiários terem medo de voltarem para a prisão.

  1. - Comida ruim - Não é necessário ser preso para saber que lá é servida uma gororoba horrível que até o seu cachorro vomitaria só de cheirar aquela gosma que alguns chamam de comida. Presidiários gordos perdem mais peso comendo as refeições do presídio do que em qualquer dieta que ele faça. Relatos dizem que a comida de prisões chega a ser pior do que comida de rua, mostrando a gravidade da situação.
  2. - Nada para fazer - Tirando as peladas de futebol que ocorrem vez ou outra nos presídios, os presos ficam no ócio por um longo período de tempo. A população brasileira não sabe, mas os presos só fazem rebeliões porque querem fazer alguma atividade na cadeia e não encontram nada para praticar, recorrendo a meios violentos para se sentirem realizados na experiência carcerária.
  3. - Falta de privacidade e segurança pessoal - É comum ver presos novatos levarem um sacode de presos antigos por não saberem as regras da cadeia (mas como eles vão saber se são novatos?), fazendo os ex-presidiários temerem voltarem para a cadeia e apanharem novamente. A privacidade também deixa a desejar, pois todos os presos ficam olhando para sua bunda.
  4. - Falta de sexo - Ex-presidiários gostam do gosto da liberdade pois assim eles podem sentir o gosto de outra coisa, además que o sexo na prisão acontece de forma não desejada e com pessoas menos desejadas ainda.
 
Ir para a cadeia sempre lhe ensina algo de bom.

Os que mudam de vidaEditar

Alguns ex-presidiários (5%) tomam jeito e largam o crime de vez, tentando arrumar uma profissão e até removendo as tatuagens de bandido que possuíam. O único problema consiste que muitos patrões e empregadores tem preconceito em relação aos ex-presidiários e quem não teria? e suas experiências anteriores em uma unidade de correção de criminosos. Outros acabam virando pastores evangélicos e lucram mais em uma semana do que em toda a sua antiga vida de bandido.

 
Muitos pensam que ex-presidiários são assim...

Os que continuam no crimeEditar

Já outros preferem continuar vivendo à margem da lei porque já estão formados em criminologia e é a única coisa que conhecem e sabem fazer bem. Laços de facção podem falar mais alto na hora de decidir qual rumo tomar na vida... muitos ficam atordoados, pensando se devem ingressar na facção da Lala ou do Paul, o que deve ser muito duro para qualquer pessoa. O destino desse pessoal costuma ser voltar para cadeia ou ir para o colo do Capiroto.

 
...Mas na verdade eles são assim.
Ex-presidiário merece
uma salva de palmas por meter medo em todo mundo.
  Este artigo trata de um Bad Boy!

Se você é considerado um cara fodão, ou um valentão que sempre dá uma de fodão, seja bem-vindo, mas se vandalizar, vai morrer fudido!