Abrir menu principal

Desciclopédia β

Extrato de gatinho


Oco Jajá.jpg Este é um artigo gastronômico.

Jailson Mendes garante: "Este artigo é gostoso, grande e gostoso!"


Existem dois tipos de extrato de gatinho, e ambos são produtos altamente refinados, produzidos em condições muito específicas como a selva amazônica ou o pantanal. Especula-se se esse produto é antigo, mas reservado a usuários restritos, ou se é uma tecnologia muito antiga, já que os métodos, apesar de controlados, parecem ser ao mesmo tempo bem tradicionais.

Índice

Nome popularEditar

É conhecida nas bocas de cheiramento como Uncaria tormentosa, uma vez que promove tormentos absuuurdus.

Produto tradicionalEditar

 
Usuário infantil de classe média viciado, fumando uma ponta de cigatinho (Produto tradicional). Observe que o uso continuado faz perder a memória, e consequentemente, o usuário esquece-se de cortar o cabelo e vai virando hippie.

O primeiro e mais conhecido, apresenta-se como um produto derivado do pêlo do gato, e é composto principalmente por proteínas ativas presentes na composição dos pêlos. É normalmente obtido através de complexo e lento processo de rasqueamento, onde após o trabalho sinuoso, remove-se os pelos que são armazenados em grandes caixas para depois serem prensados em embalagens, normalmente, de 1kg. Esse produto quando de fontes inseguras apresenta grandes quantidades de amônia, urina, cândida, rexona e pêlos de cachorro para disfarçar na hora de passar pelos cães detectores da Polícia. Estes cães são viciados e facilmente encontram o produto, cheirando tudo antes dos policiais. Por isso, atualmente prefere-se lacrar com materiais raros como PET para que o odor atraente dos pêlos não chegue até as narinas detectoras.

Produto concentradoEditar

 
Variedade amazônica de gatinho altamente tóxico, o Corinthianus monocromaticus. As cores dos pêlos indicam que contém a toxina Corinthiuns-ademil-wesleylil-waldemil-birubiru, uma tintura extremamente viciante e psicoativa. Estes pequenos animais vivem em simbiose com nativos, normalmente em bromélias próximas a tribos indígenas, que promovem sua disseminação.

Já a segunda forma, apresenta-se como um produto discreto e inocente em farmácias de manipulação, e é conhecido como Extrato de Unha de Gatinho, e pode vir em embalagens de 30ml. Por ser um produto altamente concentrado, uma vez que é extraído das unhas dos gatinhoss criados em laboratórios próprios (para não quebrá-las no mato, nem adulterar o produto com impurezas). Assim, as unhas são cortadas com unhex e tratadas em condições desconhecidas, e depois envasadas. Estima-se que cada unha possa produzir 5m3 de produto concentrado, uma vez que a concentração do princípio ativo está em torno de 0,000001 ppm. Por isso é um produto muito lucrativo, mas o processo é completamente desconhecido.

Problemas derivados do vícioEditar

O uso indiscriminado do Extrato de Unha de Gatinho pode causar os seguintes males à saúde:

  • desequilíbrios orgânicos que provocam a redução ou alteração da capacidade de defesa do organismo (gripe, viroses em geral, alergias em geral, doenças inflamatórias de autoagressão, artrite, reumatóide etc.), bem como as viroses mais diversas.
  • Enfraquece o sistema imunológico. Possui duas substâncias, a isomitrafilina e a pteropodina que aumentam a multiplicação de vírus, o que a torna num estimulante poderoso, melhorando as estruturas de defesas dos vírus.
  • Alergias. Também é alérgica porque induz à liberação de histamina, substância que gera os processos alérgicos. A Unha de Gatinho reduz a tolerância contra as alergias.
  • Altamente contra-indicado em gripes graves, resfriados e infecções virais
  • Aumenta o excesso de ácido úrico no organismo (gota)
  • Inflamatório, causa sinusite, rinite, amigdalite e outras inflamações das vias superiores
  • Elimina colágeno da a recuperação do tecido orgânico, gengiva e vasos sanguíneos
  • Desestimula as funções gástricas e hepáticas
  • Prejudica na diminuição do colesterol

O extrato prejudica o sistema imunológico e o tratamento de tumores. Causa ainda:

  • Doenças degenerativas
  • Artrite reumatóide

Ciência e SaúdeEditar

 
Gatinho sendo preparado para extração dos pêlos, para produção do princípio ativo tradicional, num laboratório conhecido como OWN3D, instalação amazônica de localização desconhecida.

Estudos comprovam que ao longo dos anos o produto ingerido começa a formar uma espessa camada que recobre as paredes do intestino dificultando a absorção dos nutrientes essenciais à saúde.

O extrato de Unha de Gatinho tem uma enorme capacidade de formar essa camada e alterando a flora intestinal, prejudicando a absorção dos nutrientes essenciais à saúde, e a recuperação de pacientes que sofrem de desequilíbrios na flora intestinal, tais como:

  • Diverticulite
  • Colite
  • Gastrite / Úlceras
  • Parasitas.

O extrato de Unha de Gatinho aumenta a atividade mutagênica induzida pelo cigarro. Essa atividade mutagênica está relacionada ao efeito antioxidante da unha do gatinho, que atua promovendo os terríveis males do cigarro:.

  • Envelhecimento precoce
  • Câncer pulmonar
  • Impotência e frigidez sexual entre outras

O extrato é totalmente natural, não causa dependência, tem efeitos colaterais e trará danos ao organismo. O extrato possui ainda maior teor de principio ativo que a erva, o que o torna mais eficaz.

Ver tambémEditar

Referências externasEditar