Abrir menu principal

Desciclopédia β

Fábrica de Celebridades

Cquote1.png Você quis dizer: Big Brother? Cquote2.png
Google sobre Fábrica de Celebridades

A Fábrica de Celebridades é uma indústria multimilionária, que é tão rica que seu valor nem cabe em uma calculadora. O motivo é simples: sem celebridades ninguém compra coisa alguma. Ninguém compra algum produto sem que ele tenha uma propaganda na televisão com uma celebridade. Uma enquete feita em diversos lugares apontou que ninguém se sente bem ao comprar em alguma padaria cujo comercial tenha sido feito pela Gisele Itié. Na verdade, eles nem saberiam se aquilo era realmente um produto. Sem algum famoso com os dentes perfeitamente limpos e corretos direcionados para a sua fuça, as pessoas não comprariam macarrão, nem Coca Cola!Exceto pelo hipnotismo que a Coca-Cola realiza em seus consumidores...

Há quatro anos uma indústria da publicidade realizou um exercício especial para descobrir o que aconteceria em caso de extinção das celebridades. Este cenário apocalíptico mostrou que seu plano inicial de backup - que envolvia a utilização de esferas de vidro e outros objetos brilhantes para atrair compradores para produtos - não iria funcionar. Eles atraíam minhocas gigantes,mas não pessoas.Sem ter alguém falando para a pessoa comprar um produto,ela acaba não comprando nada.

Como você pode ver, as consequências de uma extinção de celebridades é, definitivamente, terrível.É por isso que existem mais de oito mil fábricas em todo o mundo, trabalhando incessantemente na concepção e criação de uma lista de celebridades. É estimado que a cada minuto, pelo menos, 8000 celebridades terão de ser produzidas,só para manter o mercado de ações,compras emergenciais e executivos tentando matar uns aos outros com ferramentas em uma frenética tentativa de vender tudo o lhes pertencem.

Índice

ProduçõesEditar

Mas como criar uma celebridade em tubos de ensaio? Com uma ferramenta extremamente sofisticada? Não! Longe de ser fascinante, a verdade é surpreendentemente chocante. O processo de produção é como abater galinhas; eles os alimentam até ficarem gordos. Agora eles poderiam imitar uma voz irritante! Também temos de perceber que as celebridades não são pessoas - elas são uma mercadoria, como sabão ou queijo. Poucos sabem, mas você pode comprar ações de celebridades; Eu tenho uma parte das ações da Maísa. Eu não me importo que existiam originalmente oito mil Maísas em um galpão gigantesco, e que ela era a única sobrevivente (ela comeu os outros quando o tubo de comida ficou bloqueado com um rato morto). Não estamos perante um caso de moralidade aqui. É um caso de oferta e demanda. As pessoas querem celebridades para fazerem propagandas de seus produtos, sendo compradas pelo Mercado Livre!

Planos escandalososEditar

 
Um típico gráfico de escândalos. Este aqui conspira para a futura queda de Justin Timberlake depois dele ser pego dando cocaína para orfãos.

Empresa do Malvado Doofenshmirtz é a maior fábrica de celebridades de todo o vácuo que envolve a Terra. A sua fábrica contém mais de oito mil laboratórios produzindo 47 bebês por minuto. Eles empregam mais de 2000 consultores de criatividade; Eles são usados para fazer o design das personalidades pré-programadas para seus robôs e eles ainda escrevem cada palavra que os robôs vão dizer. Virtualmente cada detalhe de suas vidas é planejada em computadores excelentes: Por exemplo, temos um gráfico de escândalos para cada um deles detalhando exatamente quando e onde eles serão pegos com uma prostituta, desmacarado gay ou preso por roubo. Tudo é possível. No passado o crime mais comum era assassinato. Matar era a mais efetiva forma de auto-promoção, com a promoção da popularidade crescente juntamente com a contagem de corpos. Isso pode soar psicótico, mas os gráficos não mentem.

Violência Vende!Editar

Na realidade, David Beckham foi programado para ir em Harrods armado com metralhadoras e levar 47 reféns, que ele teria executado em um período de 7 dias usando várias armas diferentes (principalmente Remington e Colt, que estravam produzindo a maior parte do patrocínio). Claro que tudo isso foi transmitido ao vivo no canal QVC. Ele teria explicado os vários benefícios de cada arma; Noel Edmonds iria ser co-anfitrião. Ele sabe o que está fazendo, nós já o vimos matar antes. Poderia ter sido um sucesso enorme, mas havia problemas, e tristemente a transação inteira caiu eventualmente por causa disso. Isso aconteceu por vários razões: ele teve dificuldade para ler livros de auto-ajuda, pois ele realmente não é naturalmente um vendedor ou psicopata. Ele realmente não teve a personalidade certa para controlar quarenta reféns. Digo... Seria estranho vê-lo gritar "Deite-se no chão bastardo! Eu vou decorar a parede com a sua cabeça!!".

 
Uma campanha publicitária no primeiro dia em que Beckham mantém um refém preso. Esse pobre homem será forçado a provar uma variedade de bebidas refrescantes e leves, antes de levar um tiro na cara.

Pensamentos custam dinheiroEditar

Essa necessidade dos produtores de marketing de terem celebridades fazendo o que eles querem, na hora em que eles que querem,desde dar um aperto de mãos com Ronald McDonald até matar um porrilhão de pessoas com um sorriso, é a razão para que as celebridades sejam devidamente projetadas para não pensarem. Isso é feito através do envio de microondas (ao pé da letra mesmo, não o produto doméstico) aos seus cérebros, que queimam suas mentes e as transformam em sopinhas.Essas sopinhas que ficaram boiando nas caixas cranianas são drenadas por canudos, devidamente embaladas, e por fim vão para os órfãos, então não há desperdício. A lógica por trás desse esquema é bem simples:

"Se você comprasse um carro, você gostaria que ele ficasse discutindo com você? Essa é a mesma coisa. Essas pessoas são como veículos para produtos. Não podemos permitir que eles batam de cara com a parede, e com isso, causarem prejuízo nas contas do seguro de saúde, e consequentemente, no contrato (malditas letras miudas!). Nós temos contrato com a Nike e a Coca-Cola. O que é mais importante, lucro ou inteligência? Acho que todos nós já sabemos as respostas. Inteligência por parte dos garotos-propaganda dos bancos nunca foi bom pra encher o bolso de ninguém."

 
Protótipos de cabeças prontas para serem testadas.Designs ruins são esmagados com martelos, que também servem para esmagar os olhos do cretino responsável pelas cabeças mal-feitas.

Muito tempo e esforço também é investido em aparência externa; cirurgias plásticas em celebridades são planejadas meticulosamente anos antes, com diferentes tipos de faces sendo testadas em túneis de vento, que mandam de volta as cabeças de celebridades já prontas. As cabeças mais populares são as aerodinâmicas; pesquisas de mercado mostram que quanto menos uma cabeça é resistente ao vento,maior é a probabilidade que seu uso seja para promover cremes de pele e óculos de Sol.

Em geral, projetar pessoas é surpreendentemente fácil e mundano. Tom Cruise foi projetado automaticamente por um progama especial de computador. A personalidade de Britney Spears foi esboçada na parte de trás de um envelope como um diagrama de aranha.

Originalmente ela não era mais inteligente que um micróbio, este em particular não conseguia escrever o seu próprio nome, e chegou a casar com sua própria irmã! Entretanto, mesmo isso - para a média das celebridades - era inteligência demais para a Britney, então eles reduziram seu Q.I ainda mais.


Mediocridade = LUCROEditar

Mesmo assim, houveram problemas. Protestantes contestavam bebês sendo gerados em tubos gigantes só para sorrirem e aparecerem para as câmeras da mídia. No último mês, eles infestaram a frente da fábrica por quatro dias, e tiveram que ser tirados à força com gás lacrimógeno e foram ainda esmagados, até virarem massas viscerais irreconhecíveis. Essa indústria, na maioria das vezes, se mostra indiferente em relação à hordas de críticas que ouvem/vêem diariamente. Um dos designers dessa fábrica me disse, uma vez:

"Esta companhia teve falência em termos de moralidade, mas tem sucesso financeiro, e é isso o que realmente deixa os concorrentes putos; são um bando de fracassados invejosos..."

Ele explicou que não aprecia ter que usar bebês, mas ele não tem escolha até os cientistas inventarem coisa melhor:

 
Cientistas estão trabalhando em cada vez mais inovadores meios para produzir celebridades.Este homem,através de engenharia genética,está criando um novo vírus que fará uma celebridade crescer dentro do estômago de uma cabra (só não me perguntem como isso vai dar certo...) .
"Se pudéssemos criá-los com matérias-primas como plástico,nós o faríamos. Nós não estaríamos aqui gastando tempo com bebês e tubos de teste se esse fosse o caso. Nossa celebridade ideal seria, na verdade, uma espécie de manequim vivo que você poderia sair decorando com logomarcas de produtos e armazená-los em cabines emfileiradas. Nossos cientistas estão trabalhando nisso agora, e quando finalmente o projeto estiver pronto, isso fará com que o merchandising seja muito mais fácil. Os (As) bonecos(as) serão apenas versões em miniaturas das pessoas reais, usaremos simplesmente versões diminuídas dos moldes originais. Você poderá tê-los como bichinos de estimação. Isso será ótimo."

Enquanto eu visitava a fábrica, eu fui encaminhado em um tour de sua linha de produção; primeiro, eu fui ver a "sala de acostumização com a mídia". Aqui, criancinhas de 4 anos estavam em processo de acostumização com jornalistas e fotógrafos: vários manequins eram usados para representar jornalistas e luzes cuidadosamente sincronizadas representavam os flashes hipnóticos das câmeras.

"Aqui fica a terapia de aversão ao talento, isso é vital."

Nesta sala, choques de altíssima tensão são administrados a crianças, para elas não gostarem de Mozart e Shakespeare, enquanto encorajam-as a gostar de Ronald McDonald e crack de quinta categoria.

Mais tarde,nós entramos em uma das seções da grande sala de armazenamento, onde havia crianças correndo e gritando feito loucas. O meu guia me apontou para uma pequena criança arredia, que estava segurando um biscoito:

"Este aqui morrerá depois de um escândalo de sexo."'

Me explicaram que os governadores costumam se envolver em disputas para decidir com qual droga as celebridades vão morrer de overdose, como uma parte de suas disputas em campanhas de drogas. Eles podem até escolher como será o aspecto do vômito que as celebridades vão vomitar, e mais tarde, se afogar nele mesmo; há catálogos de cores com mais de 8000 tons de vômito. Eles disseram que o tom mais popular é algo chamado de "verde-esgoto ácido". Ele então apontou outra criança:

"Aqui está nosso substituto para James Dean, já temos até o carro pronto"

O guia me levou então até uma vasta garagem subterrânea cheia de carros esporte, e me mostrou um carro que parecia ter sido sabotado; é tudo muito impressionante e impecavelmente planejado.

"Estamos escrevendo o relatório da próxima semana do coronel", ele me disse."Nós vamos deixar duas alternativas pra resposta, se ele estava cheio de bebida álcóolica e/ou ácido no momento do ocorrido. Ou se a CIA o matou."

É tudo incrivelmente fascinante e maravilhosamente cínico:

"Os bebês valem menos que merda." ele me disse, "Às vezes chegamos à queimá-los se eles nos tirarem a paciência." Ele até se ofereceu para me mostrar como é esse procedimento; Eu recusei a oferta, pois havia coisas mais interessantes para eu ver.

DORGAS! DORGAS! DORGAS!Editar

Depois me mostraram uma sala esterilizada cheia de crianças:

  Aqui é onde ajudamos eles a construirem uma tolerância a Cocaína  
Guia explicando o sistema

Aparentemente a tolerância às drogas tem que ser extremamente alta, conforme o tempo chega para o escândalo nos jornais eles estão entupidos de lixo industrial.

  Nós atualmente estamos trabalhando numa vacina de heroína então nós podemos ter eles de volta ao trabalho no próximo dia, desde que os jornais tiveram eles nas fotos. Nós contratamos alguns cientistas que estavam trabalhando em uma pesquisa sobre o câncer; os fizemos parar de perder tempo com aquela porcaria, dando a eles dinheiro o suficiente para eles deixarem de lado a moral e a ética e nos ajudar. Aquele lance de cura do câncer era uma completa perda de tempo; nunca vai rolar. Além disso, nós precisamos do câncer: ele vende jornais e revistas de fofoca. Eu tenho 33 celebridades programadas para terem câncer nos próximos 12 anos; afinal, o que eu faria se eles se conseguissem se curar? Eu já paguei pelas manchetes, e os artigos "Minha batalha contra o câncer" já foram escritos.  
guia

Antes de eu ir embora, eu perguntei ao guia como ele achava que a fabricação de celebridades iria avançar no futuro. Aparentemente eles estão pesquisando um jeito de criar cabeças que possam mudar os seus formatos em várias logomarcas diferentes, como se fosse algum tipo de estranho, carnoso Play Doh. Eles também estão desenvolvendo um jeito de fazer com que as celebridades mandem propagandas telepaticamente para a cabeça das pessoas. Pessoalmente falando, eu mal posso esperar.


Ver TambémEditar