Abrir menu principal

Desciclopédia β

Fundo de Garantia do Tempo de Serviço

(Redirecionado de FGTS)

Cquote1.png Você sabe quanto rende o FGTS? Cquote2.png
libertário fazendo uma pergunta muito pertinente

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é um confisco de 8% que o governo brasileiro bonzinho manda as empresas capitalistas opressoras fazerem do seu salário (e diz que é um direito), foi criado pelos milicos e atualmente é administrado pelo banco das filas intermináveis, a Caxa, que como todo banco, só deixará você receber seu dinheiro através de venda casada.

HistóriaEditar

Lá na década de 1960, Castelo Branco decidiu criar um plano maquiavélico que só daria certo em um país como o Brasil onde culturalmente o povão aceita ver o seu dinheiro ser controlado pelo governo para enriquecer os amigões do políticos, esse plano era dividido em vários passos:

  1. Confiscar o dinheiro do povão
  2. Depositar esse dinheiro para os bancos praticarem venda casada
  3. Utilizar esse dinheiro para enriquecer empreiteiras mandando o dinheiro para obras superfaturadas e criando bolhas imobiliárias
  4. Remunerar com um rendimento ainda mais ridículo que a poupança
  5. Criar inúmeras burocracias para poder sacar um dinheiro que já é seu
  6. Poder de vez em quando liberar o dinheiro que já é seu para alavancar a popularidade de políticos que ninguém gosta

Os sindicatos adoraram a idéia porque é mais um desconto que é feito no contracheque de quem trabalha de verdade e é mais um cabide pro Conselho Curador, o governo e as empreiteiras adoraram porque é mais uma fonte de superfaturamento de obras, as imobiliárias adoraram porque o dinheiro é usado para inchar ainda mais a bolha imobiliária. Os contadores adoraram porque é mais uma burocracia paga que emperra o desenvolvimento econômico do país, e os advogados adoraram porque é mais um ganha pão para encher a justiça de mais processos inúteis.

AtualmenteEditar

O FGTS é um programa tão bom que nenhum outro país do mundo decidiu adotar e nem pretende, pois isso só é de agrado dos comunistas, aliás, nenhum país pseudo-comunista como a fracassada Venezuela quis implementar essa joça.

Ver tambémEditar