Abrir menu principal

Desciclopédia β

Project Zero Fatal Frame
Project Zero.jpg
Logo da série
Gênero survival horror com nudes
Desenvolvedor Tecmo
Publicador Tecmo/Nintendo
Plataforma de origem PlayStation 2, Xbox
Primeiro lançamento Fatal Frame 1 (2001)
Último lançamento Fatal Frame: Maiden of Black Water (2014)

Cquote1.png Você quis dizer: Pokemon Snap Cquote2.png
Google sobre Fatal Frame
Cquote1.png Você quis dizer: Inuyasha Cquote2.png
Google sobre Fatal Frame
Cquote1.png Kikyou! *-* Cquote2.png
Inuyasha sobre Reika
Cquote1.png É um, é dois, e saaaaaaai capetaaaaa!! Saaaaai capeeeeta!! Cquote2.png
Padre Marcelo Rossi
Cquote1.png Na Holanda, o fantasma se exorcisa sozinho, não precisa de VOCÊ!!! Cquote2.png
Reversão Holandesa sobre Fatal Frame
Cquote1.png MEUS OLHOS!!! MEUS OLHOS!!!! ESTÃO QUEIMAAAAANDO!!!! Cquote2.png
Peixe Azul do Bob Esponja sobre Fatal Frame
Cquote1.png Na União Soviética, o fantasma usa a câmera para exorcisar VOCÊ!!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Fatal Frame
Cquote1.png Todas as almas são minhas!!! Cquote2.png
Shang Tsung sobre Fantasmas
Cquote1.png Esse é o jogo que ninguém nunca zerou?! Cquote2.png| Cquote1.png Eu tenho medo!!! Cquote2.png
Regina Duarte sobre Fatal Frame
Cquote1.png fAtAlz fRêImÌeEeXX È uNx jOguInhUXx qUuUUUìÎ DÃaà mUuITÙ MÉÉÉÉéééÉéÈDuÙuu!! Cquote2.png
Guria Retardada sobre Fatal Frame
Cquote1.png Quem pensa isso é comedor de cocô... É de uma burrice, é de uma obtusidade que não tem tamanho! Cquote2.png
Lobão sobre o comentário acima
Cquote1.png Hummm! Gostosa!! Quanto é? Cquote2.png
Borat sobre Rei Kurosawa
Cquote1.png I bleed it out, digging deeper just to throw it away! Cquote2.png
Rei sobre mestruação
Cquote1.png Filha da puta! Essa música é minha! Cquote2.png
Queijo Chedder Bennington sobre o comentário acima
Cquote1.png Puta que pariu. Que merda do caralho. Cquote2.png
Dercy GonçalvesQualquer pessoa Sã sobre Fatal Frame

Fatal Frame que recebeu este nome por ter algum sentido, pois na Europa chamam de Project Zero que não tem nada a ver com o enredo, e no Japão chamam apenas de Zero que faz menos sentido ainda, é uma clássica série de jogos ridículos, onde o objetivo é você matar o gasparzinho usando uma merda de câmera fotográfica (não digital), e levar às melhores imagens para ser capa da Playboy.

JogabilidadeEditar

 
Uma cena macabra do jogo e uma foto bem tirada. Garantia de pontos

Todos jogos da série Fatal Frame possuem a mesma jogabilidade cagada, do primeiro jogo em 2001 até atualmente, o jogo é produzido pelas mesmas pessoas que repetem a mesma história, os mesmos gráficos e a mesma jogabilidade sem parar. A principal característica destes jogos é a movimentação dos personagens, que parecem todos estar engessados e sofrendo de esclerose, pois são lentos, nada ágeis, sem reflexo, preguiçosos e correm mais lentos que seu avô de 100 anos tentando alcançar o banheiro durante uma grave crise de incontinência urinária.

Os combates são os mais ridículos possíveis, pois numa ambientação formada por fantasmas tarados, estes sempre tentarão constantemente atacar as protagonistas (sempre mulheres, com corpo de tábua até o terceiro jogo, e posteriormente com corpos mais femininos), os fantasmas sempre se aproximarão sorrateiros passando a mão boba nessas meninas, não gerando dano, mas sim aumentando uma barra de constrangimento até a protagonista morrer por doença venérea ao ser exposta a tantos contatos sexuais com desconhecidos.

Para evitar uma morte tão horrorosa, o jogador pode fotografar os molestadores e enviar suas fotos para a Polícia Federal, que os indiciará e geralmente descobrirá que estes encoxadores de metrô também são pedófilos filhos da puta. Assim, estes seres fogem da polícia e desaparecem da sua frente.

JogosEditar

  • Fatal Frame 1 - O primeiro jogo da série. Teoricamente é baseado em fatos reais, mais ninguém se importou em realmente confirmar esta alegação. Por ser um jogo praticamente indie, ninguém normal conheceu esta lástima de jogo.
  • Fatal Frame II: Crimson Butterfly - Segundo jogo da série e mais famoso até então, chamou muita atenção por usar duas pirralhas japonesas como protagonistas e inserir muitos estereótipos de hentai em seu enredo.
  • Fatal Frame III: The Tormented‎ - Continuação fracassada do jogo anterior, pelo menos foi lançado em inglês.
  • Fatal Frame: Mask of the Lunar Eclipse‎ - A Koei decidiu vender a franquia Fatal Frame justo para a porcaria da Nintendo, então o resultado do quarto jogo não poderia ter sido um fracasso pior. Lançado apenas em japonês e só para Nintendo Wii, só as pessoas mais excêntricas do mundo tiveram a chance de jogar este daqui.
  • Project Zero 2: Wii Edition - Ao invés de fazer um jogo novo, a preguiçosa Nintendo refez o Fatal Frame II, teoricamente preocupados com os nintendistas que não tinham ideia do que era aquela porcaria de Project Zero. Como a Nintendo está estacionada na década de 80 e não possui uma lojinha online para vender os primeiros jogos, precisou fazer todo um remake.
  • Spirit Camera - A versão para Nintendo DS, que ninguém nem sabe que existe ou como é.
  • Fatal Frame: Maiden of Black Water - O quinto jogo da série, o qual teve um certo marketing razoável, mas foi lançado exclusivamente para o Wii U, console que teve apenas 50 vendas em todo mundo, então este Fatal Frame vendeu 50 cópias, tornando-se o jogo mais vendido do Wii U.
v d e h