Abrir menu principal

Desciclopédia β

Fatal Fury: King of Fighters

Virtualgame.jpg Fatal Fury: King of Fighters é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, o Donkey Kong mata o K. Roolenstein.

Smb-nes mario walk.gif
Fatal Fury: King of Fighters é da época da Velha Guarda dos Games

Mobile é o caralho! Portátil de verdade é Game Boy, porra!


Fatal Fury
TituloFatalfury.png

Bleargh!

Informações
Desenvolvedor SNK
Publicador SNK
Ano 1991
Gênero Street Fighter
Plataformas Arcade, Neo-Geo, Mega Drive, Super Nintendo, Preistêichon doize
Avaliação Déiz!
Idade para jogar de 5 a 55 anos

Cquote1.png Prefiro o Street Fighter II. Cquote2.png
Qualquer Um sobre Fatal Fury
Cquote1.png Que merda, os poder não sai. Cquote2.png
Pivetinhos de Fliperama sobre Fatal Fury
Cquote1.png Us cara só fica pulando pro outro lado... Cquote2.png
Pivetinhos de Fliperama sobre Fatal Fury
Cquote1.png GEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEESE! Cquote2.png
Terry Bogard sobre Geese Howard
Cquote1.png Terry, eu sou seu pai! Cquote2.png
Geese Howard sobre o final que a SNK nunca revelou.

Fatal Fury: King of Fighters é um jogo de luta porco feito pela SNK, na tentativa de ganhar do Street Fighter. Falharam miseravelmente.

Índice

O desenvolvimento do jogoEditar

 
Pô, o Tequingue é um torneio de boxe?

No vindos anos de 1900 e Guaraná com Rolha, a Capcom tava ganhando uma puta bufa de grana com o Street Fighter II. Várias empresas tentaram em vão desbancar a Capcom, criando vários clones porcos. A SNK então resolveu entrar nessa, criando seu próprio clone porco do Street Fighter.

O resultado: a Capcom cagou de rir, e continuou a ganhar sua bufunfa sossegada. No mais a SNK tomou uma naba feia, e esse jogo ficou relegado ao canto das prateleiras das casas de jogos, já que ninguém tinha coragem de jogar “isso”.

HistóriaEditar

Em uma pequena cidade chamada Southtown, GEEEEEEEEEEEEEEESE é quem manda. Geese então promove seu famoso torneio de porrada para conseguir mais capangas para sua organização. Terry é o herói bonzinho que quer vingança contra o Geese. Fim da história.

PersoagensEditar

 
Só três carinhas? Que merda!

ZeróisEditar

  • Terry Bogard: O herói do jogo que quer bater no vilão. Possui um estoque interminável de bonés, que ele joga fora após cada luta.
  • Andy Bogard: O irmão do herói, também quer bater no vilão. Dizem que ele é ninja.
  • Joe Higashi: Amigo dos dois, quer mostrar que é o bonzão. Consegue soltar vento pelas axilas.

Sacos de pancadaEditar

  • Hwa Jai: Chegado numa marvada, que o deixa doidão durante a luta.

MalvadosEditar

  • Raiden: Gordão que usa agarrão e cospe catarro no oponente.
  • Billy Kane: Delinquente que luta com um pedaço de pau. Os molequinhos adoravam imitar ele com um cabo de vassoura.
  • Geese Howard: Prevê todos seus golpes, a magia dele vara a tela e vai num pau da porra, e ainda te agarra quando defende seus golpes.

O finalEditar

 

Geese cai de seu prédio, todo mundo acha que ele morreu e assim todos vivem felizes para sempre.

  Até parece...  
Você sobre a suposta morte do Geese

Mas na verdade todo mundo sabe que ele sobreviveu e que vai voltar no Fatal Fury 3.

Teorias sobre a sobrevivência do GEEEEEEEEEEEEEEESEEditar

  • Geese soltou vários Shipukens (ou X-Burguer, aquela magia aérea) para cair mais devagar.
  • A hakama (aquela saia que ele usa) dele se abriu, funcionando como um para-quedas.
  • O Billy tava lá embaixo e saiu voando com seu bastão para salvar o patrão.
  • Ele é foda demais para morrer de uma queda de míseros 20 andares de um prédio.

GaleriaEditar