Abrir menu principal

Desciclopédia β

Fazenda Botafogo

Rioband.jpg Coé, merhmão, eshte arhtchigo eh CARIOCA!

Não vandalize, senão a chapa vai ficarh quentche, cara. Agora deixa eu irh na praia pegarh um bronze nesse sol de 50 graush, comendo unsh bishcoitosh.


Cquote1.png Você quis dizer: Coelho Neto Cquote2.png
Google sobre Fazenda Botafogo
Cquote1.png Do, não joga essa merda pro meu bairro não! Tá maluco!? Essa merda é de Acari! Cquote2.png
Morador de Coelho Neto tentando jogar o abacaxi pra outro lado
Cquote1.png Ih, saí daí! Não vê a merda que eu moro, tenha piedade pô! Joga isso pro meu bairro não... Cquote2.png
Morador de Acari sobre citação acima
Cquote1.png Parem de briga, essa porra, não é de ninguém, vamos fazer disso um bairro e pronto. Cquote2.png
Apaziguador sobre citações acima

Fazenda Botafogo é um bairro que também é de Acari e de Coelho Neto, mas ninguém quer essa bosta em seu território. Daí, virou bairro para alguns. A Prefeitura do Rio, por pena de Acari ser feia pra cacete, decidiu jogar isso para o lado de Coelho Neto oficialmente, mas pelo jeito, Fazenda Botafogo é como se fosse um filho bastardo de Acari com Coelho Neto e ninguém quer assumir.

O bairro, conjunto, território, sabe-se lá o quê,Editar

 
Engenheiro responsável pelas obras do conjunto residencial do bairro junto com o material de construção utilizado.

nada mais é do que umas ruas asfaltadas infestadas de prédios, todos iguais um ao outro, parecendo mais um monte de blocos Lego no meio do norte da cidade. Só por ter coleta de lixo os moradores já o consideram um bairro, mas claro que não pode ser um bairro do Rio de Janeiro, não existe nem milícia ali[Carece de fontes], então, não pode ser um bairro do Rio.

O comércio só é forte quando todo o bairro decide que é dia de comer um pastelzinho e beber uma cerveja nas barraquinhas que ficam nas fachadas dos prédios. É a única forma de movimentar dinheiro naquele lugar por métodos que não sejam ilícitos (o editor, por ser fã de Bob Marley considera a venda de maconha um negócio lícito).

Há vários meios de transporte para as pessoas verem o exemplo de infra-estrutura que é o lugar. Os prédios não são pintados de preto, ledo engano. Isso que você viu quando passou por lá nada mais é do que uma colossal infiltração. Certamente porque os governantes tinham que mostrar que pelo menos sabem que o lugar existe, apesar de quase sempre se esquecerem disso.

Os prédios têm como cor original um verde-bebê idêntico às paredes de hospitais pediátricos com misto de um verde tão escuro quanto o futuro de quem ali vive. Mas, como já dito, as cores branca, preta, e outras não identificadas dominam o aspecto junto com os tais verdes porque a pintura descascou. O acabamento é composto de pichações, excetuando o vermelho, que pode ser o sangue de um moribundo que foi assaltado e tentou dar uma de corajoso.

ResumindoEditar

Se você procura lugar barato para viver, e não pode colocar seu rádio alto, a não ser que seja funk ou música gospel (daquelas em que 99% da música é Aleluia e o resto é Amém); nao se incomoda que vaze água com bosta do vizinho de cima, é melhor procurar um desses na Baixada Fluminense. É mais barato ainda, e é tão sujo quanto. Mas acredite, ainda é menos pior do que habitar em um banco de praça.