Abrir menu principal

Desciclopédia β

Federação Alagoana de Futebol

Federação Alagoana de Futebol é o nome da inútil entidade que tenta fazer alguma coisa pelo futebol de Alagoas, mas evidentemente falha miseravelmente, vendo seus times no máximo como figurantes numa série B de campeonato brasileiro, e olhe lá, porque nem essa alegria dura muito para os times ruins do estado.

HistóriaEditar

 
A Federação Alagoana de Futebol é a única do Brasil que não aceita a inscrição de goleiros em seus times, basta reparar nas figurinhas do álbum do Campeonato Alagoano.

A Federação Alagoana de Futebol foi criada em 1927, ano em que o estado de Alagoas foi descoberto no mapa, e em quase 1 século de existência jamais conseguiu ajudar um time do estado a chegar na Libertadores, e pretende continuar assim, por focar seus esforços em lavagem de dinheiro e não em infra-estrutura e essas coisas dispensáveis para timecos de várzea que compõe o cenário do futebol alagoense.

Até 2000 a Federação Alagoana possuía uma excêntrica norma que estabelecia que todos times do estado deveriam ter nomes formados por três letras apenas, advindas de algum acrônimo que de preferência fosse gozado, bizarro, esdrúxulo ou ridículo, de maneira que foram surgindo times-piada como ASA, CEO, CRB, CSA, CSE, PQP e similares. Mas quando mudaram essa regra, aí parece que a criatividade acabou, pois o nome dos outros times é muito sem graça.

CampeonatosEditar

O único torneio que essa federação inútil organiza é o falido Campeonato Alagoano de Futebol e sua respectiva segunda divisão (que deve ser uma das 10 coisas mais medonhas do universo). Este torneiozinho de verão só serve pra porra nenhuma, sinceramente, nem os alagoanos se importam com o que acontece nele, serve apenas para decidir o time menos ruim do estado que irá pagar vexame na Copa do Brasil do ano seguinte.