Abrir menu principal

Desciclopédia β

Federação Amazonense de Futebol

Federação Amazonense sem Futebol é uma Federação sem fins lucrativos (teoricamente), sem fins esportivos, sem fins algum. Nunca fez nada pelo futebol no Amazonas e planeja continuar assim, só explorando os já falidos times do estado e não serem capazes de realizar nem mesmo um organizado e medíocre campeonatinho estadual que não tenha pelo menos algum time que desista no meio por dificuldades financeiras.

HistóriaEditar

Federação criada no ano de 1960 com o intuito de representar o então recém-descoberto estado do Amazonas e levar o futebol às tribos amazônicas que viviam por lá. Mas como chovia todo dia, e haviam uns ecologistas chatos demais se amarrando às árvores que os dirigentes queriam cortar para construir belos e modernos estádios, o futebol amazonense nunca progrediu e jamais passou do amadorismo.

Com a Copa do Mundo de 2014 alguém fumou um baseado enorme e ficou absolutamente louco após queimar até o último neurônio de sua cabeça, essa pessoa elegeu Manaus por algum motivo absolutamente aleatório como uma das sedes daquela Copa, e portanto um estádio gigante foi construído para receber míseras 4 partidas (que aliás, pareceram partidas do campeonato amazonense de tão de baixo nível). A Copa do Mundo acabou e a Federação Amazonense ficou com um enorme estádio moderno para na teoria ajudar o futebol do estado, a Arena Amazônia, mas aí eles se lembraram que não existe um time profissional sequer em Manaus e já surgem projetos para reformar o estádio e transformá-lo em algum tipo de safari amazônico com espécies diversificadas de animais, porque se for depender do futebol, seria só um safari com 22 cavalos num pasto.

CampeonatosEditar

A Federação Amazonense organiza primeiramente a Copa dos Rios, um torneio amador que reúne os times mais isolados do mundo, como se isso servisse de alguma coisa.

É também o responsável pelo Campeonato Amazonense de Futebol, e sua segunda divisão. Mesmo com a falta crônica de times no estado de ser difícil achar pelo menos 10 times para a primeira divisão, além das constantes falências dos clubes do estado, a Federação Amazonense de Futebol, no intuito de gerar uma falsa sensação de variedade de times, organiza também uma Segunda Divisão do estadual, mesmo que esta suposta competição não tenha no máximo três times por edição e subam sempre os três.