Abrir menu principal

Desciclopédia β

Federação Cearense de Futebol

Federação Cearense de Futebol é a entidade máxima que comanda o futebol cearense, de acordo com os tricoletes a federação é composta só por carniças, e de acordo com os carniças é composto só por tricoletes. Enquanto os torcedores do Ferroviário nem existem mesmo para terem o que achar. O fato é que a entidade nãos erve pra porra nenhuma, mesmo que se orgulhem de fazer o campeonato estadual mais bem organizado do Nordeste, não é difícil algo do tipo numa região subdesenvolvida daquelas.

HistóriaEditar

 
A sede da Associação de Comediantes do Ceará. Eles são tão pobres que nem telefone tem: precisam usar o orelhão na frente do prédio.

Entidade criada em 1920 ainda sob o nome de Associação dos Desportos do Ceará, tinha como função administrar todos esportes do estado. No começo era mais focado nos jogos de baralho, bocho, curling, par ou ímpar, lançamento de calcinha e outros esportes tipicamente cearenses, o que obviamente não inclui o futebol, senão algum time cearense já teria ganho algum campeonato nacional, ou mesmo permanecido pelo menos alguns anos na série A.

No ano de 1941 mudou para o nome Federação Cearense de Desportos, não que mudasse alguma outra coisa, pois o estado continuou atrasado não apenas no futebol mas como em todos demais esportes.

Só no ano de 1972 que ficou claro que ninguém está nem aí pra qualquer outro esporte nesse país chamado Brasil, então era criado especificamente a Federação Cearense de Futebol para cuidar do futebol em específico, numa tentativa infrutífera de profissionalizar o futebol no estado. Mas o que esperar de uma região cujas principais potências são Ceará SC e Fortaleza EC? Boa coisa é que não é!

CampeonatosEditar

O principal torneio organizado pela FCF é o magnífico Campeonato Cearense, totalmente feito nas coxas e especialmente tramado para que Fortaleza e Ceará se enfrentem numa final, mesmo que a incompetência absurda de ambos faça isto ser cada vez mais difícil.

Para os times bostas há uns torneios de consolo, como a Taça Padre Cícero e a Copa Fares Lopes, que ninguém conhece, nem mesmo os cearenses, mas os pequenos disputam e se orgulham como se fosse final de Copa do Mundo.

Há ainda o emocionante Campeonato Cearense - Segunda Divisão que deve ser a coisa mais triste do mundo, levando em consideração a qualidade precária da Primeira Divisão. Não contentes com tanta ruindade, a federação ainda criou o Campeonato Cearense - Terceira Divisão, para gerar uma falsa sensaçãod e variedade de times no Ceará que absolutamente não existe, reunindo apenas times de várzea, literalmente, das cidades mais desconhecidas, pobres e esquecidas possível.