Abrir menu principal

Desciclopédia β

Fercal

Fercal é mais uma favela abandonada fruto da expansão urbana desordenada do Distrito Federal que foi oficializada como Região administrativa em 2012 para que o Sobradinho II ficasse mais pobre.

Índice

HistóriaEditar

 
A ecológica Fercal.

A Fercal foi fundada em 1956, embora ninguém saiba da existência desta bendita "cidade" até hoje, exceção dos 2.000 pedreiros que trabalham na região e alguns foragidos da polícia que acham o local ideal para se esconderem, afinal, não existe nem no mapa.

Em 2012 este aprazível bairro foi emancipado para município Região Administrativa do Distrito Federal por já estar acumulando gente inútil demais. As fábricas da Fercal não entendem porque os moradores resistem em ficar em suas casas respirando a fumaça industrial e de caminhões pegando as mais escrotas doenças respiratórias para irem lotar o Hospital de Base no centro de Brasília.

EconomiaEditar

A Fercal é reconhecida por suas mais de 8000 indústrias de cimento, asfalto, cadarços, plásticos de cadarços, taxinhas, clips e elásticos.

Fercal é uma das regiões economicamente mais desenvolvidas do Detrito Federal, um lugar muito bom, onde, segundo a Secretaria de Desenvolvimento Social, é possível transar com garotinhas de 12 ou 13 anos pela módica quantia de 5 chicletes e 17 taxinhas. Esse paraíso foi definido como "núcleo habitacional" por lei embora todas sociedades de Proteção Ecológica definam o contrário. Mas depois de criarem a RA da Estrutural, tudo é válido no DF.

GeografiaEditar

A Fercal possui uma propaganda enganosa da existência de natureza, com uma bela paisagem de cerrado e trilhas ecológicas. O que se vê além de barro, indústria e gente mal educada é apenas mato e barbeiros (tanto no trânsito, como aqueles insetos).

SegurançaEditar

Embora seja uma vizinhança pouco recomendável, a Fercal só é considerada um bom lugar ainda porque Planaltina leva toda má fama daquela redondeza.

SaúdeEditar

Devido ao dióxido de carbono expelido pelos caminhões e o dióxido de enxofre lançado pelas indústrias, as crianças fercalenses tem bronquite crônica, rinite alérgica, câncer de pele, essas coisinhas. Afinal, a roupa no varal já fica suja antes de secar, assim como a sola do pé ao sair do banho já se suja (isso para aqueles que tomam banho).

v d e h
BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL