Abrir menu principal

Desciclopédia β

Fiona Fox

PeterFurryGabriel.jpg Este artigo foi escrito por furries!!

Por isso, é possível que ele contenha referências a raposinhas, Pokémons ou até mesmo Ursinhos Carinhosos sendo sodomizados por cavalos. Caso você tenha medo de furries, arme-se com um lança-chamas e NÃO leia a pagina abaixo.

Esther-orphan.jpg Este artigo trata de uma mulher malvada.

Ela é a vilã, má pra cacete, mesmo assim você a adora, porém nunca
conseguirá algo com ela.


Fiona Fox
1475163890-nextgenproject fiona spot.png
Periguetinha e perigosinha!
Ano de criação 1996
Primeira aparição Archie Comics
Habilidade(s) Lutar e Trair
Amigo(s) Começou sendo amiguinha dos Freedom Fighters, mas depois só do Scourge
Inimigos Dr. Eggman, seus antigos amiguinhos e os trairas do Suppression Squad
Quem gosta da Fiona Tails (que nunca teve chance com ela) e qualquer um que curte Hentais da turma do Sonic

Cquote1.png Você quis dizer: Sally Acorn Cquote2.png
Google sobre Fiona Fox
Cquote1.png Nossa, como ela é uma gatinha. Cquote2.png
Tails sobre Fiona Fox
Cquote1.png Sai pra lá seu pivete, eu só pego homens de verdade, como você Sonic. Cquote2.png
Fiona Fox sobre sua verdadeira paixão
Cquote1.png Não me culpe Tails se as mulheres dão mais mole para mim do que aos demais. Cquote2.png
Sonic sobre a preferencia das mulheres a ele
Cquote1.png Ela me ama mais do que você, seu azulão emo. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!! Cquote2.png
Scourge the Hedgehog sobre a traisção de Fiona a ele
Cquote1.png Essa vaca DEVE MORRER! Cquote2.png
Amy Rose sobre Fiona Fox
Cquote1.png Outra vadia ¬¬ Cquote2.png
Hanna Line sobre Fiona Fox

Fiona Fox é uma raposa-puta dos quadrinhos do Sonic que adora mudar de lado e que se mete em 1001 confusões de pura adrenalina. Ela havia sido criada com duas finalidades: a primeira era fazer o Tails se passar por macho (já que ele sempre teve um jeitinho meio suspeito) e a segunda era dar pro Sonic (coisa que ela mais fez em toda a sua carreira); com o passar do tempo acabou aderindo outras finalidades, tanto no quesito cair na porrada quanto em promover mais putaria na série do azulão.

Índice

A sua primeira apariçãoEditar

 
Ela quer dar para você

Quando criança, Fiona foi uma das muitas Mobianas capturada para servir em campos de concentração nazistas do Dr. Ivo "Eggman" Robotnik, onde trabalhava com mineração e prostituição em treinamento. Não muito tempo depois de chegar, ela e seus companheiros Mighty e Ray causaram uma revolta que foi rapidamente sufocada pelos robôs guarda do acampamento, pois um sempre queria se achar mais foda que os outros. Enquanto Mighty e Ray foram presos em isolamento, Fiona foi levada para outras finalidades particulares. Pouco tempo depois, aparece o jovem Sonic the Hedgehog por aquelas bandas (que estava investigando o campo como uma de suas primeiras missões em nome dos Freedom Fighters), libertando o Mighty e o Ray daquele inferno (coisa que quem jogou aquele arcade do Sonic sabe muito bem como foi essa treta).

Os três então saíram em uma tentativa de resgatar Fiona, os quais depois de muito esforço finalmente conseguiram o que queriam: salvar a raposa-puta ter mais mulheres gostosas no time dos bonzinhos. Devido ao desaparecimento misterioso de Ray durante a fuga, Mighty e Sonic se sentiram com menos concorrencia para comer Fiona. Com isso Fiona foi interposta fora dos dominios de Robotnik quando fugiu, e mudou-se para construir uma nova fábrica de bonecas sexuais exatamente no mesmo lugar de antes (vai entender o por que...). Enquanto Fiona estava lá, sua área foi usada como Boate gay base para um dos muitos Robotnik's-réplicas-robóticas concebido para se infiltrar nos domínios dos Freedom Fighters. Logo após a criação da duplicada robótica, Robotnik deixou a Fiona verdadeira para morrer em uma cela de prisão, pois ela chamou o barrigudo de gay-robofiliaco, e mandou a Fiona-robô pra uma ilha onde, alguns anos depois, iria ficar fazendo cu doce pro Tails, até que a raposa de dois rabos descobrisse que aquilo era uma máquina e não uma furrie.

A fuga da prisãoEditar

 
Tentando ser tão gostosa quanto a "ex" do Sonic.

Após um longo período de prisão, Fiona percebeu que, como no laboratório, ninguém iria resgatá-la, e assim ela virou feminista e sentio-se determinada a fazer tudo sozinha. Através de longas tentativas esgotantes e de causar tesão em qualquer amante de furries, ela conseguiu cavar um túnel de fuga de sua cela e acabou atingindo a sua tão querida liberdade. A primeira pessoa que a encontrou depois disso foi a Nic the Waesel, uma caçadora de recompensas irmã de Nick the Weasel em uma missão de pega-trouxas caça ao tesouro.

 
Adivinhem onde ela quer enfiar esse dedo...

Fiona então, após convencer-la a deixa-la ser sua ajudante, se envolve nessa maldita caçada, o que logo resultou em uma rivalidade com a Rouge the Bat. As duas mais tarde se juntaram a Bean e Bark, e todos os outros de quem sofreram derrotas em torneios de luta sem sentido, tudo graças a Rouge, pois ela lutava sujo e por ter propinado sido muito discreta os juízes não perceberão as suas trapaças... ou sim, mas tambem perceberam seu implante de silicone. Eventualmente ela e Nic voltaram para o acampamento de mineração para ver se poderiam encontrar mais Power Gemas, infelizmente, a porta do laboratório estava trancada e nem poderia ser aberta na base de porradaria.

Fiona acabou ficando um tanto amargurada fula da vida por seu reencontro com Sonic e Mighty, dizendo que eles a trairão indo atrás de outras mulheres para o grupo e a deixaram sucumbindo nas gradas para ser estuprada pelo Robotnik. Isto tornou-se aparente mais revoltante após Nic decidir pedir ajuda a Mighty para ganhar arrombar com o lugar pra ter acesso ao laboratório, isso enquanto Fiona ficava retrucando o quanto os odiava e como se sentiu abandonado pelos dois filhos da puta. Enquanto exploravam o campo, eles descobriram uma sala com diversas réplicas robóticas dos Freedom Fighters, até que finalmente, graças a uma mãozinha de Mighty, eles conseguem abrir a porta e lá do escambau e descobrem uma Power Gema - bem como Ray, que aparentemente tinha sido preso em uma forma de animação suspensa pela gema. Como uma boa psicopata que era, Nic destruiu a gema e a galera libertou Ray de sua prisão, mesmo não ganhando nada com isto.

Entrado para os Freedom FightersEditar

 
  Não repare a bagunça... Repare em MIM!!!  

Algum tempo depois do ataque dos Xordas a Móbius e a suposta morte do Sonic (que havia sido mandado para os confins do Espaço depois de salvar o planeta dos tais alienígenas), Fiona largou de vez toda a richa que tinha com seu passado tenebroso e finalmente assumiu que era lesbica entrou para os Freedom Fighters. Ela passou então a trabalhar tanto no ramo da porradaria como tambem com computadores e assistências médicas para com os idiotas que voltavam sem um braço ou uma perna do campo de batalha. Depois que Sonic retornou do espaço, Fiona passou a acompanha-lo em suas missões para fraudulentar os exercitos mixurucas do Dr. Eggman e sua estúpida Megalópoli, que queria fuder tanto Station Square como Knothole. Foi tambem durante essas farropilhas que Tails começou a pagar pau pra Fiona, embora ela nem sequer ligasse pro pobre coitado (que por sua vez ficava que nem aquelas gurias de 5 anos que ficam escrevando o nome de seu crush no diário desenhando coraçõeszinhos em volta... putz!).

Fiona tambem acompanhou os Freedom Fighters durante a sua missão num laboratório das antigas, onde Sonic teve que enfrentar Shadow e Metal Sonic e no fim das contas foi todo mundo salvo pelo Tio Chuck (que tava de susa em casa quando soube da genocídio que tava rolando lá nesse lugar). Só pra constar, foi nessa justa missão que Fiona descobriu um rifle fortemente alimentado e tentou sair metralhando tudo quanto era de inimigo que nem em Metal Slug, mas foi informado por Rotor que presava e venerava o estilo Batman de Sem armas! Sem Mortes! (puro estraga prazer pra coitada).

 
  Vê se da próxima vez não enfia com tanta força, Sonic!!  
Fiona

E em sua ultima missão em campo ela foi pra uma tal de Cidade Nanite juntamente com Sonic e maior número de gostosas que ele conseguiu juntar, isso para resgatar a Bunnie, e de brinde obrigar o Snively a participar do trabalho sujo deles (que foi obrigado a assistir uma suruba entre Sonic, Fiona, Amy, Mina e Bunnie). Após isso Fiona explicou pra Sonic seu ressentimento de longa data para com ele por te-la abandonada na sargeta quando eram inesperientes, mas que depois de te-lo visto quase morrendo na batalha contra os Xordas, ficaram quites desenvolveu tesão por ele e resolveu entrar na equipe dos bonzinhos. Ele ainda chegou a servi de guarda-costas da Mina Mongoose que estava sendo vítima de atentado terrorista, bem como viu também quando as Nanites foram descoberta do Brain Trust, entre outras putarias de menor importância.

 
Até pra Sally essa rapariga já deu, mas pro Tails... NADA!

Depois isso, Fiona e Sonic começaram a se agarrar com muita frequência até que resolveram assumir um namoro enrolado. Durante uma transadinha atrás das moitas, os dois foram pegos no flagra pelo Tails, que começou a ter crise de emisse (já que ele tambem gostava da garota... ou seria do Sonic? ah, sei lá!); dai Fiona explicou pra raposa de dois rabos que gostava de caras mais velhos e experientes como Sonic, o que só fez deixar o Tails mais deprimido ainda e a voltar pra sua casa chorando feito uma bichinha por ter seu corazon partido. No mesmo dia, Sonic conseguiram impedir Anti-Antoine de matar o príncipe Elias, e enquanto o enviava de volta para o Mundo do Contra, Fiona resolveu consolar Sally por todos os problemas que ela havia passado, e em seguida rolou um momento yuri entre as duas; depois disso Fiona e Sonic começam o namoro oficialmente na frente da cambada toda.

Quando Bean e Bark atacaram a QG dos Freedom Fighters, começaram a dar com a lingua nos dentes contando todos os podres da Fiona, desde de suas lutas ileguais no submundo do crime até suas fantasias sadomasoquistas lendo Cinquenta Tons de Cinza, o que fez com que os Freedom Fighters começacem a suspeitar dela (todos menos o Sonic, que vivia comendo ela, e o Tails, que vivia batendo punheta pra ela). Pra tentar amenizar a situação, os Chaotix resolveram entrevistar Fiona pra saber mais a respeito da Rouge, do Bean e do Bark, e nisso ela então contou toda a história q a gente já viu na sessão de cima. Mesmo assim Sonic continuou a apoiar Fiona, mas, eventualmente, tornou-se cada vez mais evidente que alguma coisa estava pra fuder bonito (e não era mais uma trepadinha entre ela e Sonic), com Fiona desenvolvendo uma tendência a desaparecer das missões e começar a pender para o lado Negro da Força...

A sua traiçãoEditar

 
Fiona agora pertence a equipe dos Freedom Fighters do Contra

Durante o tempo em que Rouge estava em Knothole, Sleuth Dawg apareceu, procurando por ela em nome do Dr. Finitevus. Ele segurou Tails e Sonic, enquanto Fiona lutou contra o Sonic do Contra. Durante tudo isso, Fiona chegou a conclusão que Sleuth era um traidor (sério? não diga...), ele não negou a mesma. Scourge também provocava Sonic para ver quem era mais macho(sendo que Sonic sempre ganhava nesse quesito) enquanto que um acordo era alcançado entre o lider da turminha do mal e a raposinha-devasa: Sleuth e Rouge deixariam os Freedom Fighters em paz se o Anel Warp que ela tinha roubado fosse devolvido (sabe, aqueles anéis gigantes de se viajar para outros lugares ou dimensões...). Sonic devolveu o anel e ficou com Fiona, entretanto, tornou-se evidente que entre Sleuth e Fiona tinha pintando um clima camaradagem, e nisso Tails tinha aprendido um segredo horrível (por ser menor de idade achou muito estranho tudo o que estava vendo, mas felizmente não guardou trauma disso). Por causa de seus sentimentos-emos-conflitantes-entre-Fiona-e-Sonic, ele não disse ao seu amigo o que tinha aprendido a respeito da putinha em questão, só pra ver se conseguia conquistar o amor verdadeiro da Fiona (mesmo sendo só um pirralho que ainda nem tinha tirado o fedor de mijo).

 
Fiona e Alice numa disputa pra ver quem o Scourge prefere, mas como ele é gay, acabou dispensando as duas

Depois de muitos conflitos com a ex de Sonic, a Sally, e também com Amy Rose, Fiona finalmente revela que traio Sonic com Scourge (o eu-malvado-e-brocha de Sonic) indo morar em uma dimensão alternativa (lê-se Mundo do Contra), ao longo de seu relacionamento inteiro com o Anti-Sonic; Isso porque Amy, enfurecida ao saber que alguém iria tentar se relacionar com o Sonic, procurou matar Fiona. Embora evitando golpes, Fiona sempre vencesse, brevemente escorregou a confissão de traição em um sorriso-maligno-maroto e dizia a Amy que ninguém iria acreditar nela de qualquer maneira, bem como mandou a guria esquecer o Sonic porque ele nunca namoraria uma puta tabu com TPM que nem ela. Para a surpresa de ambos, Sonic casualmente intrometeu e chamou Fiona pra discutirem o relacionamento. Enquanto caminhavam, ele começou a falar sobre ela mentir e seus desaparecimentos (que ele sempre soube que ela tava era pulando cerca, embora ele também o fizesse). Ela ficou indignada, mas tudo foi explicado logo quando Scourge apareceu e Fiona revela que estava fazendo amor com o ouriço mal, dando galho no Sonic e a papagalhada toda que já foi dita.

Quando o Sonic do Contra tinha se infiltrado em Knothole Village, ele havia praticado sadomasoquismo em várias das meninas lá, inclusive em Fiona, antes de ser deposto. Fiona percebeu que estava caidinha por esse tipo de feitiche, mas tentou encontrar a mesma iniciativa da parte do Sonic original, mas vendo que ele era bonzinho demais pra bater em mulher, resolveu ir com o fake mesmo, que era do lado Rosa Negro da Força e começou a esgueirar-se com ele (apesar dele não gostar disso, pois ele é gay), se retirando dos Freedom Fighters para se tornar uma vilã (que muito provavelmente seria morta (com gosto) pelas mãos da puta rosa).

Vida com o Suppression Squad e pós-famaEditar

 
Fiona ensinando Scourge a deixar de ser gay babaca!

Depois que largou os Freedom Fighters, Fiona se juntou a Scourge, o qual vendo que Dr. Finitevus era muito filho da puta e metido a machão pegador, resolveu voltar pro Mundo do Contra, onde poderia surrar todos os seus antigos parças (que agora o odiavam mortalmente) bem como dominar todo o planeta com seus novos poderes precosse. Fiona, é claro, foi atrás do seu amado, embora isso sempre o incomoda-se; nisso Scourge criou o grupinho Suppression Squad (ou Anti-Freedom Fighters para ser mais exato), virou rei do Mundo do Contra e voltou pra Móbius a fim de encher a cara do Sonic de porrada (e dominar o planeta dele tambem). Fiona em tudo tentou ajuda-lo, mas Scourge, sendo a boa bicha que ele é, sempre negou a ajuda da vadia, o que claro acabou resultando em sua evidente derrota, não que uma mãozinha de Fiona fosse o suficiente para fazer Scourge não levar uma surra do Sonic, mas enfim... é a vida. Nisso os outros integrantes do Anti-Freedom Fighters abandonam Scourge e voltam para o Mundo do Contra, Scourge é mandado pra prisão dimensional no cu do multiverso e Fiona tem que se virar na vida, rodando bolsinha em esquinas pra ganhar o pão de cada dia.

Em uma dessas rodadas de sair dando pra qualquer um que a pagasse, ela acaba se reencontrando com Sleuth, que depois de ter juntado muita grana fazendo servisso sujo, comprou uma casa em Miame e largou os Destructix (os Chaotix do Contra); nisso Fiona larga mais uma vez o ramo da putaria para trabalhar como lider de gangue. Dai ela viaja pra o Oriente, se encontra com Sonic novamente e rola aquele tororó dos infernos... tudo porque a aquipe dos Destructix quer o miguxo deles (que tinha voltado lá pro clã ninja que onde ele havia nascido) de volta no grupinho. Feito isso, Fiona pegou essa cambada e se mandou mundo a fora cometendo crimes, o que não durou muito tempo e logo ela foi pega e estuprada presa com o resto da turminha fora da lei, onde acabou reencontrando Scourge na cadeia, e viveu o resto de sua vida imunda tentando dar para ele (ou seja, torturando o pobre coitado).

Ver tambémEditar

CAPTURADO

 

Anunciamos que Fiona Fox não fará(ão) mais mal a ninguém,
pois se encontra(m) preso(s), morto(s) ou/e finalmente derrotado(s).

Agradecemos à(s)/a(o)(s): Freedom Fighters pela sua captura.
Obrigado, Freedom Fighters, certamente as pessoas poderão
dormir mais tranquilas graças a você(s).
  Conheça também a versão oposta de Fiona Fox no Mundo do Contra: