Abrir menu principal

Desciclopédia β

Flor das Alturas

Anjinho.gif Este artigo é sobre um anjo!

E pode ter asinhas de galinha, tocar harpa e fazer uma pose gay imitando um bebê, ou ter 6 asas gigantes e usar armadura. Conheça outros clicando aqui.


Cquote1.png Vou ensinar ele a ser um anjo macho vingador! Cquote2.png
Castiel sobre Flor das Alturas.
Cquote1.png Pra ele nao fugir é só cortar as penas da asa dele, como Tio Barnabé faz com os passarinhos. Cquote2.png
Emilia sobre Flor das Alturas.


Flor das Alturas é o nome do anjo que baixou desceu no Sítio do Pica-Pau Amarelo mas, não é caído porque ele desceu na marra e não por vontade própria. Sim, aqueles noiados do Sítio o levaram sem perguntar se ele queria ir e, ainda não souberam guardar segredo de sua presença tendo assim que transformá-lo em atração pra inglês ver, literalmente.

Índice

IncidenteEditar

 
Com a presença do anjo, os encostos pararam de atormentar Dona Benta e seus netos.

Ele não queria mesmo sair de sua terra digamos assim, ou de seu céu onde ele não tinha pai nem mãe, nem titio, nem avó... mas, não fazia diferença já que nem sabia o que era isso e, assim ele estava feliz tendo só irmãozinhos anjos iguais a ele e, devido à mente noiada de Monteiro Lobato, ele fazia coisas retardadas do tipo, colher pó cósmico e transformar em estrelas, pular em nuvens densas o suficiente para não cair e coisas idiotas dessa natureza.

Os personagens do Sítio, apenas as crianças dessa vez, haviam cheirado usado o dito pó de pirlimpimpim (espero ter escrito certo), e feito uma Viagem ao Céu que deu nome a um dos livros, foi numa das passagens dessa viagem que eles acharam as criaturas aberrantes com asas e, folgados como são, se sentiram livres para colher um como se estivessem colhendo jabuticabas no pomar da véia Benta.

Flor das Alturas nem reclamou porque nem sabia o que era reclamar e ainda havia quebrado uma das asas. Depois ele reaparece nas Memórias da Emília, não sei porque paninho de chão tem memórias, mas...

 
Emília e o Flor brincando de salão de beleza.

Acabou gostando da Terra, já que o tratavam bem, tipo um hamister mais ou menos e, ele não tinha obrigações mas, isso na casa dele também não tinha mas, como tem mau gosto para tudo, ele acabou gostando do Sítio e, mesmo depois de sua asa quebrada ter sarado ele não voou pra casa e, continuou brincando com as crianças malcriadas do sítio, brincava mais com a Narizinho e com a Emilia, as caçadas... ou cagadas de Pedrinho ele ficava mais olhando, já que não gostava de violência... e assim se passaram vários dias angelicais.

CaracterísticasEditar

Ele é muuuuiiiito original pela descrição de Lobato: tem asinhas, voa (desde que as asas não estejam quebradas), é polaco loiro, olhos azuis, cacheadinho (abaixo a chapinha), bonitinho e bonzinho... viu que anjo revolucionário e diferente? Bom, no Sítio da Globo (mais recente não os do tempo de Dercy) ele foi retratado fora dessa descrição: Era tipo um caboclinho nada a ver com a descrição do anjo do livro mas, esse não foi o problema, o piá não tinha a menor ideia do que é atuar, até você mentindo com essa cara deslavada se sai melhor... mas, voltemos ao anjo primal.

Flor das Alturas se assusta com tudo mas, não sai berrando por causa disso, é que demora para entender as coisas tipo eu. Ele não se manifesta muito, fala pouco diferente dos tagarelas da Dona Benta, se não nem o Monteirex iria suportar escrever sobre mais uma matraca. Flor não tem nenhum problema com nada, não briga, não faz barulho, não fede nem cheira flor, apesar de se chamar Flor...

Falando nisso, esse nominho é bem estranho, já que, na descrição e por eles dizerem o Flor dá a entender que é uma figura masculina, ou seja, tipo um piá, então Lobatete poderia ao menos ter dado um nome menos fresco, porque mesmo sendo um anjo, que supostamente não tem sexo e, um anjo criança mas, ainda assim, pra um ser com aparência de piá esse nome ficou canhestro mas, nem porisso ele xingou seu criador de Montoeira Lobona.

Invasão inglesaEditar

 
Flor confraternizando com Pedrinho no céu... não é o Naruto, não... juro...

Já mencionado que Flor não achou o Sitio ruim, e repetindo: Tem mau gosto para tudo mas, assim mesmo foi embora. Tudo porque os tagarelas não conseguiram guardar segredo: Ora, dissessem que era uma criança normal brincando de ter asas de galinha. Mas logo estavam sabendo até na terra do Harry Potter e, um esquadrão de crianças mais malcriadas do que os do Sítio (eu achava que não fosse possível), foi trazida por um almirante pedófilo estranho exigindo ver o anjo ou iam declarar Guerra ao país pedindo a ajuda do Paraguai para desolar o Brasil... os brasileiros teriam mesmo porque acreditar.

Assim, mesmo com todas as agruras que a Emilia costuma fazer, as frases de efeito da Narizinho e as ameaças que Pedrinho fez à altura das que eles haviam recebido, tiveram que mostrar a criaturinha que conversou um pouco com todo mundo, até o ponto em que ele entendia o que estava sendo perguntado: Ao contrário da maioria do que se sabe dos extraterrestres, Flor é burrinho pra carai.

As crianças foram enjoando rápido dele mas, como o mundo todo queria ver o pequeno alado, pensou-se na grana que poderia se conseguir e, Lobato enfiou aí figuras interesseiras de contos que queriam sequestrar o coitado, Flor só correu perigo porque não estavam na história aberrações como Maísa, Mini-Lady Gaga e Justin Biba, porque se estivessem, ele seria até bem normal e teria ficado brincando no Sitio em paz.

SubindoEditar

 
Flor das Alturas voltando grávida às alturas.

Com essa papagaiada toda, então, o herói Pedrinho largou ele em um tronco de árvore grande, oco, junto com uma coruja ou algo assim, sabendo que ele tinha medo até da sombra: Bem camarada o Pedrinho mas, dessa vez foi medida desesperada... de qualquer forma, o Pedrinho é estúpido e ogro mesmo. Então, após escondê-lo, tendo apenas a Emília para ir falar com ele vez ou outra, Flor ficava sabendo o que se passava quando a Emília fofocava pra ele mas, a hora de poder sair demorava.

Quem deu um jeito nos sequestradores foram Pedrinho e mais não sei quem, que não lembro agora, e o Pedrinho e mais não sei quem conseguiram matar os caras espancados: Não é zoeira desciclopedista, foi isso mesmo... Bom, mas salvaram Flor e assim, depois dele se despedir discretamente dos personagens do Sítio com a desculpinha que estava na cara que era desculpinha: tô com vontade de abraçar vocês, o único que ele não abraçou foi o burro porque ele notaria o que estava para acontecer. E assim depois de abraçar Tia Anastácia, Dona Benta e seus neto, Flor bateu as asinhas de ganso, já curadas e foi pra casa.

Foi uma choradeira daquelas de dar vontade de socar jabuticabas na boca para pararem mas, não tinha jeito e acabaram se conformando: Melhor de tudo, a criançada gringa se foi e mais ninguém foi encher o saco deles, essa ao menos foi a compensação.

Ver tambémEditar