Abrir menu principal

Desciclopédia β

Frei Galvão

NewBouncywikilogo.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Frei Galvão.
Desentrevistasminibox.PNG O Desentrevistas
possui uma entrevista com
Frei Galvão
Rodrigo Santoro como Frei Galvão, com Ana Paula Arósio como Maria Madalena, nas gravações do filme Código da Vinci 2
Freio Galvão Bueno em mais uma de suas narrações esportivas "no limite extremo da santa paciência, amigo!"
Frei Galvão sendo tentado por Satã. Que tentação, hein???

Cquote1.png Bem amigos da rede globo , estamos aqui reunidos para um novo culto dominical! Cquote2.png
Frei Galvão sobre sobre culto dominical
Cquote1.png Eu quero PÍROLAS do Frei! Cquote2.png
Lula sobre como fazer o Brasil crescer

São Frei Galvão é o primeiro Santo Brasileiro e terceiro brasileiro a ir comprovadamente para o céu, depois de Santos-Dumont e Marcos Pontes, sendo mandado para lá por ninguém mais, ninguém menos que o próprio Imperador Palpatine Bento XVI.

Entre seus maiores feitos, consta o fato de que este frade nas horas vagas trabalharia como farmacêutico homeopata lá pelas bandas de Guaratinguetá, até pelo fato de naquele tempo, mesmo tendo encontrado a imagem da Nossa Senhora de LOST, milagres ainda não eram comuns por aquelas bandas.

O fato é que por conta disso, o mesmo se tornou conhecido como um santo em vida, ainda que em sua infância tivesse sido um verdadeiro filhinho de papai regado a leite com pera que foi nomeado para a carreira eclesiástica para não ter parte nas disputas de herança para as quais o mesmo não estava apto a entrar.

Por conta disso, Frei Galvão foi, na miséria de Deus, fazer pílulas num tempo em que não existia camisinha a disposição do povão, no intento de quem sabe ganhar a vida com isso, sendo que o mesmo, pela falta de condições mesmo, encheria as pílulas de papel com orações.

No entanto, ao fim estas pílulas, que teriam sido a base para o desenvolvimento do VIAGRA, da aspirina e da pílula anticoncepcional, acabaram por se tornar grandemente famosas, tornando-o uma espécie de santo em vida naquelas perdições existentes na Capitania de São Paulo lá por aqueles tempos tão difíceis.

Há teorias de que tais pílulas, base de sua canonização, eram feitas também dos folhetinhos de missa usados, sendo por isso mesmo uma boa utilização do papel tão raro existente por aquele tempo no Brasil.

Frei Galvão viveu no Mosteiro da Luz, em São Paulo, em frente ao prédio da antiga Escola Politécnica. Quando perguntado sobre a localização, Frei Galvão afirmou que gostava de pegar o metrô para ir visitar seus colegas em São Bento.

No céu, Frei Galvão ocupa o lugar número 10.056.097 a direita do lugar reservado para Dercy Gonçalves e a esquerda de Enéas.

Cquote1.png Meu nome é Enéas! Cquote2.png
Enéas sobre dando as boas vindas ao Frei Galvão

Cquote1.png Meu nome é Galvão! E estou aqui há mais tempo! Cquote2.png
Frei Galvão

FontesEditar