Abrir menu principal

Desciclopédia β

Frosting on the Cake

Midna é humana! ALERTA DE SPOILER GAMÍSTICO!

Este artigo gamístico pode conter spoilers que revoltam os nerds, como o fato de que:
Lezard Valeth é o chefe final. Tudo porque ele quer se tornar o Deus Supremo de Asgard para ficar com a Lenneth Valkyrie.

Portanto, leia com cuidado.

Glacê sobre o bolo
Gtagaytony.jpg
Nº de missão Décima primeira
Alvo Motoqueiros do Lost M.C
Recompensa Nada
Gênero da missão Escapar dos inimigos
Quem te manda fazer esta merda? Anthony Prince

Cquote1.png Você quis dizer: Missão Diamonds in the Rough do jogo Grand Theft Auto: The Lost and Damned Cquote2.png
Google sobre Frosting on the Cake
Cquote1.png Se escondam, caras! Cquote2.png
Johnny Klebitz ordenando membros da Lost M.C
Cquote1.png Merda, foge! Cquote2.png
Luis Lopez e Anthony Prince sobre pegar Johnny Klebitz e alguns motoqueiros escondidos
Cquote1.png Atrás deles! Cquote2.png
Johnny Klebitz

Índice

MissãoEditar

Frosting on the Cake é mais uma missão chata e gay do jogo Grand Theft Auto: The Ballad of Gay Tony. É uma missão-crossover que também faz parte do jogo Grand Theft Auto: The Lost and Damned, onde no jogo a missão se chama Diamonds in the Rough, no qual é a mesma coisa, só que a mira é Evan Moss, que era o namorado de Anthony Prince. A missão começa com Gracie Ancelotti, Rocco Pelosi, Evan Moss, Sharon e Anthony Prince tomando noku coca-cola no apartamento de Tony. Depois chega Luis e Tony manda Luis para negociar com um cozinheiro do barco da entrada de Grand Theft Auto IV, mas só que a negócio é interrompido quando Johnny Klebitz e mais seis motoqueiros vêm atrás de Luis Lopez, Anthony Prince e alguns diamantes, que estavam com Evan Moss. Depois de Luis Lopez quase escapar de uns cinquenta motoqueiros (que no qual eram seis ou sete no Lost and Damned), aparece a polícia para foder ainda mais a missão, e depois de escapar dos motoqueiros e da polícia, Luis leva Tony ao clube gay Hercules e depois disso, acaba a missão.

ObjetivosEditar

  1. Vá para as docas em East Hook
  2. Use bombas para matar os motoqueiros
  3. Perca os policiais
  4. Vá com Tony para o clube

O que precisa pra vencer em 100%Editar

 
Tony explicando pra Luis a missão.
  • Tempo (5 minutos e 45 segundos): É o pesadelo daqueles idiotas que não conseguem correr pra caralho. É muito difícil conseguir correr pra caralho, porque 99% das vezes que você bate no carro e ele vira (ou capota afinal, quem manda ter uma direção de merda mesmo?), ou é por culpa do Taxi, que é sempre um desgraçado filho da puta em qualquer jogo da série Grand Theft Auto. E o pior, que esse objetivo está em todas as missões, tornando-as impossíveis muito difíceis, e a polícia no final da missão, no qual são três estrelas de procurado, e é difícil de escapar da polícia, se for um noob jogando.
  • Sem danos a Luis Lopez (50%): Isso é pelo menos, a coisa mais fácil do jogo, ou não. Os membros da gangue Lost M.C atiram mal pra caralho, eles fazem muitos danos com umas armas parecidas com AK-47 ou até Uzi. Eles são muito chatos e poucas vezes, faz muito danos em você, principalmente alguns filhos da puta os de Assault Rifle, no qual é a maioria, mas mesmo assim alguns deles atiram mal pra caralho.
  • Mira de bombas (X): Isso é a coisa mais fácil da missão, e não dá de completá-la sem conseguir isso, mesmo que você jogue como se fosse uma merda, ou um noob no jogo, você ainda conseguirá esse objetivo, no qual é a coisa mais fácil da missão.
  • Tempo de escapar dos policiais (35 segundos): Pode parecer difícil, porque está com 3 estrelas de procurado, mas se for reto, será uma das coisas mais fáceis da missão, nessa missão os policiais são (ou apenas parecem) noobs dirigindo e nunca te seguirão no Twitter quando você estiver longe deles, isso é uma das coisas mais fáceis de completar.

AAA jogando esta missãoEditar

Ver tambémEditar