Abrir menu principal

Desciclopédia β

Galar

Galar é uma região da série de jogos Pokémon, onde é mais uma região baseada em países da Europa, só que dessa vez na ilha da Grã-Bretanha e mais na Inglaterra, já que ninguém liga para o País de Gales e nem para a Escócia.

Índice

HistóriaEditar

 
Jesus Cristo também esteve em Galar.

A região surgiu em quintilhões de anos, quando apenas os lendários existiam e poucas espécies habitavam ela, sendo as primeiras espécies uma centopeia gigante e dois lobos de armadura. Logo, os primeiros humanos começaram a surgir e com isso, criou-se uma religião para louvar estes pokémons, chamados de Eternatus, Zacian e Zamazenta (embora os galarianos eram daltônicos e resolveram nomear-los assim). Eternatus, por ser o menos adorado dessa religião e sempre ser visto como uma espécie de diabo nela, lançou um ataque que deixou Galar com uma névoa vermelha, o que causaria o fim do mundo, chamado de Darkest Day, já que várias espécies aumentaram de tamanho, causando uma destruição imensa.

Zacian e Zamazenta conseguiram parar Eternatus pela primeira vez e com isso foram considerados os verdadeiros Reis de Galar, até que em um certo dia, um cientista conseguiu inventar uma cadeia que contesse o Eternatus em uma jaula para que não cause mais destruição e como o próprio cientista era uma pessoa egoísta, queria muito dinheiro ou iria soltar o mesmo, mas como ninguém lá era rico ainda, para agradá-lo, o cientista passou a ser considerado o segundo rei de Galar e sua invenção para que Eternatus não se soltasse cada vez foi mais aprimorada, até chegar o que tem de hoje.

Galar, em homenagem a esse cientista, passou a ser uma região mais voltada para época steampunk, com cada vez mais focado em tecnologia. Os pokémons mais adorados na região poderiam ser um corvo que paga de taxi, uma salamandra que toca música ou um bicho esquisito que paga de garçom? Que nada! Novamente, por causa do Rei de Galar, que gostava de certos três pokémons da região de Kanto, os pokémons que as pessoas de Galar mais gostavam eram Charizard, Gengar e Machamp, gosto que ficou até hoje por influência religiosa.

Logo, a Kantofilia presente na região de Galar começou a rivalizar com a que tinha em Kalos para ver qual região era a mais Kantofílica, até que vários professores resolveram colocar um certo vírus chamado de Gigantamax Factor, que fazia-lo evoluir para uma forma maior e diferente, e vários pokémons de Kanto assim como de Galar foram infectados, com a espécies que conseguiam ficar mais fortes mudavam de aparência, enquanto outras morriam. Por ser um ato criminoso e muito julgado pelos cidadãos de Galar, as Dynamax quanto as Gigantamax foram proibidas na região.

 
Big Smoke, um dos maiores traficantes de Galar antes de se mudar para Los Santos.

Com a proibição das Dynamax e as Gigantamax, Galar ficou sem energia por muito tempo, e tiveram que voltar atrás até que arrumassem outra fonte e ficou normal. Os cidadãos de Galar decidiram que apenas as espécies que conseguissem fazer a Gigantamax iriam ser afetados pela Gigantamax Factor. Em um dia, as rinhas de galo finalmente são aprovadas em Galar, mas sem o uso das formas gigantes destes Pokémons, mas como nem todo pokémon conseguia fazer isso ou poderia causar destruição na região como Eternatus, vários pokémons foram barrados de entrar nas terras de Galar, um efeito conhecido como Dexit, o que causou uma revolta generalizada, além de um êxodo imenso de algumas pessoas para Kalos.

Visando lucrar muito, um homem chamado Chairman Rose monta sua própria empresa de energia que atualmente salva Galar e vira um dos cidadãos mais adorados da região, e ajudou nas criações das várias arenas nas cidades de Galar, além da mais nova Liga Pokémon. O primeiro campeão veio a ser Leon, que teve patrocínio vitalício do próprio Rose e suborno pra ser o campeão com várias vitórias suspeitas com um time ridículo de fraco. A Gigantamax e a Dynamax finalmente são implementadas para batalha e Leon acaba usando um Gigantamax Charizard como seu pokémon principal para agradar os cidadãos de Galar.

Como o galariano em si é burro, apenas vieram a descobrir duas regiões novas, a Crown Tundra e a Isle of Armor recentemente, apesar das duas regiões estiverem muito perto de Galar.

No jogoEditar

Como Galar não possui quase ninguém que seja inteligente, então não possuem nenhuma equipe vilã que queira se aproveitar dos lendários para fazer algum mal pra vila, ou algum mal disgfarçado de bem para ajudar a si mesmo. Outra falta de energia acontece na região pelo abuso das Dynamax das Gigantamax nas arenas e que isso custava muito energia, então Rose libera Eternatus de sua jaula feita a trocentos anos para estocar vento e criar energia infinita para Galar, mas como Rose se baseou naquelas químicas trolls, o plano não deu certo. Rose chama Leon para capturar Eternatus, mas seu plano não dá certo e cabe ao protagonista do jogo limpar toda aquela cagada feita por Rose.

O Darkest Day 2 foi impedido e a região ficou sã e salva novamente, onde foi utilizada mais uma forma de energia desconhecida para que a região se mantesse com energia.

CidadesEditar

  • Turffield: Uma mini-cidade onde fica localizado o ginásio de Grama, então obviamente nesta cidade é onde fica localizado os setores de agricultura com a criação de Wooloo e também na criação de drogas da região, já que Oddish em si são permitidos. Como a cidade é dominada por veganos já que Galar se passa também em um período apocalíptico, não possuem criação de Miltank, Tauros, Grumpig ou Tepig.
  • Hulbury: A cidade marinha da região de Galar, onde é o ginásio de Água, é onde fica a região portuária e os setores de pecuária, sendo o local feito para caçar ou capturar peixes. Hulbury é a cidade com mais punheteiros em Galar, já que a cidade também atrai alguns turistas safadinhos que querem ver algumas batalhas da líder de ginásio Nessa, além de ver as sessões de fotos dela quando ela raramente ganha.
  • Motostoke: A cidade de Galar onde fica o ginásio de Fogo, e é a cidade industrial de Galar, baseada na época da Revolução Industrial. Mesmo sendo uma cidade considerada grande para os padrões de Galar, é uma das cidades mais sem-graça da região, tirando as acima.
  • Stow-on-Side: Uma cidade indecisa que não se sabe se idolatra pokémons lutadores, ou pokémons fantasmas. A cidade é famosa pelas suas feiras feitas no meio da rua, como uma desculpa esfarrapada para não ser considerada uma cidade totalmente inútil para a região.
  • Ballonlea: A cidade mais fabulosa de Galar, onde maioria das casas é feita em cor rosa em homenagem a floresta perto desta cidade. Enfim, é uma cidade escondida do resto de Galar e famosa por possuir as várias Paradas Gays na região. É onde fica o ginásio do tipo Fada.
  • Circhester: Uma cidade que fica no meio do nada, pra rivalizar com Ballonlea, e que também é indecisa como Stow-on-Side e fica no meio a meio entre pokémons de pedra ou pokémons de gelo (apesar da cidade ser metade coberta de gelo) e é a única cidade que não serve para nada, a não ser dar dinheiro para hoteis com spa.
  • Spikemuth: Uma cidade que foi literalmente retirada de um jogo genérico de beat'em up, e também por causa disso é a cidade mais pobre da região de Galar, não servindo para nada a não ser aqueles que gostam de ser torturados com os shows do líder de ginásio Piers. A cidade possui apenas um posto para curar pokémons e o ginásio escasso do tipo Dark.
  • Wyndon: A possível capital e maior cidade de Galar, é onde possui os maiores edifícios de Galar, como a Rose Tower e o maior estádio, onde são feitas as batalhas mais importantes da região. A cidade em si, além das torres gigantes e do ginásio, os edifícios da cidade são de enfeite, já que metade delas é inacessível e foi feita com pressa. É a cidade que serve para nada, mas que sua única importância é ser a maior cidade de Galar.
  • Wild Area: Como Galar peca em cidades, a Wild Area está aqui para salvar a região, é a maior área e aqui estão localizados os pokémons, que foram banidos para aparecer apenas na Wild Area, já que causavam muitas destruições nas cidades acima e ocasionamente, muita perda de dinheiro. Aqui é onde o jogador irá caçar a maioria dos pokémons decentes, já que quase todos que ficam entre cidades são genericamente horríveis.

Pokémons notóriosEditar

Lendários e míticosEditar

Ver tambémEditar