Abrir menu principal

Desciclopédia β

Garçom careca

Se Solicita Mesero

Garçom careca é um dos mais competentes garçons do México, sendo que ele ganhou fama internacional ao aparecer no seriado do Chaves, trabalhando no restaurante do macarrão com pernas. Na verdade, o garçom careca nem queria muito aceitar esse emprego, afinal, ele sabia que ia ter que ficar aturando a valentona do 14 o dia todo, porém, ele estava precisando de dinheiro, para fazer um implante de cabelo, pois ele estava cansado de ficar ouvindo piadinhas sobre a sua cabeça se parecer com uma bola de boliche, ou então de ser chamado de Se Solicita, que, segundo o Chaves, significa cuca lisinha.

Antes da famaEditar

 
O garçom careca ensinando para o Chaves o real significado da expressão filosófica "Se Solicita Mesero".

Pouco se sabe sobre a origem desse honorável careca, porém, acredita-se que ele tenha nascido em Tangamandápio, sendo um dos vizinhos do Jaiminho. Como a educação em Tangamandápio é muito rígida, o garçom careca foi obrigado a aprender algum ofício desde cedo, sendo que ele escolheu a profissão de garçom, ninguém sabe porque, afinal, se em Tangamandápio mal existem pessoas, quanto mais restaurantes.

Bom, gosto não se discute, e, escolhendo o ofício de garçom, o garçom careca começou os seus treinamentos com garçons experientes. No começo, o garçom careca não levava muito jeito para a coisa, e sempre acabava usando o macarrão dos clientes como uma peruca, o que não agradava nem um pouco os seus superiores. Porém, o garçom careca não desistiu, e permaneceu firmemente nos treianementos, pois ele sabia que, algum dia, ele deixaria de ser um pereba e seria um garçom de verdade (ou não).

Assim, os ânus anos foram passando, e o garçom careca conseguiu uma experiência descomunal, sendo que ele era capaz até mesmo de equilibrar um mafagafo no topo de uma lata de Pringles. Como já estava bastante experiente, o garçom careca ganhou o seu certificado, e estava apto à trabalhar em qualquer estabelecimento comercial.

Assim, o garçom careca começou a vagar pelo mundo, do mesmo modo que fazia o Cão Arrependido. Porém, por conta da falta de experiência, o garçom careca não conseguia emprego em canto nenhum, até porque ninguém confiava em um careca com cara de cubano. Porém, depois de vagar por muito tempo, o garçom careca, enquanto passava por uma periferia do México, encontrou um estabelecimento deveras interessante, que era atestado pelo certificado de higiene da Florinda. Esse botequim restaurante se chamava Restaurante da Dona Florinda, e, por coincidência, estavam admitindo funcionários. Como não tinha nada a perder a não ser a cara, quando a Dona Florinda desse um tabefe, o garçom careca resolveu arriscar a sorte, e pediu emprego.

Quando pediu o emprego, o garçom careca nem levava muita fé de que iria conseguir a sua vaga, porém, misteriosamente, Dona Florinda lhe deu um emprego, afinal, ela precisava urgentemente de alguém para ajudá-la a tomar conta do boteco restaurante. Assim, o garçom careca conseguiu o seu primeiro emprego, e estava pronto para auxiliar a velha carcomida no que fosse necessário.


Carreira no Restaurante da Dona FlorindaEditar

 
O garçom careca disfarçando, depois de ter falado merda na frente da Dona Florinda.

Depois de ser contratado, o garçom careca, apesar do nome, não era exatamente um garçom. Ele era uma espécie de quebra-galho, sendo que, sempre que precisava fazer alguma coisa escrota, como varrer a calçada, o garçom careca era convocado. No princípio, o garçom careca nem se incomodava muito com isso, afinal, o importante é que ele estava recebendo da velha coroca, e ainda tinha os seus direitos garantidos pelo DNVR.

Porém, com o passar do tempo, o garçom careca acabou ficando com a paciência meio que esgotada, afinal, ele não aguentava mais ter que ficar ouvindo reclamações da valentona do 14. Porém, como o garçom careca não queria perder o emprego, ele não falava nada, e apenas ficava com aquela cara de mamão macho. Como Dona Florinda estava interessada apenas nos serviços do garçom careca, ela nem ligava pra isso, e fingia que nem via.

Assim a vida ia seguindo, até que, certo dia, apareceu no Restaurante da Dona Florinda um menino com cara de retardado, que era chamado de Chaves. Quando Chaves chegou no restaurante, o garçom careca estava quebrando um galho (como sempre), e estava varrendo a calçada. Ao ver tão interessante tarefa, Chaves logo perguntou por que o garçom careca estava fazendo aquilo, se ele era um garçom. Como o garçom careca estava de mau humor, e idolatrava o Capitão Sarcasmo, ele respondeu que estava testando a vassoura para ver se ela era boa para se voar até Tangamandápio. E, como Chaves é mais burro do que você, ele acreditou, e passou a acreditar que o garçom careca era algum parente da Bruxa do 71.

Depois de bater esse papo cabeça com o garçom careca, Chaves viu que, na parede do restaurante, tinha uma placa que dizia as lendárias palavras "Se Solicita Mesero". Ao ver essas palavras, Chaves logo viu que ele tinha chances de ser um verdadeiro garçom do Restaurante da Dona Florinda, e pensou em pedir um emprego. Porém, o garçom careca continuava de mau humor, e prontamente respondeu que naquela droga de restaurante apenas um idiota garçom era mais do que o suficiente. Porém, ele não conseguiu terminar os seus dizeres, afinal, ele foi interrompido pelo macarrão com pernas.

 
O garçom careca mostrando o seu novo visual de Cachinhos Dourados.

Depois de usar uma desculpa esfarrapada, o garçom careca conseguiu se livrar de tomar um tim tim tim na cara, e estava pronto para continuar as suas tarefas escravas. E assim continuou, sendo que o garçom careca ficou varrendo a calçada até que não sobrasse mais nenhum coliforme fecal na calçada, coisa extremamente complicada. Mas o garçom careca não abaixou a careca cabeça, e continuou com o seu serviço, esperando que acabasse o mais rápido possível.

Depois de algumas horas de varridas precisas, o garçom careca finalmente tinha terminado o seu serviço de quebra-galho, e foi ver se a Dona Florinda precisava de mais alguma coisa. O garçom careca pensava que iria ganhar o resto do dia livre, afinal, ele tinha gastado muita energia nas vassouradas, porém, a valentona do 14 tava pouco se lixando para os esforços do garçom careca, e simplesmente lhe deu mais serviço. Porém, dessa vez, o garçom careca não ia mais trabalhar de Severino quebra-galho, mas iria trabalhar em sua profissão de origem, que era a de garçom. Agora sim o garçom careca se animou (ou não).

 
Depois que apareceu no seriado Chaves, o garçom careca ficou bastante famoso no México, sendo que todas as crianças passaram a admirá-lo.

A primeira tarefa do garçom careca era a de servir as mesas dos clientes famintos, iniciando-se pela mesa do Seu Barriga. Como o Seu Barriga tinha um apetite deveras grande, o garçom careca teve um grande trabalho, sendo que ele teve que ficar servindo a especialidade da casa, que era o macarrão da Florinda, diversas vezes. Porém, o garçom careca não desaminou por ter que fazer mais de 8000 viagens, e continuou cumprindo a sua função.

O serviço do garçom careca ia indo muito bem, até que chegou no restaurante a multidão, que começou a pentelhá-lo durante a sua tarefa, lhe tirando toda a concentração. Como o garçom careca continuava de muito mau-humor, ele perdeu totalmente a concentração, e acabou deixando um prato do macarrão da Florinda cair, derrubando tudo na cabeça da almôndega com pernas. Na verdade, isso até que foi bom, pois o Seu Barriga ganhou alguns cabelinhos loiros, e já estava apto para fazer parte de alguma banda dos anos 80.

Depois de observar que a moda do cabelinho loiro feito de macarrão era muito boa, o garçom careca decidiu que não seria mais careca, e resolveu colocar alguns macarrões em sua cabeça também, e imaginava que assim ele finalmente conseguiria fazer sucesso com os brotos. Mas essa ideia não deu muito certo, pois a primeira mulher que apareceu, a Dona Florinda, disse que o garçom careca ficava parecendo um doente mental e ele era mesmo. Com isso, o garçom careca acabou ficando muito triste, e resolveu que iria arrumar alguma outra maneira de conseguir os seus cachinhos. Bem, ele não encontrou nenhuma maneira, mas está procurando até hoje...