Abrir menu principal

Desciclopédia β

Garota Infernal


Garota Infernal (do inglês: Bode da Jennifer) é mais um pseudo-blockbuster americano de comédia-romântica-suspense-terror que só foi assistido pela meia-dúzia de punheteiros fãs da Megan Raposa (onde inclui-se o autor deste artigo).

Jennifer's Body
Bode da Jennifer (BR)
Não tão infernal com as pernas fechadas assim
USA
2009 • cor • 666 minutos
Direção Alguém sortuda que viu a Megan Fox semi-nua um monte de vezes
Roteiro Diabo
Elenco *Megan Fox

SinopseEditar

  ATENÇÃO! O texto abaixo pode conter (ou não) um ou mais SPOILERS!

Ou seja, além de deixar o artigo com mais pressão aerodinâmica nas retas e mais estável nas curvas de alta, ele pode revelar, por exemplo, que Tua Mãe é na verdade uma Puta, ou que Policarpo Quaresma é fuzilado.

 
 
A única cena boa do filme.

O filme conta a história de Jennifer, uma gostosa líder de torcida e melhor amiga de Need Help, uma nerd estranha, esquisita e anormal, típica de ensino médio das escolas estadunidenses.

O filme começa com as duas amigas indo ver o show de Seth, do O.C., que agora tem uma banda. Esses vagabundos sequestram Jennifer, mas ao invés de fazerem coisas mais sórdidas cometem a viadagem de assassiná-la a facadas, achando que ela era virgem (MWAHAHAHAHAHA!).

Jennifer retorna do mundo dos mortos como um monstro sucubus (banda rival do Incubus) sedento por vósceras humanas. Passa o resto do filme seduzindo os rapazes virgens do colégio para estuprá-los para conseguir força e beleza (qualquer semelhança com Charmed capítulo 2X05 não é mera coincidência).

Batata Chips é o namorado sonso com S maiúsculo de Need, que muda para alguém mais macho depois que perde a virgindade. Mas vai para a vala comum de qualquer jeito.

O filme termina com a garota de Mamma Mia, etc matando Jennifer com uma facada no coração e ganhando poderes de aranha por ter sido picada por uma aranha radioativa. Sendo assim consegue fugir da prisão no final e ir matar Bon Scott, o cara que havia se beneficiado com o pacto do capeta do ritual para ganhar sucesso e dinheiro de matar a Jennifer.

CríticaEditar

O filme é bom somente pela cena de Megan e Amanda se pegando na cama. A cena das piruetas aéreas também foram muito boas mas para isso já temos Matrix.