Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.


Alerta de spoiler: O artigo pode conter alguns spoilers, tais como o fato de que

Hannah dá um chute na bunda de Adam no final.

Então leia por sua conta e risco, e não se esqueça de dar uma de Pattinson.


Gurls

Girlshbolenadum.jpg

Gênero Putaria e Drama de hipster e Millennials
Quem criou Lena Dunham
Onde passa HBO
Faixa etária Ninguém sabe
Essa série é a fantasia de toda a gorda: acreditar que pode pegar um galã bombado desses.

Cquote1.svg Você quis dizer: Plágio de Sexo e a Cidade Cquote2.svg
Google sobre Girls
Cquote1.svg Quero apagar essa imagem da minha cabeça! Cquote2.svg
Qualquer um depois de ver Lena Dunham nua
Cquote1.svg Essa série é uma bosta. Cquote2.svg
Capitão Óbvio sobre Girls
Cquote1.svg Amo demais essa série! Fala tanto de mim! Cquote2.svg
Guria retardada sobre Girls
Cquote1.svg Lena Dunham é a maior inspiração! Cquote2.svg
Gorda sobre a protagonista anta de Girls
Cquote1.svg Porque todo o mundo está nu a toda a hora nessa série?? Cquote2.svg
Eu sobre Girls
Cquote1.svg Nem dá pra bater assistindo isso. Cquote2.svg
Punheteiro sobre Girls
Cquote1.svg É só putedo, senhor Alfredo. Cquote2.svg
Português sobre Girls


Girls (ou Moças ou Gurias em português, para você que é burro) foi uma série de televisão estadunidense da Década de 2010, plágio autêntico de Sex and the City , mas com garotas mais jovens, mas ainda brancas, ricas, à caça de homem rico, com melhores amigos gays, feministas, mas sem carreira ou dinheiro, vivendo às custas do dinheiro dos papais, e numa competição sobre qual é a pior, mais odiada e mais irritante personagem da série (no fundo são todas).

No fundo, essa série foi só uma desculpa para a baranga gorda e filha de papais ricos, Lena Dunham, como boa feminista aparecer nua, humilhar atrizes mais gostosas e pegar Adam Driver, satisfazendo sua necessidade por atenção e virar subcelebridade.

Onde se Passa?Editar

Brooklyn em Nova Iorque. Se ainda não entendeu: isso é um plágio de Sex and the City mas na fantasia monstruosa sexual da patty gorda Lena Dunham.

PersonagensEditar

Personagens PrincipaisEditar

Hannah HorvathEditar

 
O figurino habitual de Hannah.

É a protagonista dessa porra e uma versão gorda e ainda mais irritante e enche-saco de Carrie Bradshaw, sendo uma das piores personagens de sempre, não tendo um único traço de redenção. Com major em Literatura, é uma aspirante a escritora, mas nunca escreve porra nenhuma e quando escreve é tudo autobiográfico porque acredita que sua vida é muito interessante e espetacular e acha mesmo que alguém está interessado em ler essa bosta. Miraculosamente ganha a oportunidade de lançar seu próprio livro mas quando o editor morre não tem vergonha na cara e ainda pergunta para a víuva do cara se isso vai comprometer o lançamento do seu livro. É uma clássica guria retardada, egoísta, falsa e psicopata, que está cagando e andando para os outros (inclusive para as próprias supostas melhores amigas), mas banca a dramática sempre que as coisas não correm do seu jeito (diga-se quando a vida das amigas está melhor do que a dela, porque no fundo tem inveja delas). É uma completa attwhore e todas as atenções têm de estar sempre nela em todos os momentos: mesmo quando há drama na vida de suas amigas, tudo tem de girar em torno de Hannah, a toda a hora. No fundo, ela não tem jeito para nada nem vale porra nenhuma, não conseguindo manter um emprego porque é uma irresponsável mimada, filha de papais ricos (a quem trata como lixo) que sempre foi habituada a receber tudo de bandeja. Se acha a última coca-cola do deserto e nunca aceita críticas: em vez de melhorar, arma barraco. Tal como boa emo hipster, sofre de retardamento mental, pagando pau pra Transtorno obsessivo-compulsivo e ninfomaníaca, com suas ações beirando a tentativa de estrupo de pessoas alheias. É preguiçosa pra caralho, preferindo passar o dia enchendo a cara e levando na bunda do que contribuindo para a sociedade.

 
Lena Dunham achando que alguém quer ver isso.

Vive obcecada em pegar o bombado Adam Sackler que, no início, está cagando e andando para ela, vivendo transando com outras vadias gurias. Mas como isso é uma fantasia de Dunham, o cara depois vira obcecado por ela e vive a perseguindo. Quando ele finalmente começa namorando outras, Hannah não descansa enquanto ele não volta pra ela, chegando a humilhar até sua amiga Jessa por namorar o cara. No fim, Adam aceita até criar o filho de Hannah (que nem é dele) mas ela dá o chute na bunda dele, de qualquer maneira. Apesar de ser gorda e baranga, feia pra caralho, e com uma personalidade escrota e irritante, por alguma motivo inexplicável tá, o motivo é a fantasia sexual de Dunham, muitos caras (e todos bombados e gostosões) querem transar com ela, vivendo rodeada de galãs que nunca olharia para uma guria dessas na vida real.

Marnie MichaelsEditar

 
Marnie demonstrando toda a sua simpatia.

A tentativa de Miranda Hobbes, mas em versão gostosa e com uma personalidade escrota mil vezes pior. É a colega de casa de Hannah, sendo quem banca as despesas enquanto a sua "amiga" se recusa a encontrar um emprego. Narcissista, duas-caras, arrogante e psicopata, se acha a última coca-cola do deserto e que vai ser a próxima celebridade do mundo da música (apesar de não ter talento nenhum). É uma autêntica alpinista social, só se importando com fama, dinheiro e caçar homem rico para dar o golpe do baú e subir na carreira: acaba com seu namorado Charlie só porque ele é pobre e não a beneficia de modo algum mas depois quer voltar para ele quando o cara fica rico (e ainda vai cantar uma cover de Kanye West que ninguém pediu para a celebração dele). Transa com um cara rico e influente só para ter acesso ao seu círculo social e lançar sua carreira musical, o que dá merda. Depois ainda vai transar com o ex-namorado de Shoshanna, Ray, mas dá o chute na bunda do cara porque também é pobre. No fundo, apenas Charlie e Ray se interessaram verdadeiramente por ela, mas ela deu o fora porque não dava para dar o golpe. Ela dá até a bunda só para conseguir dar o golpe (o que nunca acontece e sempre se ferra). Eventualmente caça se casa com Desi, seu parceiro musical e com quem começou transando quando o cara ainda era comprometido, mas isso dá merda bem rápido.

 
Marnie faz de tudo só para subir na carreira.

Sedenta por atenção, quer controlar sempre todos os acontecimentos e acha que o mundo gira à volta dela, sendo uma iludida do pior. Egocêntrica, adora humilhar e manipular as pessoas a fazer o que ela quer e quer manda em tudo e em todos. É tão escrota que pensa que todo o mundo a acha espetacular e muito talentosa, que todos têm inveja dela, quando na realidade é o oposto e todos os personagens secretamente a odeiam (até suas supostas amigas). Tal como Hannah, também banca a dramática sempre as coisas não correm do jeito que ela quer (que é sempre). Só ganha vergonha na cara quando percebe que nunca conseguirá dar o golpe em nenhum cara porque rico não quer nada com a laia dela. Depois de deixar de ser iludida, acaba como pau-mandado de Hannah (de novo), ajudando-a a cuidar do filho.

Jessa JohanssonEditar

 
Jessa sendo a vadia que é.

É a Samantha Jones dessa bosta mas sem o dinheiro e a carreira de sucesso, fazendo dela uma vadia ridícula que vive dando pra todo mundo, inclusive homens casados, chegando mesmo a acabar com o casamento alheio. É prima britânica de Shoshanna, que, coitada, tem de viver com o trauma de ter essa anta na família e ainda pagar as despesas dela quando o dinheiro acaba. Tal como Samantha, também vive colecionando casos de sexo casual, sendo outro claro exemplo de "todos comem mas ninguém assume" (excepto quando casa com um cara que não conhece só para chocar as amigas). Sedenta por atenção, egoísta, arrogante, cruel e piriguete, está cagando e andando para os outros, só pensando em si mesma e naquilo que quer, não importa as consequências de suas ações nem se vai magoar os outros. Se diz feminista mas acha que o estrupo e DSTs são mara, sendo uma completa retardada mental.

 
Jessa, como hipster que é, sempre se veste de modo ridículo.

Vem de família rica e por isso pode se dar ao luxo de ser uma hipster que vive viajando pelo mundo em vez de arranjar um emprego e contribuir para a sociedade. Ela está cagando para isso: Jessa quer é drogas (como cocaína e heroína), tomar porre, ir a festas hipsters e dar pra todos os caras. Sem escrúpulos, se aproveita dos caras, das amigas e da prima para financiar seu estilo de vida "boémio" e festivo, se recusando a trabalhar e ganhar seu próprio dinheiro para bancar suas próprias despesas e nem agradece. Só ganha vergonha na cara quando a ex-mulher do cara a quem ela destruiu o casamento lhe diz umas verdades e vai para a reabilitação, mas nem isso ela consegue levar a sério.

Eventualmente começa uma relação com Adam Sackler e Hannah banca a dramática, apesar dos dois já não estarem juntos à muito tempo, mas ainda assim Jessa e Adam passam seu tempo ou transando ou discutindo sobre Hannah porque Dumham tem de fazer tudo acerca da sua personagem. Ainda assim, começa cagando para Hannah e sua necessidade de atenção, porque são duas narcissistas que ninguém sabe como e porquê se tornaram amigas em primeiro lugar. Quando a irmã de Adam desaparece, a personalidade escrota de Jessa se revela de novo, recusando a dar a mínima sobre isso e a cuidar do bebé, querendo ser o centro das atenções, como habitual. Depois de todo o mundo perceber a anta que ela é e se recusarem a continuar financiando suas futilidades, Jessa vai embora de Nova Iorque, regressando para o buraco de onde veio.

Shoshanna ShapiroEditar

 
Shoshanna e o seu gosto por penteados esquisitões.

É suposto ser a versão da Charlotte York dessa porra mas só está ali por estar e para ser "kawaii", "fofa" e meio infantilizada, com tiques nervosos meio retardados e que sofre de ansiedade social, acabando por dizer bostas constrangedoras em momentos inoportunos. Começa a série como virgem (até começar namorando Ray), meio boba, tão inocente que beira o ridículo e está sempre sendo cagada em cima e manipulada pelas outras três personagens, que supostamente são suas melhores amigas mas não dão a mínima pra Shoshanna: estando constantemente a pedir dinheiro pra ela, boleia, falando na frente dela como se ela não estivesse lá e até mesmo Hannah chega a transar com Adam na frente dela e Marnie pega seu namorado. Todo o mundo tende a subestimá-la, apesar de ser talentosa e ser uma das poucas personagens da série que sabe o que quer da vida, se esforçando para ter boas notas e terminar a Faculdade. Um dia, Shoshanna explode e diz umas verdades nas caras das gurias, que a acusam de ser "aborrecida" porque só se preocupa com "coisas de adulto" em vez de futilidades.

Eventualmente se muda para o Japão para trabalhar e conhece um cara aleatório chamado Byron, de quem fica noiva, mas quando regressam para Nova Iorque o noivado acaba rápido. Shoshanna, que entretanto cresceu mentalmente, está criando sua própria carreira e fez novas amizades com adultos responsáveis, finalmente acorda pra vida e decide que não está mais para aturar as três narcissistas imaturas a que chama "melhores amigas" e que não passam de umas falhadas miseráveis que nunca chegarão a lado nenhum na vida e só querem viver às custas dela e decide terminar a amizade, cortando relações com as vadias (que ficam olhando para ela com cara de cu).

Outros PersonagensEditar

 
O figurino habitual de Adam.
  • Adam Sackler: É o eye-candy da série, e em que Adam Driver deve ter assinado algum contrato que o obriga a estar despido em quase todas as cenas em que entra. Aspirante a ator, começou a série como um pervertido imbecil da pior espécie, só usando Hannah para o sexo vá-se lá saber porquê e satisfazer suas fantasias sexuais absurdas e saídas de filme pornô. Eventualmente começa uma relação séria com ela e torna-se obcecado pela gorda, tendo ela mesmo de chamar a polícia para ele manter a distância. Sempre que ele caga em Hannah, ela vai correndo atrás dele para o ter de volta. Excêntrico, escroto, impulsivo e narcissista, não pensa duas vezes antes de fazer bosta e tem constantes ataques de raiva, agindo como um bebé chorão em esteróides quando as coisas não correm como ele quer. Eventualmente, ganha maturidade e responsabilidade, começando a preocupar-se mais com os outros do que com ele mesmo, especialmente com a sua irmã louca que só faz merda.
  • Raymond "Ray" Ploshansky: É o primeiro namorado de Shoshanna e melhor amigo de Charlie, que começou a série como um trouxa idiota e imbecil da pior espécie. Eventualmente acaba por tornar-se um adulto maduro e responsável, revelando ser um cara bonzinho mas que acaba se apaixona pela cabra insuportável Marnie (que está cagando e andando para ele).
  • Elijah Krantz: O melhor amigo gay de Hannah com personalidade igual a Marnie;
  • Desi Harperin: Músico de terceira categoria, é o cara em quem Marnie tenta dar o golpe casa mas dá merda quando ela descobre das traições dele, apesar do cara já ter traído sua antiga namorada para pegar Marnie. É um autêntico bebé chorão. cafajeste, narcissista, mentiroso compulsivo e manipulador emocional (não que Marnie mereça melhor do que essa bosta). Adora fazer o papel de vítima sempre que é apanhado nas suas artimanhas.
  • Loreen Horvarth: A mãe de Hannah que vira maconheira depois de descobrir que o marido é viado;
  • Tad Horvath: O pai gay de Hannah;
  • Laird Schlesinger: Vizinho de Hannah e drogado em recuperação, apesar de ainda trabalhar como dealer. Acaba ficando com a irmã doida de Adam, Caroline, com quem tem uma filha e depois é abandonado;
  • Thomas-John: O cara que aceitou casar com Jessa mesmo só a ter conhecido quando estava a tentar convencê-la e a Marnie a fazer uma ménage a trois.
  • Nathalia: A ex-namorada gostosa de Adam a quem ele deixa para voltar para Hannah (outra vez a fantasia sexual de Dunham a funcionar);
  • Charlie Dattolo: O ex-namorado de Marnie em quem ela dá um chute na bunda por ser pobre mas depois quer o cara de volta quando ele regressa a Nova Iorque rico;
  • Jasper: O amigo drogado de Jessa, mas com idade para ser pai dela, mas nem isso a impediu de transar com ele. Conheceram-se na reabilitação, mas o cara logo ofereceu mais droga para ela, fazendo com que estragasse sua vida de novo.
  • Dill Harcourt: O gay rico e apresentador de televisão que Elijah andava pegando mas que só se queria aproveitar das fantasias dos cara mais novos (Elijah queria o mesmo dos caras mais velhos por isso estavam bem um para o outro);
  • Caroline Sackler: A irmã papo de doido, completamente louca tresloucada que acredita em teorias da conspiração, de Adam. Seu passatempo favorito é encher o saco e arruinar a vida de todo o mundo em seu redor. Eventualmente abandona o namorado e a filha por razão nenhuma, deixando Adam para limpar a sujeira.

AfiliadosEditar