Abrir menu principal

Desciclopédia β

Go Back

Aqui tá explicado que é para você voltar a dormir. Faz mais sentido que ir para trás.

Go Back em português (Vamos fumar um Back) é uma das músicas da banda latino-americana de pseudo-rock-pop, Titãs. A música fala sobre um cara que já está cansado das prostitutas dele e começa a falar baboseiras sem sentido por causa disso, obviamente eles estavam fumando um Back tenso para criar a música e a única explicação para o nome da música é essa já que ir para trás não faz sentido nenhum e eles criaram a música na época em que alguns membros iam presos por portar drogas (principalmente Backs), mas outra explicação era que ás 4:20 Paulo Miklos falava: “Deu o horário! Go Back.” E nesse meio tempo eles criaram a música o que obviamente já tava decidido o nome.

Índice

Divisão em três partesEditar

A música é dividida em três partes: Falando mal da putinha, O Refrão e por ultimo o momento da erva.

Falando mal da putinhaEditar

Nessa parte ele mostra insatisfação, quando a puta dele não paga um boquete no cinema (mesmo ele pagando), mas isso muda quando chega a madrugada é ai que ele fica empolgado por ela começar a trabalhar e então tudo ficou melhor a partir dai.

Você me chama
Eu quero ir pro cinema
Você reclama
Meu coração não contenta
Você me ama
Mas de repente
A madrugada mudou
E certamente
Aquele trem já passou
Se passou, passou
Daqui pra melhor
Foi!

RefrãoEditar

Aqui quando já está selecionando as amantes dele fica aquela dúvida, aí então ele seleciona as que podem dar certo e sem perda de tempo.

Só quero saber
Do que pode dar certo
Não tenho tempo a perder
Só quero saber
Do que pode dar certo
Não tenho tempo a perder...(2x)

Momento da ervaEditar

Ai no final da foda ele usa umas drogas e começa a falar um monte de besteiras sem sentido algum.

-"Não é o meu país
É uma sombra que pende
Concreta
Do meu nariz em linha reta
Não é minha cidade
É um sistema que invento
Me transforma
E que acrescento
À minha idade
Nem é o nosso amor
É a memória que suja
A história que enferruja
O que passou
Não é você
Nem sou mais eu
Adeus meu bem
Adeus! Adeus!
Você mudou, mudei também
Adeus amor! Adeus!
E vem!"

Ver tambémEditar