Abrir menu principal

Desciclopédia β

Gordianos I, II e III

Romanopre.jpg ROMANI ITE DOMVM!!!

HÆC ARTICVLVS ROMANVM EST. LATIM LOQVÆBITVR. NON INTERLEGIT? HVMORIS PRIVATVS NON EST. MVITISSIMVS ENGRAÇATVS! SED ROLA MEAM VADE MAMARE! VADE FŒDERE CVM PORRIBVS NOSTRVM.

Spqrpre.jpg


ESTE ARTIGO ESTÁ OBESO
No soy guerdo, tengo la ossatura larga!

Este artigo ficou grande demais, mas é normal visto que ele é GORDO e gordura é saúde e fartura!


Houve três imperadores que se chamavam Gordiano. Isso dá um especial problema porque apenas Gordiano III era o oficial. Ou seria o contrário? Dado sua extrema irrelevância na história do Império Romano, eles não merecem artigos completos. Nessas horas que é melhor ser a Desciclopédia que a Wikipédia, vejam, no afã de fazer artigos de tudo, a Wiki tem aquels artigos medíocres, chupinhados de qualquer livreto de nada sobre gente que absolutamente não tem importância nenhuma. Ja a DP não! A DP tem muito mais flexibilidade e só trata de pessoas realmente significativas na História, como Geisy Arruda e o Velhinho que Comeu e não Pagou.

Os imperadores Gordianos sempre tiveram um problema extra a resolver no Império, que era seu nome. Literalmente em latim, CU GORDO, Gordis ânus.

Gordiano IEditar

 
Dado a sua magnificência e importância para a História Romana, este Busto de Gordiano I foi construído em sua eterna memória

  Dou 1.000.000 em barras de ouro que valem mais que denários para cada cidadão romano para ser eleito imperador  
Gordiano I

O esquema era bem conhecido. Matava-se o antigo imperador, e um senador ricaço assumia, subornando o Senado, e sendo sucedido por um general que se revoltava para vingar a morte do antigo imperador vingado, e depois era assassinado por alguém, e um senador ricaço assumia e assim vai... Não havia tédio, e os comentaristas políticos viviam ocupados.

Assim fez Gordiano I, e era assim que funcionava. Assim era o modo romano. E o Império ia tocando. Alguns diziam que a sucessão era tão rápida que lembrava até os mandatos da velha República Romana, a diferença que o ex-governante não ficava no Senado enchendo o saco, mas ia direto para o concílio dos deuses.

Gordiano IIEditar

 
Dado a magnificência e importância para a História Romana, este Busto de Gordiano II foi construído fazendo mais um risquinho em Gordiano I

  É fogo... nós literalmente damos a vida para manter o império, no meio de soldados hostis prontos para chutar nossas colunas, ai vem um cara em segurança e paz dois mil anos depois e diz que somos irrelevantes, que não merecemos artigos nem seriedade. Insultante! Simplesmente insultante! Foi para isso que morremos em conspirações palacianas? Fala Sério!  
Gordiano II sobre Desciclopédia

Não há nada aqui a ser visto! Circulando, circulando!!!

Gordiano IIIEditar

 
Dado a magnificência e importância para a História Romana, este Busto de Gordiano III foi construído fazendo mais um risquinho em Gordiano II

  Porque o terceiro sempre é melhor!!!  
Gordiano III sobre si mesmo

  Primeiro na buceta, depois no cu, depois na boquinha  
Frase incompreensível escrita no Fórum Romano depois da ascensão de Gordiano III. Quem escreveu tinha problemas

Finalmente, Gordiano III matou seu antecessor e virou imperador. Este foi o que prestava. Assim que chegou ao trono decretou que Gordiano I e Gordiano II eram oficiais. E foi para a Guerra Civil

Gordiano enfrentou a sublevação do general Manuelis, o lusitano que sublevou toda Lusitânia, sendo vencido apenas sendo assassinado pelos seus tribunos que receberam de Gordiano 1000 kg de bacalhau de Thule.

Enfrentou também a grande revolta dos cossacos na Samártia o que rendeu o seu famoso comentário Dançae cossacus, qvi non dançat ficaribis cum sacvs foram aproveitada pelo lendário Luís Gonzaga em seu Forró: Na dança do cossaco quem não dança vai ficar com saco fora

Sua grande luta foi contra Filipe Árabe que no Oriente se proclamou imperador. A luta foi selvagem. Filipe Árabe mandou vários janízaros com tapetes voadores atacar as legiões de Gordiano.

Precedido por
Maximino Trácio
 
Imperador Romano

249 - 251
Sucedido por
Filipe Árabe



Imperadores Romanos

Júlio-Claudianos
Otávio AugustoTibérioCalígulaCláudioNero

Guerra Civil e Flávios
GalbaÓtonVitélioVespasianoTitoDomiciano

Antoninos
NervaTrajanoAdrianoAntonino PioMarco AurélioCômodo

Severos
PertinaxDídio JulianoSétimo SeveroCaracalaMacrinoHeliogábaloAlexandre Severo

Zorra Total ou Quem der mais leva
Maximino TrácioGordianos (I, II e III)Filipe ÁrabeDécioTreboniano GaloValerianoGalienoCláudio II GóticoAurelianoProboCaroCarino

Tetrarquia e Constaninianos ou Agora somos cristãos, Amém!
DioclecianoConstantino MagnoConstantino IIConstanteMagnêncioConstâncio IIJuliano ApóstataJoviano

Valentinianos e Teodosianos ou Corra que os bárbaros vêm ai
Valentiniano IValenteValentiniano IITeodósio MagnoHonórioConstantino IIIValentiniano IIIPetrônio MáximoÁvitoMajorianoLíbio SeveroAntêmioOlíbrioGlicérioJúlio NeposRômulo Augustulo