Abrir menu principal

Desciclopédia β

Gritinho

Exercício de autocontrole.

Gritinho poderia ser o mesmo que grito, mas não: Gritinho é IRRITANTEMENTE agudo e bem agudo. Cubra rapidamente os ouvidos e nenhum gritinho poderá te pegar, mas se tem que estar com muita frequência perto de onde os gritinhos saem, faça uma pelotinha de algodão e se previna: Use ele a maior parte do tempo. Não se sabe como é possível que as cordas vocais de alguém suporta isso sem arrebentar, mas os tímpanos de quem ouve podem e devem ser preservados.

De onde vem issoEditar

Você não sabe porque nem como, mas gritinhos saem de bocas que nem deveriam dar um gritinho tão agudo: Mulheres que seja, certo, as vozes delas em maioria são soprano, mas uma coisa é um grito fino, outra é um gritinho horrivelmente agudo. Nem todas as crianças dão gritos assim, que deveriam ser dos mais agudos, mas há mulheres que passam da adolescência soltando os gritinhos. Os gritos podem ser bem úteis no caso de estarem gosando para pedir socorro e elas devem gritar mesmo, mas os gritinhos são insuportáveis para qualquer tímpano e não sei como os próprios ouvidinhos de quem solta o gritinho consegue aguentar.

 
Desesperado fugindo de gritinhos.

Pior de tudo, crianças é compreensivo, mulheres é tolerável, mas existem cuecas que soltam gritinhos agudos, se achava que não era possível, sorte sua de não ter escutado isso ainda. a visão é das piores, um cara dando gritinhos agudos, além de agredir os ouvidos, ainda agride os olhos, o bom senso, a noção do ridículo...

Não se pode mandar porrada em um ser desses, primeiro porque podem aumentar os gritinhos, segundo porque dá dó... Dos próprios ouvidos.

Apenas fixe o olhar na figura, sempre com as mãos nos ouvidos, por mais que você procure entender não irá conseguir. Para o seu azar essa criatura pode ser seu amigo, seu primo ou até mesmo seu irmão, mas amigo é pior do que parentes, porque há coisas que você gosta nesse zé ruela, mas o pacote vem completo, inclusive com os ataques agudos. Nesse último caso, além dos seus ouvidos, dependendo de onde estiver, ainda tem que passar vergonha, dar risadinhas amarelas e balançar a cabeça pra quem olha.

Garganta possanteEditar

 
Achou que não podia piorar?
 
Duvida que não saiu um rugido e sim um maldito gritinho? Olhe a cara do pobre animal que está perto.
 
Depois dessa, tchau.

Desconfia-se que as cordas vocais e todo o aparelho fonador dessas pessoas não seja desse mundo, embora você possa estar bem diante de seus olhos uma criatura que parece mesmo um primatinha comum, mesmo excêntrico, há quem diga que seres assim possuem uma ascendência extraterrena.

Sei... Sei bem a ascendência desses seres, é bem na Terra: Eles descendem em parte de araponga, maritaca, gralha, galinha(das bem doidas), daqueles cachorrinhos irritantes , gatos dos mais escandalosos.

Essa sim deve ser a herança vocal desses seres. Coisas bem desse planeta, embora a mãe Terra não tenha orgulho disso, mas eles também fazem parte da fauna. Além da extratosfera não se sabe se existem seres que podem chegar até aqui, nada se comprova, mas os gritinhos são capazes de alcançar essas alturas e espantar algum E.T. que tenha pensado em aterrissar.


Ver também mas não ouvirEditar

v d e h
Formas animalescas de comunicação que não são funk
Arroto - Assobio - Balido - Bocejo - Cacarejo - Canto - Coaxar - Crocito - Ganido - Gargalhada - Gemido - Gritinho - Grito - Grunhido - Ladainha - Latido - Miado - Mugido - Piu - Relincho - Rugido - Uivo - Voz - Zumbido - Zurrado