Abrir menu principal

Desciclopédia β

Guta

Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
Vou te pegar!
NHAC!
Este artigo é do Pantanal!
É mió ocê nun fazê nenhuma bagunça aqui, ou a Juma pode virá onça. Vai se deitá cum a Guta no lago, ou brincá de buneca com o Joventino. Agora vamo mudá u rumu dessa prosa...
Guta fazendo um cowboy peãozinho de merda ficar doidão...

Guta é o nome de uma pantaneira que segundo as teorias Olavianas representaria a morte da moral e dos bons costumes.

No entanto, há controvérsias quanto a isso, uma vez que a mesma parece não ter feito nada demais, ao contrário do Seu Tenório, que resolveu ter duas muié para tirar o atraso.

Editar

 
Antigamente, as novelas eram assim

A Guta não acredita em casamento e acha que esta instituição é falida, além de não achar pecado se apaixonar pelo próprio irmão.

Há teorias de que para esquecer o cara, ela teria se envolvido com o "boneca" Joventino, que ao contrário do que se imaginava, resolveu cortar para o lado da onça Juma Marruá.

Além disso, segundo as bocas pequenas das piranhas, ela estaria tendo caso com todo e qualquer homem, sendo que ela seria pior do que as putas da vida, coisa que infelizmente não foi confirmada com sucesso pelos descíclopes.

Um dos mais invejosos era o Alcides, que na falta do que fazer, resolveu comer a mãe dela para tirar o atraso, ainda que isto possa te causar (ou não) a sua castração.

Como escapar da Guta?Editar

Não há meios de escapar de uma tentação como a Guta. Tudo o que você pode fazer é bater punheta correr pra caralho e ser chamado de flozô pro resto de sua vida.

Este artigo é um esboço, como os livros de Paulo Coelho.
Você pode ajudar a Desciclopédia se rabiscá-lo ainda mais.