Abrir menu principal

Desciclopédia β

Halloween 2 - O Pesadelo Continua

Night creature.JPG Halloween 2 - O Pesadelo Continua surgiu das trevas!!

Of DOOOOOOOOOM!!!

Puro osso.gif


Myers ao chegar no hospital.

Cquote1.png Você quis dizer: Halloween - A Noite do Terror Cquote2.png
Google sobre Halloween 2 - O Pesadelo Continua
Cquote1.png Porra, esse desgraçado não morre nunca! Eu disse que era melhor usarmos um Falcon Punch. Cquote2.png
Dr. Loomis sobre Michael Myers estar vivo depois de 30 tiros no coração em Halloween II - O Pesadelo Continua
Cquote1.png Morra, Myers! HIHIHEHEHEHEHEHAHAHAHAHAHAHAHAHA! Cquote2.png
Saga de Gêmeos sobre Halloween 2 - O Pesadelo Continua
Cquote1.png Que final artístico, hm! Cquote2.png
Deidara sobre Halloween II - O Pesadelo Continua
Cquote1.png ... Cquote2.png
Michael Myers sobre Halloween II - O Pesadelo Continua

Halloween II - O Pesadelo Continua é o segundo filme da famosa franquia iniciada na época que tua avó ainda era virgem. Apesar de ser o segundo filme da série, podemos considerá-lo como sendo o último, pois foi a única coisa que presta feita depois do primeiro. Teve um remake (na verdade, não dá pra chamar aquela merda de remake) em 2009 chamado "Halloween 2", mas ficou um lixo, como era de se esperar. Antecedeu o filme Halloween III - A Noite das Bruxas, porém esse último só tentou embarcar na fama da série, e de Halloween só tem o nome, pois sua história passa mais longe da série original do que um funkeiro passa de um livro.

SinopseEditar

A história do filme tem início após o Dr. Loomis salvar Jamie Lee Curtis Laurie Strode de seu irmão pervertido que morre de tesão amores por ela, Michael Myers, metendo-lhe chumbo no meio do estômago, fazendo-o cair janela abaixo. Milagrosamente, Michael Myers sobrevive, fato que lhe garantiu um lugar privilegiado entre os maiores ícones imortais no mundo dos serial killers, ao lado de Freddy Krueger, Jason Voorhees e Pinhead.

 
A velha dos bobs da qual Myers roubou uma faca.

Após sobreviver, Michael Myers se manda do local, percebendo que a coisa tava preta, porém, desaparecendo com a morte de vários adolescentes burros em seu maravilhoso currículo. Dr. Loomis inicia uma perseguição inútil ao lado da polícia local por Myers, mas os policiais não passavam de obesos comedores de rosquinhas, portanto, não adiantou muito. Enquanto, Michael invade a casa de uma velha coroca com bobs na cabeça e rouba uma faca enquanto a mesma vai levar um sanduíche de presunto para seu marido, que provavelmente já tinha morrido de infarto no sofá, mas cujo qual a velha insistia que estava apenas dormindo. Vendo que era questão de pouco tempo até a velha morrer de causas naturais, Myers apenas sai do lugar carregando a faca. Para compensar a vida da velha, Myers vai até a vizinha gostosa da mesma e a esfaqueia para desestressar.

 
O pobre Dr. Han Chucrutes, uma das infelizes vítimas de Myers, tendo que dizer adeus ao seu sonho de aparecer em mais de um episódio.

Enquanto isso acontece, Laurie Strode, que estava traumatizada, foi levada para o hospício hospital local. A partir daí, nos é apresentado o maior clichê existente na série Halloween, composto por 3 itens básicos:

1 - Michael persegue Laurie (ou alguém que tenha alguma relação com ela).

2 - Dr. Loomis tenta capturar Michael.

3 - Um monte de adolescente e personagens coadjuvantes são assassinados durante o processo todo.

Logo, obcecado como de costume, Michael vai em busca de sua amada vítima no hospital, deixando uma série de enfermeiras, médicos (e adolescentes) mortos pelo caminho, entre eles celebridades como Dr. Hans Chucrutes, que estava no local gravando sua próxima aparição no Show do Pica-Pau, o que explica por que ele apareceu apenas em um único episódio durante a série animada toda.

Após uma série de mortes, sexo (do contrário não seria um filme de terror), encheção de linguiça, perseguições, brutalidades, sangue, morte, caixões, facadas e berros, Michael Myers finalmente confronta Laurie Strode e Dr. Loomis. Após ter expulsado Strode de sua cena, Dr. Samuel Loomis, num ato heroico, acende uma dinamite, dando origem a uma enorme explosão num ataque Kamikaze, pondo supostamente um fim em Myers.

Em filmes posteriores, sabe-se que tanto Myers como Loomis sobreviveram, pra variar.

CuriosidadesEditar

 
Uma das enfermeiras encontradas no hospital ao longo do filme.
  • No segundo filme da série, assim como no primeiro, devido a falta de dinheiro para pagar um figurinista, os atores iam para o set de filmagens com roupas de casa mesmo. Vale ressaltar que ambos os filmes, dentro da série, se passam no mesmo dia, mas também pela falta de dinheiro para fazer tudo de uma vez só, os diretores tiveram de dividir o filme em duas partes.
 
O poser imbecil que estava tentando se pagar de Myers e morreu atropelado de forma patética. Quem dera se todos os posers terminassem assim...
  • Aos 17 minutos do filme, acontece uma cena digna de um filme Trash: confundido com o assassino devido a máscara, um anônimo azarado é perseguido por Loomis, e ao tentar fugir para o meio da estrada, o infeliz é atropelado por um carro policial e morre queimado de uma forma ridícula. É talvez a cena mais tosca de toda a série.
  • O hospital para o qual Laurie Strode foi levada era o famoso Alchemilla Hospital de Silent Hill. Uma prova disso é que curiosamente, o hospital estava completamente vazio, sendo Laurie a única paciente, e com os funcionários trabalhando lá só para ter mais gente para Myers matar.
  • Uma morte notável no filme foi a de uma enfermeira gostosa (ela estava nua, ou seja, era um alvo fácil para os nerds punheteiros) afogada numa banheira de água fervendo, que ficou com a cara cheia de bolhas pútridas e gosmentas. Tal imagem lembra muito as Bubble Head Nurses, também de Silent Hill. Especula-se que que todas as Nurses presentes nos games, foram na verdade vítimas feitas por Michael Myers, e desde então, passaram a assombrar a consciência dos protagonistas de Silent Hill.

Ver tambémEditar


v d e h
All Hallow's Eve... Doces ou travessuras?