Abrir menu principal

Desciclopédia β

Hard Time

Virtualgame.jpg Hard Time é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, um tanque com metralhadora fuzila um monte de soldados.


Cquote1.png Você quis dizer: The Sims da prisão Cquote2.png
Google sobre Hard Time
Cquote1.png Você quis dizer: Prison Life Mod do GTA V Cquote2.png
Google sobre Hard Time

Tempo quente
Hard-Time-Prison-Sim-2.jpg

Faça o que puder para não ser estuprado em uma prisão federal.

Informações
Desenvolvedor PCC
Publicador CV
Ano 2 de outubro de 1992 durante o massacre do Carandiru
Gênero Simulador de cagar no boi.
Plataformas PC e Android (Sendo que a versão para Android é ainda mais ridícularmente realista.)
Avaliação Tomate podre
Idade para jogar 69

Nesse jogo você simula ser um menor infrator que vai passar alguns dias no xilindró.

Pensar positivo é fundamental para não enlouquecer na prisão.

HistóriaEditar

O jogo começa com você criando seu personagem, você pode personaliza-lo o quanto você quiser e pode até mesmo escolher que tipo de crime ele cometeu, existe todo tipo de corte de cabelo e acessório para o seu personagem usar, o que faz com que você possa criar até mesmo um travesti barbudo. A aparência e as características dos seus companheiros no xadrez são geradas de forma procedural.

Depois de criar seu personagem você aparece no tribunal e o juiz te condena a passar um tempo na prisão, depois você aparece na prisão junto com o policial e ele te pede para você ir para sua cela, e é aí que sua aventura na cadeia começa. Ninguém sabe o que acontece quando você completa a sentença, já que os otários que jogaram esse jogo ou não tiveram saco para completar a sentença ou morreram antes de completar a sentença, mas provavelmente o jogo acaba com o seu advogando entrando com um habeas corpus e livrando sua cara para você voltar as ruas e cometer crimes novamente, mas isso já é para outro jogo.

Durante sua estadia na prisão, esteja atento aos sinais do apocalipse, por exemplo, quando o sinal da comida tocar, você deve ir ao refeitório para comer, e como você sabe, a prisão é bem desorganizada, e provavelmente quando você chegar lá vai ter gente se batendo, é fácil você encontrar uma arma no chão para se defender, mas por mais que você espanque os vagabundos com a melhor arma que você tiver, eles custam para morrer, até mesmo se você atirar na cara deles com a arma de algum guarda.

A prisão é um lixo, armas brancas como machadinhas e facas ficam espalhadas pelo chão, tem poucos guardas, um preso vive socando o outro sem motivo nenhum, dando a impressão de que esse presídio na verdade fica no Bostil. Sempre que você arrumar confusão, o guardinha que estiver por perto vai se aproximar para botar ordem no local, apesar de que esse tipo de situação sempre gera uma pancadaria generalizada e o caos toma conta do local, presos irão começar a agredir policiais, policiais irão agredir presos, presos irão agredir presos, policiais irão agredir policiais, e você sempre sairá no prejuízo.

GanguesEditar

O jogo tem algumas gangues que você pode se juntar, as vezes os membros da sua gangue te protegem, mas quase sempre você só tem de ficar fazendo favores para eles.

  • The Suns of God - Uns carecas skinheads nazistas, você só pode se juntar a eles se for branco.
  • The Avatars of Allah - Uma gangue composta pelos presos na Operação Hashtag, é basicamente a Al-Qaeda do jogo, usam turbantes e estão sempre tentando fazer atentados na prisão.
  • The Dark Side - Uns negões black power saradões, cuidado com eles quando for usar o sabonete no banheiro.
  • The Powers That Be - Nerdões barra pesada que usam gravatas roxas, basta ser inteligente para se juntar a eles, embora todo mundo naquela prisão tenha o QI de uma porta.
  • The Gladiators - Um pessoal que só quer saber de espancar você mesmo.
  • The Peaks - Pacifistas que não querem saber de briga, a única gangue cujo os membros não vão te estuprar.
  • Primeiro Comando da Capital - Gangue responsável por trazer armas, drogas e celulares para a prisão.