Abrir menu principal

Desciclopédia β

O Massacre da Serra Elétrica 3 - O Massacre Final

(Redirecionado de Hollywood Chainsaw Hookers)
Pinoquio.jpg
O Massacre da Serra Elétrica 3 - O Massacre Final é extremamente mentiroso!


Clique aqui e veja outros narigudos.

Dizia que o comunismo era a salvação dos EUA

Garota hentai.gif SAAAFAAAAADO(a)!

Tava procurando putaria e caiu nesta página "sem querer", não é?! Pelo menos feche a porta do quarto e divirta-se!

A namorada do Leatherface mostrando sua prova de amor a ele. Ao fundo, Zé do Caixão assiste a tudo. Só assiste.

Hollywood Chainsaw Hookers (O Massacre da Serra Elétrica 3 - O Massacre Final no Brasil, ainda que não seja bem lá o terceiro), o qual não deve ser confundido sob hipótese alguma com o filme O Massacre da Serra Elétrica 3, é a maior PUTARIA!!! Imagine misturar American Pie com O Massacre da Serra Elétrica e dá nisso. Foi lançado nos EUA em 1988, e foi erroneamente lançado no Brasil, como sendo a terceira parte da série O Massacre da Serra Elétrica, mesmo não fazendo parte da série, iniciada por Tobe Hooper e se valendo da presença no elenco de Gunnar Hansen, o Leatherface do filme original de 1974 e de Zé do Caixão, que faz uma aparição especial. O verdadeiro terceiro episódio foi Leatherface - O Massacre da Serra Elétrica 3, mas a julgar o rumo que a franquia tava tomando desde O Massacre da Serra Elétrica 2 confundir os dois filmes nem era uma missão muito difícil. Pelo menos esse virou um comédia realmente divertida. A tradução correta seria "As Putonas com Motoserra Serra Elétrica de Hollywood", mas como se usasse esse nome achariam que o filme era um filme pornô apenas, foi trocado pra também pegar carona no sucesso da franquia original.

VídeosEditar

HistóriaEditar

  ATENÇÃO! O texto abaixo pode conter (ou não) um ou mais SPOILERS!

Ou seja, além de deixar o artigo com mais pressão aerodinâmica nas retas e mais estável nas curvas de alta, ele pode revelar, por exemplo, que Bane quebra a espinha do Batman, ou que Michael Jordan faz a cesta da vitória.

 

Vamos copiar toda a descrição da Wikipédia. É que eu tou com preguiça de escrever e o que tem lá é até engraçado e não apenas idiota.

O detetive Jack Chandler é contratado por uma mãe desesperada para encontrar sua filha chamada Samantha. Ela havia fugido acusando o padrasto de molestá-la. Na fuga é para se infiltrar numa seita satânica para vingar a morte de sua grande amiga, que foi brutalmente assassinada num dos cultos desta suposta seita. Essa estranha religião cultuava o deus da serra elétrica chamado Hórus. Nela pregava a purificação do corpo através da serra, ou seja, se alguém tem pecado e for serrado até a morte, limparia a alma e viveria na eternidade ao lado de Horus. O filme acontece em flashback. Nosso detetive Jack Chandler, está a salvo no seu apartamento em Los Angeles relatando todo o acontecimento. A sua narrativa é uma sátira aos filmes noir dos anos 40, cheia de humor negro, inteligência e canalhice. Durante a investigação, Chandler recebe uma notícia de um policial amigo sobre uma prostituta chamada Lori, acusada de serrar um cliente e fazer picadinhos com uma serra, de alguns colegas de trabalho durante uma sessão de interrogatório. Lori esconde um terrível segredo, mas de sua boca não sai nada, nem no momento quando Chandler mostra uma foto de Samantha. Sem dizer no estado em que se encontra a acusada: toda algemada com correntes enormes parecendo ser de aço puro com um cadeado do tamanho de um prato. Numa noite, Jack tomando um drink num bar, nem reparou em quem estava fazendo strip-tease. Era ninguém mais, ninguém menos, que a própria Samantha. Ele tenta falar com a policia, mas os telefones públicos não completam a ligação a cobrar. Chandler está acompanhado de uma linda mulher chamada Mercedes, que é uma prostituta, ela coloca um sonífero em sua bebida desmaiando Jack. Ele acorda numa cama amarrado, onde estar Mercedes com uma amiga, até a festa ser interrompida com a chegada de uma figura misteriosa - um homem alto e barbudo, denominando-se “The Stranger”, o líder das prostitutas. Ele explica para Chandler a razão de tudo isso: “The Stranger” é o mestre de cerimônias das missas ao deus da serra elétrica, crentes da purificação através da lâmina. Naquela noite Samantha iria fazer sua primeira vitima, serrando-o dos pés a cabeça, oferecendo sua alma a Horus e Jack tinha sido o escolhido. Na hora da excitação, as prostitutas decidem serrá-lo. Jack lembra das ultimas palavras de Mercedes no bar: “Você disse que íamos transar até meu cérebro sair do meu crânio!”. Ela sabiosamente responde: “Claro que eu disse, mas com a serra é bem mais rápido!”. Mas acaba a gasolina da moto-serra e elas deixam Samantha tomando conta do detetive. Lógico, ela o liberta e ele decide levá-la, mesmo contra a vontade dela, desmaiando-a com um soco na cabeça para convencê-la a ir com ele. Entre tapas e beijos nasce um romance. Samantha explica porque realmente fugiu e juntos vão enfrentar a fúria de “The Stranger” e de suas meninas. Nessa altura, estão com ódio e sede de vingança pelos dois. Samantha o leva até o templo sagrado de Horus. As “líderes” são Mercedes e Lisa; são delas as cenas de mortes inesquecíveis. No meio dessa “confusão” a história exibe as duas em ação. Um pobre coitado chamado Hermie – velhinho e bobo – contrata os serviços de Lisa para a realização de um fetiche. Ela vai até seu apartamento com uma mala imensa. Hermie a recebe muito nervoso. Ao perguntar da mala ela responde estar repleta de “61 centímetros de diversão”, ou seja, brinquedos para garanhões. Ele deseja ver Lisa posando nua para calendários de Taco de beisebol na intenção de animar os jogadores. A sessão de fotos começa. Lisa se contorce sexualmente no taco, inúmeras fotos são tiradas. A cada foto Lisa se aproxima de Hermie, ele fica bravo porque de perto não conseguiria manter o foco da foto e ele acaba levando uma tacada de beisebol bem no meio da cabeça. Lisa o deita na banheira, pega a serra elétrica escondida na mala e retalha Hermie todo.

Pela sinopse você já percebe que o filme não tem nada a ver com nada.

Ver tambémEditar


v d e h
BUUUUUZZZZZZZZZZZZZZ!!! O Massacre da Serra Elétrica...