Abrir menu principal

Desciclopédia β

Homem Primata

Este artigo é sobre um HIT!

É uma música chata, repetitiva e seu vizinho adora. SOLTE O SOM!

Music madonna.jpg
Ilustração da música.

Cquote1.png Você quis dizer: Homem que mata? Cquote2.png
Google sobre Homem Primata
Cquote1.png É melhor ir ver o Pelé. Cquote2.png
Chaves sobre a música.
Cquote1.png E onde se encaixa o criacionismo? Cquote2.png
Troll e qualquer pessoa sobre a música.

Homem Primata é uma música da banda tropicalista punk brasileira que é confundida com Village People, Titãs. Uma música muito boa que por vários fatores não fez muito sucesso. Costumeiramente, o único grupo de pessoas que escutava a música era a Associação Secreta Neoliberal das Mães Homossexuais Solteiras Vegetarianas Negras Judias Ortodoxas em Países Muçulmanos da África Subsaariana que tinham Hanseníase em Bornéu no ano de 1980.

Índice

HistoriaEditar

Sem nenhum outro tema polemico e sem mais muita ideia resolveram dessa forma falar da evolução humana, da época lá dos australopitecus ou até mesmo mais antigo na origem de Dercy, ou seja nos primórdios da origem humana. Como esse tema não geraria muita importância os integrantes incluíram teorias de Darwin e um pouco da filosofia madruguiana, sendo assim mais uma música que ninguém tá nem ai, resumindo:pouco se fudendo... (Igual este artigo)

Letra e embasamento teóricoEditar

Desde os primórdios
Até hoje em dia
O homem ainda faz
O que o macaco fazia
Eu não trabalhava
Eu não sabia
Que o homem criava
E também destruía

Nesse trecho ele cita um pouco de pre-historia e evolução dos macacos e homens por um ancestral em comum perceba que a conclusão com o encontro vogal ia torna assim a música com algum tipo de musicalidade e genialidade musical invejada até por Caetano Veloso. Em um trecho ele fala que eu não trabalhava, eu não sabia, e até hoje não trabalha e continua sem saber...

 
Evolução do homem a partir de sua região.

Homem Primata
Capitalismo Selvagem
Ô!Ô!Ô!
Homem Primata
Capitalismo Selvagem
Ô!Ô!Ô!

  Quero ver essa animação toda nas seções de quimioterapia  
Jesus.

Eu aprendi
A vida é um jogo
Cada um por si
E Deus contra todos
Você vai morrer
E não vai pro céu
É bom aprender
A vida é cruel

No trecho em que cita: a vida é um jogo então que os jogos comecem, na realidade ele não faz nenhuma mentira ou esposa do Blastoise (Blasfêmea) simplesmente a verdade e a adoração ao satã. Algo que não agradou os crentelhos, pensando melhor a música não agradou ninguém.

I'm a cave man
A young man
I fight with my hands
(With my hands)
I am a jungle man
A monkey man
Concrete jungle!
Concrete jungle!

(a.k.a Google translate)

Grandes mudanças na humanidadeEditar

 
Teoria evolucionista explicada na música.
  • Teoria evolucionista:Mesmo que essa teoria tenha sido elaborada por Darwin, foi só com a música que a teoria foi difundida pelos meios científicos e debates ateístas em mil novecentos e alguma coisa. (Sim os Titãs agora são idosos)
  • John Jigsaw:Ele começou seus jogos mortais a partir desde o dia que escutou essa música claro que depois de descobrir que tinha câncer John Jigsaw a partir dai pensou em criar um jogo, pois é isso que a vida é.
  • Descoberta da ASMHSVNJOPMÁSHB: Já se sabia que esse grupo existia, mas tudo especulações a localização exata e como evitaram de dominar o mundo foi pela música que elas gostaram e assim o FBI rastrearam um som que estava saindo do quartel general da ASMHSVNJOPMÁSHB, a música destruiu alguns satélites estadunidenses.
  • Google tradutor:Mesmo que indiretamente a criação do google translate foi criada por causa da banda que necessitava de um tradutor universal que ajudasse a ferrar suas músicas, por sorte Branco Mello conhecia um cara que era primo do vizinho do vendedor de cachorro quente nas bases secretas do Google, assim o ultimo paragrafo da música foi a primeira tradução feita no google translate.

Prêmios...Editar

A música não ganhou nem um prêmio, (isso já era de se esperar...) o que ninguém contava com as minha astucia era os prêmios de melhor música educativa do ano e Nobel por ter chegado a um nível de encheção de saco nunca alcançado antes feito esforços afim de beneficiar a ciência e biologia moderna.

Ver tambémEditar