Abrir menu principal

Desciclopédia β

How the West Was Won

Mamonasalb.jpg Este artigo se trata de um álbum

E provavelmente tem só duas músicas que prestam.

Conheça o resto da playlist clicando aqui.

Cquote1.png Eu nunca vi!!! Cquote2.png
Stevie Wonder sobre How the West Was Won

Capa de How the West Was Won, que foi desenhada pelo meu sobrinho de 8 anos de idade.

How the West Was Won é um disco ao vivo do Lê de Zé-Pelinho e mais uma daquelas infinitas coletâneas da banda que foram gravadas na década de 1970 e demoraram 40 anos para sair. O disco foi gravado na turnê de outro disco, o gospel O Sagrado Coração de Maria e divulgado em 2002, novamente pela incompetência do produtor musical do conjunto.

Segundo os fãs, foi em How the West Was Won que se deu uma das melhores atuações de Robert Plant, que era um homem que cantava melhor quando estava bêbado. O nome do disco não tem qualquer significado, embora seja uma clara homenagem a Chuck Norris Clint Eastwood e seus filmes sobre o Velho Oeste. O desenho da capa mostra também os integrantes tocando gaita no mato, o que reforça essa ideia.

MúsicasEditar

Disco 1:

  1. LA Lakers Drone - Música menor que teu pau.
  2. Canção do Mexicano nos States
  3. Estripadora de Corações
  4. Cachorro Afrodescendente
  5. Over the Hills and Far Away Species of Small Furry Animals...
  6. Desde que eu te Comprei
  7. Escada Magirus pro Paraíso
  8. Indo pras quebradas lá da Califórnia
  9. That's the highway to hell
  10. Grand Theft Auto: Bron-Y-Aur Stomp

Disco 2 ou continuação do disco 1:

  1. Drogado e Confuso/Johnnie Walker/The Grunge
  2. What The Fuck Should Never Be
  3. Dança da Chuva
  4. Baleia Assassina

Disco 3 ou o resto dos discos anteriores:

  1. Whore Lotta Love/Buggy Chileno/Vamos Todos Cirandar/Hello Mary Lou/Indo Mais Devagar
  2. Rock and Roll Axé e Tecnobrega
  3. A Lagoa Azul
  4. Leve-o para Casa/Não! Peraí, Traz Ele de Volta!

IntegrantesEditar

Outros figurantes e quebra-galhos:

  • Jim Cummins - Fotografia
  • James Fortune - Mais fotografia
  • Jeffrey Mayer - Um pouco mais de fotografia
  • Michael Putland - Outro bocado de fotografia
  • Drew Griffiths - quebra-galho de som
  • Eddie Kramer - Engenharia química de áudio
  • Phil Lemon - Design, arte estranha