How to Get Away with Murder

Juiz.jpg Certifico, a quem interessar possa e para os devidos fins, que este artigo trata de assuntos chatos jurídicos

Data venia, se você tiver alguma informação adicional a trazer aos autos, protocole uma petição solicitando a juntada de uma procuração que outorgue a você poderes para tanto, ou clique aqui.


Cquote1.svg Hoje vou ensiná-los sobre como defender um assassino. Cquote2.svg
Annalise Keating dando aula aos seus alunos
Cquote1.svg Sam? Por que seu pênis está no celular da garota morta? Cquote2.svg
Annalise descobrindo que é corna e mulher de um possível assassino
Cquote1.svg Não somos monstros! Não amarramos as pessoas e as prendemos contra a vontade delas. Cquote2.svg
Annalise defendendo a raça dos advogados
Cquote1.svg Essa série é a descrição da minha vida. Cquote2.svg
Advogado sobre How to Get Away with Murder

How to Get Away with Murder (conhecido por Como Defender um Assassino por aqui) é uma série americana que retrata a vida de Annalise Keating, uma advogada maquiavelicamente esperta que mente, manipula e destrói pessoas para conseguir estar por cima e se achar a poderosa, enquanto bebe um whisky e protege um quinteto de assassinos que ela trata como filhos.

SinopseEditar

É a mesma coisa que foi dito acima, adicionando o fato de que em cada temporada há um mistério sobre alguém que é morto por um dos alunos, com Annalise criando um plano sinistro para que ninguém descubra o assassino e coloca a culpa do assassinato em alguma pessoa que ela detesta e enfim... bem coisas do cotidiano.

EnredoEditar

  ATENÇÃO! O texto abaixo pode conter (ou não) um ou mais SPOILERS!

Ou seja, além de deixar o artigo com mais pressão aerodinâmica nas retas e mais estável nas curvas de alta, ele pode revelar, por exemplo, que Neo morre mas salva a Matrix, ou que o Coringa é preso e Batman vira um fugitivo.

 

Na primeira temporada: Annalise seleciona em sua aula de direito penal, 5 alunos que ela vê potencial maligno para forjar provas que alegam a inocência de assassinos terríveis, para que no tribunal ela dê uma de dona da verdade, inocente o criminoso de seu crime hediondo e ganhe mais uma vitória para causar inveja em seus amigos (ou seria inimigos?) advogados. Até que a morte de uma garota vira o grande caso da cidade, ela acaba suspeitando do marido e no fim um de seus alunos o mata. Como ela ficaria com a herança, ela ajuda seu aluno e os outros que foram cúmplices a saírem impunes do crime.

Na segunda temporada: Depois de superarem os perrengues que enfrentaram na temporada anterior, todos tentam ter uma vida normal e pegam um grande caso para ocuparem o tempo. Até que o caso se mistura com suas vidas, uma nova pessoa é assassinada, a protagonista leva um tiro e quase morre, mais alunos como culpados de tudo e no fim mais um assassinato para não perder o costume.

Na terceira temporada: Como sempre, os telespectadores mal digeriram a temporada anterior e nessa um novo crime tão misterioso quanto qualquer um pretende dominar a porra toda. Houve um incêndio, há um morto e uma ferida que está grávida e o resto você saberá quando assistir os episódios.

Na quarta temporada: Nessa temporada Annalise se cansa de seus filhos assassinos adotivos e manda todos eles se virarem e viverem a vida sem ela. Obviamente não dá certo, surgem mais tragédias ao redor deles e ela novamente tem de dar um jeito de livrar a cara de todos.

Na quinta temporada: Após todos esses perrengues, Annalise e sua turma tentam ter uma vida normal. Até que num casamento rola mais uma morte feita por pessoas de seu querido grupo e novamente a protagonista tem de arrumar a merda que fizeram nessa temporada que até então era a mais fraca da série.

Na sexta temporada: Finalmente a temporada final dessa bagaça que foi ainda mais corrida e fraca do que todas as outras, mas cá estamos para assistir essa porra. No desfecho final temos como sempre um monte de mortes, conspirações, reviravoltas e tragédias forçadas, psicóticas e doidas, onde depois de muito penar, todo mundo tem um desfecho merecido ou não. Annalise teve de enfrentar um tribunal onde milagrosamente saiu ilesa de todos os crimes e viveu a vida adoidada até morrer de velha aos 100 anos por COVID-19.

Os personagens dessa doideiraEditar

 
Os personagens: uns se tornam assassinos, outros se tornam vítimas...
  • Annalise Keating (Viola Davis) - A protagonista fodona da série. É negra, inteligente, manipuladora, adúltera, promíscua, bêbada, cruel, bissexual, MILF e se veste feito perua rica. Ela domina todos os outros personagens e usa e abusa de quem ela quiser, é bom nunca mexer com ela porque senão irá parar numa cova rasa. No final da série saiu ilesa de todas as barbáries que fez e riu da cara da sociedade como qualquer criminoso psicopata faz.
  • Wes Gibbins (Alfred Enoch) - O aluno assassino e mal-agradecido que Annalise sempre protege. É chato, bobo, extremamente manipulável e o público não o suporta. Para a nossa alegria, ele acabou morto na terceira temporada.
  • Connor Walsh (Jack Falahee) - O cara gay que pega geral, adora se fazer de charmoso para comer (e dar também) para qualquer cara que lhe interesse. No final acabou preso, onde pode trepar a vontade com a galera da prisão.
  • Michaela Pratt (Aja Naomi King) - A nerd gostosa com estilo de patricinha, sempre gosta de se exibir não importa onde. No final terminou sozinha e abandonada, porém virou juíza.
  • Laurel Castillo (Karla Souza) - No começo parecia ser do tipo quieta e metida a certinha que ninguém prestava muita atenção, mas depois se tornou a gostosona da série. Não é a toa que todos os homens (até mesmo os gays) querem traçar ela. No final virou mãe solteira e fugiu de tudo e de todos.
  • Asher Millstone (Matt McGorry) - Um filhinho de papai que adora fazer piadas sem graça. Na primeira temporada foi o único aluno que não cometia crimes, mas na segunda temporada mostrou que também é assassino. No final foi morto e enterrado.
  • Frank Delfino (Charlie Weber) - O guarda-costas e faz-tudo da Annalise, sempre está de cara amarrada e ainda pegou a Laurel. No final é metralhado pela polícia após matar uma governadora em plena luz do dia.
  • Bonnie Winterbottom (Liza Weil) - Ela é a sombra da protagonista, vai para onde ela for. Sempre está envolvida nas encrencas. No final morreu toscamente de bala perdida.
  • Nate Lahey (Billy Brown) - O capacho irritante e eterno amante da Annalise, sua única função na série é ser o brinquedinho sexual dela. No final terminou só, mas ninguém liga pra ele já que era um saco.
  • Oliver Hamptom (Conrad Ricamora) - O namorado de Connor que sempre leva chifre. Quando foi dar o troco no namorado, pegou aids. No final terminou como um marido de presidiário.
  • Rebecca Sutter (Katie Findlay) - Ex-namorada de Wes, conseguiu ser tão chata quanto ele. Felizmente foi morta por Bonnie.
  • Eve Rothlo (Famke Janssen) - É uma advogada lésbica que morre de amores por Annalise. No final se casou com Annalise até esta morrer de velha.
  • Gabriel Maddox (Rome Flynn) - Uma espécie de Wes 2.0, tão irritante quanto ele. É um filho bastardo do ex da Annalise cuja única função da série é ser embuste mesmo. No final foi embora e nunca mais voltou, ainda bem.
  • Tegan Price (Amirah Vann) - Outra advogada lésbica que se apaixonou por Annalise, vivia ajudando ela a livrar a cara dos assassinatos. No final Annalise a trocou por Eve e ela ficou chupando o dedo.