Abrir menu principal

Desciclopédia β

Hunted: The Demon's Forge

Virtualgame.jpg Hunted: The Demon's Forge é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Sekibanki tira sua cabeça pra lavar em Touhou 14


Caçando o Demônio Forjado
Hunted Demon Forge capa.jpg

Capa da versão tosca do jogo

Informações
Desenvolvedor Vixi Maria Entertainment
Publicador Dona do Skyrim
Ano 2011
Gênero semi-fps medieval ação-aventura
Plataformas PS3, Xbox 360
Avaliação 60%
Idade para jogar Livre

Hunted: The Demon's Forge é um jogo B da geração PS3/Xbox 360, desenvolvido por uma empresa de fundo de quintal mas apadrinhado pela Dona do Skyrim é um jogo de RPG/TPS de arco e flecha que não fez o menor sucesso, sendo desses jogos que ninguém conheceu.

Índice

EnredoEditar

 
Arte oficial, uma das tantas que não condiz com o jogo.

Acompanhamos a história de uma dupla formada pelo cafetão Caddoc (Tony Kanaan no Brasil) e sua fiel puta de luxo a elfa E'lara. Ambos estão explorando ruínas antigas procurando desvendar um misterioso sonho que Tony Kanaan teve (ele também atua as vezes como Sósia do Vin Diesel em shows de calouros). Vasculhando o local abandonado, escuro e úmido, ambos chegam à conclusão de que um puteiro não faria sucesso sucesso naquela localidade, e decidem partir dali, mas antes que pudessem ir embora eles são abordados por uma misteriosa dominatrix que se apresenta como Seraphine, e embora ela fosse muito suspeita, afinal surgiu através de um portal em formato de cu, ambos escutam a proposta dessa mulher, afinal olhando seus peitos fica claro que ela usa silicone e que faz parte da indústria. Ela pede para Caddoc tocar num dildo sobre o altar, mas curiosa e ávida é a elfa toca naquilo tendo uma visão de um terrível futuro no qual Adriano, o Imperador escraviza toda a população mundial instituindo o baranguismo, ameaçando a liberdade de gostosas como a E'lara e a Seraphine poderem se vestir feito duas prostitutas. Para impedir esse terrível destino, a dupla de protagonistas partem para a cidade mais próxima.

Assim Caddoc e E'lara chegam à cidade de Nova Iguaçu (que na Idade Média era conhecida como Dyfed) e descobrem que a imunda vila decrépita está tomada por uma invasão de crackudos (wargar) trazendo um enorme problema social para a cidade. Os crackudos, para sustentar seu vício, estão raptando os cidadãos de bem dali e amarrando-os em locais aleatórios pela cidade numa demonstração de BDSM de mau gosto, sendo que libertar esses pobres cidadãos é uma missão secundária do jogo. Após atravessar toda Dyfed, matar muitos crackudos numa visível limpeza étnica, encontramos o prefeito que nada fez para impedir essa epidemia de crakc em sua cidade, muito porque ele está ocupado pagando advogados por estar sendo alvo da Lava-Jato e mais uma reportagem sensacionalista do Fantástico no quadro Cadê o dinheiro que tava aqui?, já que o prefeito estava podre de rico nos porões da prefeitura. Este prefeito, claro, oferece uma propina de 100 mil reais em moedas de ouro para que a dupla de protagonistas ficasse em silêncio, e E'lara e Caddoc aceitam com a condição de que a filha do prefeito, Seraphine, viesse trabalhar no puteiro que eles estavam planejando abrir, e o acordo foi assim firmado.

Na sequência, enquanto exploram e investigam os calabouços e esgotos de Dyfed a procura de desmantelar um grupo de tráfico de drogas na região, Caddoc e E'lara tem o seu primeiro contato com um goró chamado sleg, uma espécie de cachaça de baixíssima qualidade e de cor prateada que ao ser ingerida causa uma grave cirrose e úlcera despertando a fúria em seu usuário que rapidamente ganha a habilidade de explodir os inimigos ao seu redor. Essa bebida, porém, é produzida através da fermentação de cadáveres, então caso não seja adepto de necrofilia e necrofagia, o jogador pode ignorar os vários Corotes de sleg que aparecem no jogo.

Então, seguindo o rastro dos cidadãos capturados e escravizados, Caddoc e E'lara chegam ao Parque Nacional da Tijuca (Govdan's Woods no original) onde acreditam haver ali alguns traficantes escondidos no meio da mata, e de fato há dúzias deles porque a quantidade de crackudos é enorme, noiados que aliás irão tentar te assaltar, mas você pode matar todos num verdadeiro genocídio. É nesse momento que a trama fica ainda mais complexa quando aparecem uns marombados de academia, deformados devido ao excesso de anabolizante, denominados de Minotauros em alusão ao deformado lutador de MMA. Estes seres, devido ao efeito colateral dos anabolizantes, ficaram com a piroquinha pequena, e como foram muito zoados decidiram matar todas as elfas da vila de E'lara para impedir que os orcs continuassem fazendo hentai com elfa.

 
A puta da Seraphine tentando te conquistar com o decote indecente dela.

Após atravessar a Flroesta da Tijuca, Caddoc e E'lara chegam na cidade de Duque de Caxias, que está a mesma porcaria da cidade de Nova Iguaçu, completamente tomada por crackudos e marombados de piroquinha pequena. A dupla de heróis então atravessa becos escuros, locais decadentes, lan-houses repletas de molequinhos pedintes, desmantelam bocas de fumo e então chegam na prefeitura que devido a falta de reformas estava prestes a desabar. O prefeito diz que só vai entregar Seraphine se os dois protagonistas forem até o Parque Olímpico do Rio de Janeiro resgatar alguns cidadãos que estavam lá trabalhando quase como escravos enquanto o TCU não fazia nada.

Caddoc e E'lara chegam ao Parque Olímpico do Rio de Janeiro, percebem o seu grande estado de abandono e como as estruturas estão tão inacabadas, quando percebem que os habitantes de Duque de Caxias, pedreiros em seu geral, estão sendo escravizados por crackudos, o que resulta nessa obra de mal gosto. No final um enorme dragão feio aparece, a Rita Cadillac, só que ele está cego, então toma uns tiros de balista e morre.

Finalmente adentramos nas cavernas de Kala Moor no Morro do Alemão, reduto do grande responsável por todos os problemas que estão assolando a Região Metropolitana do Rio de Janeiro, o lar de Adriano, o Imperador Annuvin. Obviamente é a fase mais difícil do jogo, a quantidade de crackudos nessa região é gigantesca, também tem capetas e putas pagas, mas no final vencemos o boss final numa lutinha bem xexelenta diga-se de passagem.

Existem dois finais:

  • Final bom - Você em nenhum momento cedeu a tentação de beber um goró da cachaça Corote (sleg), não se tornando um alcoólatra. Então quando aquela gótica vocalista de alguma banda de Symphonic Metal aparece, tentando te seduzir usando aquele decote indecente, Caddoc percebe que não precisa obedecer uma mulher só porque ela é gostosa e decide quebrar o dildo mágico, banindo Seraphine da existência.
  • Final ruim - Você bebeu daquela porcaria nojenta, a cachaça Corote (sleg), tornando-se então um alcoólatra. Então quando aquela gótica vocalista de alguma banda de Symphonic Metal aparece, tentando te seduzir usando aquele decote indecente. Como está chapado em drogas os dois protagonistas se matam numa tentativa desesperada de conseguir dinheiro para manter o vício.

JogabilidadeEditar

 
E'lara e Caddoc matando mais um crckudo.

Hunted é um jogo de simulador de genocídio de crackudos, portanto o jogador é submetido a 6 longos capítulos nos quais deve exterminar o maior número de crackudos, seja com tiros de flecha, golpes de espada, magias de gelo, explosões, não havendo a possibilidade do uso de armas não letais como cassetetes ou bombas de efeito moral porque a mensagem do jogo é de que drogado bom é drogado morto.

O jogador tem a seu dispor dois personagens para usar, a elfa seminua ou o careca genérico. Como estamos falando de um jogo feito no motor Unreal Engine 3 é absolutamente impossível realizar essa alternância de personagens em meio aos combates, você precisa avistar um plug-anal roxo e reluzente, tocá-lo, e aí sim você troca de personagem.

A elfa possui maior destreza uso do arco, sendo uma porcaria nos golpes de espada. Ela é responsável ficar acendendo tochas atirando flechas flamejantes, enquanto o guerreiro careca é mais útil no combate corpo-a-corpo, possuindo uma besta que dá uns tiros lentos.

Ao longo do jogo coletamos cristais, utilizados para serem revendidos em bocas de fumo para a compra de drogas (power-up no vocabulário gamer) que concede habilidades únicas, como peidar fogo, congelar crackudos, fazer inimigos levitarem ou cuspir fogo nos amigos.

PersonagensEditar

 
E'lara finalmente começa o seu estrelato na indústria pornô, especializando-se em cenas de bukkake.
  • E'lara - A elfa em trajes de piriguete, a todo momento estamos tendo visões de seus peitões e bunda que estão cobertos apenas por uma discreta tira de couro. É uma das poucas personagens femininas de jogo que tem plena consciência que é um hentai girl indecente e por isso tem uma personalidade extrovertida e irônica, abertamente tendo como objetivo um dia integrar um puteiro de luxo, atuando como mercenária ao lado de Caddoc.
  • Caddoc - O Sósia do Vin Diesel em começo de carreira, trabalhando como mercenário, sonha um dia ser o cafetão de E'lara num puteiro de luxo e se envolve nas maiores enrascadas para tentar reunir este dinheiro necessário. Ele tem o sonho erótico de um dia poder comer a Amy Lee, afinal tem claro fetiche por góticas, por isso é facilmente enrolado pela Seraphine.
  • Seraphine - Pseudônimo que a Tarja Turunen assumiu após sua saída do Nightwish, aparentemente continua sendo uma cantora de symphonic metal pelo seu visual. É a responsável por levar a dupla de protagonistas para as piores bocas de fumo sob um pretexto idiota.
  • Annuvin - O grande vilão e antagonista da história toda, um dos maiores traficantes do Brasil e responsável por ter transformado as principais cidades do país em imensas crackolandias dizimadas e decadentes, ele portanto deve ser impedido.

InimigosEditar

  • Inseto gigante - O inimigo mais básico, porém é o mais chato porque é o mais bugado (bug, inseto, entendeu?). Embora morra com um ou dois golpes, fica bugando pelo cenário e sendo difícil de acertar, arrancando bifes de HP se você estiver usando a E'lara.
  • Esqueletos - Mais um tipo de inimigo genérico
  • Wargar - Nome dado aos crackudos do jogo, nada mais são do que orcs do Senhor dos Aneis e matamos centenas e centenas ao longo do jogo. Existem, os crackudos normais, aqueles que atirar flechas, outros besuntados em azeite carregando dois machados, outros com escudo e o mais chato que é aquele que além de ter a habilidade de teletransporte também peida bolas de fogo em cima de você.
  • Minotauros - Só um bando de marombado cujo excesso de anabolizante comprometeu sua capacidade cognitiva, então você só os vê falando coisas como BIRL ou "AQUI É BODYBUILDING PORRA", mas lentos e facilmente morríveis.
  • Sacerdotisa - Chefa do capítulo 3 que depois começa a ficar sendo reciclada, é uma mestra BDSM em final de carreira que tenta descontar sua raiva matando você. Possui um dildo mágico que pode se transformar em três e que ficam soltando amoeba em cima de você numa tentativa de te constranger.
  • Demônio - Em alguns momentos um portal do inferno é aberto no chão e dele sai um Ronaldinho Gaúcho gigante. Esse monstrengo forma um campo de força utilizando cadáveres de jogadores já anteriormente dibrados por ele, mas hoje em dia já está aposentado e gordo e por isso é lento e também facilmente morrível.