Abrir menu principal

Desciclopédia β

I Want To Break Free

Este artigo é sobre um HIT!

É uma música chata, repetitiva e seu vizinho adora. SOLTE O SOM!

Music madonna.jpg

Cquote1.png Música de viado! Cquote2.png
Qualquer um sobre I Want To Break Free
Cquote1.png Hey, essa música é minha! Cquote2.png
John Deacon sobre I Want To Break Free

I Want To Break Free é um dos mais gays e famosos hits da banda de Death Metal Queen. Ela conta a história de um cara que não aguenta mais ficar trancado num armário e que precisa ser livre, assim como Freddie Mercury, que liberava geral. É considerada muito mais máscula que os hits YMCA e Macho Man do grupinho Village People

Índice

História da músicaEditar

A música foi escrita em 1900 e minha vó de biquíni e asiáticos já fazem paródias para o álbum Os Trabalhos. Ela foi composta na época que John Deacon, o baixista da banda e compositor da musiquinha, teve dúvidas sobre a sua sexualidade, querendo assim ser livre. Mas depois ele viu que foi apenas uma fase passageira da sua vida, na qual foi um tanto influenciado por Freddie.

O clipeEditar

O clipe de I Want To Break Free é um dos mais peculiares da Rainha. Nele os integrantes da banda mostram toda a sua virilidade e senso de estilo.

 
O clipe. Não vai me dizer que não pegaria a tchutchuca de bigodinho.

Logo no ínício, Brian May, o guitarrista, vestido igual a Dona Florinda, com sua linda camisola cor de rosa, suas pantufas de coelhinhos sorridentes e bobs na sedosa cabeleira, acorda, levantando-se da cama de maneira que a sua calcinha (daquelas do estilo que a tua avó usa) fique quase completamente à mostra. Descendo as escadas, a câmera mostra um bracinho delicado, com pulseiras compradas na 25 de Março empurrando um aspirador de pó. Logo surge Freddie Mercury de blusinha rosa e saia justa de couro mostrando seus atributos físicos invejáveis a qualquer gostosona que saiu na Playboy. No sofá há uma velha, que segundo as mais válidas teorias conspiratórias, seria a bisavó de Roger Taylor, mas ao passar por vários exames arqueológicos, descobriu-se que não é nada mais que John Deacon, o idealizador de toda essa tragédia. Então a câmera mira para os fundilhos de uma colegial gostosinha que está rebolando enquanto lava louças. Até a câmera mostrar o rosto da criatura e você descobrir que a gostosinha em questão é o Roger Taylor, você ficará completamente iludido. Enfim, após a apresentação das donzelas, o clipe mostra cenas de uma verdadeira orgia em que Freddie aparece num monte de chocolate com várias pessoas, homens e mulheres.

John Deacon era gay?Editar

Vou ser bem direto. John Deacon era cabra home, daqueles bem aprovados pelo Mr. Norris. Não se sabe direito o porquê de um cara que fez seis filhos escrever uma musiquinha dizendo que quer se libertar.

PersonagensEditar

LetraEditar

Original
I want to break free
I want to break free
I want to break free from your lies
You're so self satisfied I don't need you
I've got to break free
God knows, God knows I want to break free

Tradução livre[1]
Eu quero te quebrar, filho
Eu quero te quebrar, filho
Eu quero te quebrar, eu sou o fantasma
Eu estou trazendo o fogo e a novidade
Eu quero te quebrar, filho
Gatos não, eu quero te quebrar, filho (não no sentido de "filho" com amor, mas no sentido de "filho da puta")