Abrir menu principal

Desciclopédia β

Inspetor Faustão e o Mallandro

Inspetor Faustão e o Mallandro é um filme nacional, estreado no glorioso ano de 1991, junto com o fim da União Soviética. Trata-se de um filme surreal, estrelado com os maiores artistas até então: Sr. Fausto "Faustão Petelho" Silva e o inoxidável Sérgio Mallandro, que juntos atuaram no maior vexame orgulho nacional de todos os tempos. Grande parte dos fãs reclama da ausência de um Oscar para esta fenomenal obra, pois certamente com este reconhecimento as estrelas de Hollywood seriam ofuscadas pela versão tupiniquim do Gordo e o Magro.

Índice

EnredoEditar

Mais brilhante que o elenco, que conta com a participação de Costinha, Pereio, Sidney Magal e até mesmo de um Mini Me do Faustão; é o seu brilhante enredo. Deus descansava em seu sétimo dia até que resolveu passar para dar uma olhadinha, para ver a quantas andava sua criação. Neste momento, sofreu um choque ao se deparar com uma feira que vendia pobres bichinhos silvestres (como se isso não acontecesse também em nenhum outro lugar do mundo). Vendo que a humanidade estava fazendo merda de novo, em vez de criar outro dilúvio para limpar os malfeitores da terra, decidiu escolher um gordo aleatório no meio da feira para se encarregar desta nobre missão. Este gordo era ninguém menos que Fausto Silva, que antes de estrear no Domingão era um simples feirante. Deus o nomeou como Inspetor, em troca de uma geladeira novinha, sem porra nenhuma dentro, o que deixou Faustão desmotivado, mas não menos honrado.

Sua missão é recuperar o milagroso ovo místico de codorna, que segundo a lenda faz falsos gringos malas tornarem-se irresistíveis para as mulheres. E para acompanhá-lo na missão, temos como sidekick o inexorável Sérgio Mallandro, que trabalha para a Interpol para botar no xilindró os traficantes, mas não consegue por ser biruta demais, dando mais problemas que ajuda.

E o que seria um filme épico desses sem grandes vilões? Claro que não seria diferente, contando com o traficante de codornas, que sabemos que é do mal porque adora arrotar, e também o Tom Cruise Tom Cru, o típico gringo que vem para o Brasil só para dar os pegas nas mulheres daqui.

Trilha sonoraEditar

A trilha sonora é riquíssima, mas se destaca com o grande rap do ovo, que faz as trilhas de John Williams parecerem trabalho amador. Tão boa é que ela está em quase todas as cenas do filme, e tem destaque na cena final com direito Faustão dançando erguendo os dedos.

ElencoEditar

Pegue a pipoca e veja em primeira mãoEditar