Abrir menu principal

Desciclopédia β

Interestelar

(Redirecionado de Interstellar)


Interestelar é o décimo sétimo filme visionário de Christopher Nolan, este contando a história de fazendas de milho do futuro e viagem intergalática através de buraco de minhoca. O filme, embora controverso nas avaliações gerais, é considerado sem sombra de dúvida como o melhor filme da história sobre plantações de milho ganhando 26 Emmys por retratar com drama, suspense e até embasamento científico empírico toda a dificuldade de como se mantém uma plantação de milho.

Intraestrelar
Interestellar
Estrelar (BR)
Interstellar (PT)
Interstellar-2014-Movie-Poster.jpg
Aquele poster genérico nada chamativo
Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
2014 • cor • (você dorme antes de acabar)
Direção Faz filme de tudo
Elenco Matthew McConaughey como o piloto astronauta que chora
Anne Hathaway como gostosinha aleatória
Versão menos gostosa da Bryce Dallas Howard como guria retardada
Matt Damon como Perdido em Marte
Gênero ficção científica para noobs
Distribuição Paramont com Warner
Idioma -

EnredoEditar

Matthew McConaughey é um fazendeiro frustrado que ama drones controlados por controle remoto, não consegue ver um que sai a todo velocidade atrás deles. Este filme se passa num futuro muito próximo no qual o Palmeiras foi campeão mundial o que, devido ao efeito borboleta, desencadeou uma tempestade de areia global que transformou todo o solo do planeta em um ambiente árido e infértil, forçando a população mundial a ter apenas dois empregos: Agrônomo ou fazendeiro, o que significa que divisões do governo sem a menor importância para a humanidade foram finalmente fechadas, como a NASA, e os gastos públicos puderam ser melhor aplicados para benefícios práticos. Mas sempre tem aquele maluco que realmente acha que astronomia serve para alguma coisa de bom.

Um dia, enquanto McConaughey fazia seu único hobby, o de perseguir drones perdidos, ele junto com sua filha Nerfy, convenientemente encontra uma base secreta da NASA onde vive o mordomo do Batman, o Alfred.

Ao voltar para casa, Nerfy diz para seu pai que ela acredita que as voagens para a Lua foram todas falsificações criadas por Stanley Kubrik, o que irrita McConaughey que num ataque de histeria diz que Nerfy está de castigo pelos próximos 23 anos e ela só tem permissão para conversar com seus amigos e familiares através de vídeo-conferência dentro de uma sala escura. Ao longo dos anos Nerfy envia mensagens para suas amigas, mas nunca para seu pai, até o 23º aniversário quando finalmente envia algo para o pai, e durante esta mensagem de vídeo, ela até derrama algumas lágrimas e diz que aprendeu a lição: "As aterrissagens lunares foram definitivamente reais. Com certeza." Depois de sair do castigo, Nerfy aceita um emprego como relojoeira, mas infelizmente ela não é muito boa no ofício, os seus relógios sempre não funcionam. Até por isso McConaughey, como gesto de boa vontade, decide comprar um novo Rolex para si e colocar o relógio fodido de Nerfy em sua estante.

 
Emocionante e marcante cena onde Matthew McConaughey assiste o último episódio de The Legend of Korra.

Poucos dias depois de McConaughey ter seu novo Rolex, ele percebeu que ser um fazendeiro de milho era uma porcaria e decidiu se tornar um astronauta. Ele diz para Nerfy nunca esquecer como se cultiva milho e como bom pai desnaturado decola em direção a Saturno.

A viagem espacial de McConaughey é considerada por muitos como a parte desnecessária do filme, pois quase nada se fala sobre plantações de milho, mas apenas sobre uma tripulação de malucos entrando em buracos de minhoca e indo vasculhar planetas que orbitam o orifício anal da sua mãe, um corpo também conhecido como buraco negro, apelidado no filme de Gargantula, pois engole tudo o que se aproximar. É nesse momento que todas as leis da física imagináveis são quebradas e nos deparamos com planetas com água líquida com ondas de 50 quilômetros de altura, planetas gelados habitados por Matt Damon e diversas situações visivelmente fantasiosas, bem diferente do universo crível criado nas plantações de milho da Terra. No final, ao deturpar até a relatividade especial, McConaughey entra no buraco negro onde encontra seres da quinta dimensão que aparentemente não tem o que fazer e seu mundo é apenas a parte de trás da estante do quarto de Nerfy na Terra. No final McConaughey viaja tanto pro futuro que encontra filha idosa e a humanidade salva.

Precisão científicaEditar

Interestelar foi um filme amplamente elogiado pelo crítico de cinema Neil deGrasse Tyson. Conforme o especialista o filme tem uma precisão científica de apenas 5%, o que é perfeitamente normal levando-se em consideração que o público inteiro deve fazer suspensão de descrença ao assistir o filme e relevar tantas imprecisões a favor da melhor arte, senão, seria só filmar o mundo real, onde não existe só milho, mas também soja, algodão, alface, morango e buracos de minhoca não são materializados do nada e ninguém sobrevive a uma viagem para dentro de um buraco negro e depois ainda consegue sair de uma estrutura da qual nem a luz consegue escapar.

Embora seja todo incorreto cientificamente, o filme foi amplamente reconhecido pelos seus belos efeitos especiais, fotografia e criatividade. Uma equipe de 700 animadores foi requisitada para animar a Anne Hathaway, fazendo-a atuar mais ou menos bem.