Abrir menu principal

Desciclopédia β

Viação Itapemirim

(Redirecionado de Itapemirim)
BandeiraES.JPG Este artigo é CAPIXABA!

Ele só aparece na televisão quando acontece tragédia, tem o pulmão preto de tanto pó de minério, torce pra time carioca e passeia na Vitória-Minas. Apesar disso, é trabalhador gente-fina, ao contrário dos seus primos sulistas.

Nós não vivemos apenas de Roberto Carlos.

Viação Itapemirim faliu!
Cows1.jpg Nem a Mega-Sena quita suas dívidas!

Outros que ficaram no vermelho.

Cquote1.png Você quis dizer: Kaissara Cquote2.png
Google sobre Viação Itapemirim
Cquote1.png Você quis dizer: Rápido Marajó Cquote2.png
Google sobre Viação Itapemirim
Cquote1.png Você quis dizer: Itapefalida Cquote2.png
Google sobre Viação Itapemirim
Cquote1.png Não adianta se fundir com outra empresa, devolve esses ônibus alugados caralho Cquote2.png
JSL sobre Viação Itapemirim

A Viação Itapemirim é uma empresa de transporte rodoviário da nossa República das Bananas, a qual, assim como mais de 8 mil empresas de ônibus, oferecem serviços que são ó: uma bosta!

HistóriaEditar

A Itapemirim foi fundada em 1900 e guaraná com rolha por Camilo Cheira Cola, em uma cidade desconhecida chamada Cachoeiro de Itapemirim. Poucos anos depois de foder o emo Adolf Hitler na Segunda Guerra Mundial, Camilo ficou rico pra caralho em pouco tempo. Depois de cheirar muita cola e beber muita pinga com o então presidente Getúlio Vargas que ele teve a desastrosa ideia de criar essa porcaria empresa. Depois de ficar ryko, Camilo Cheira Cola injetou viagra na frota da empresa, o que fez com que ela conseguisse infelizmente fazer linhas para algumas cidades do Hell de Janeiro. No entanto, a manutenção dos carros novos era uma completa bosta, tudo isso graças às excelentes condições das estradas brasileiras na época.

Nos anos 60, depois de lucrar com a empresa, Camilo Cheira Cola juntou o dinheiro e viajou para os Estados Fudidos. Lá, ele achou uma lindeza os ônibus de 3 eixos circulando por lá. Quando voltou ao Brasil, Camilo teve a brilhante ideia de colocar ônibus de 3 eixos na sua empresa. Só tinha um pequeno problema: as estradas do Brasil são muito diferentes das dos Estados Unidos, e isso poderia foder de vez com os ônibus novos nos atoleiros espalhados pela nossa República das Bananas. Na década de 80, Camilo Cheira Cola resolve fazer mais uma cagada: fundar uma encarroçadora de ônibus exclusiva para a Itapemirim: a Tecnobus, e ela utilizou o conceito fudido de ônibus de 3 eixos para as fudidas estradas brasileiras. Isso fez com que a empresa ficasse rica pra caralho. 1 década depois, Camilo teve outra ideia de gente extremamente louca: colocar um telão de cinema dentro dos ônibus, o chamado Cinebus. Porém, eram exibidos nas viagens apenas dois filmes, o que não é praticamente nada em viagens longas.

 
Um dos ônibus da Itapemirim que está rodando firme e forte até os dias atuais.

Dias atuaisEditar

Desde os anos 2000, a Itapemirim, que era uma das empresas mais fodas das décadas anteriores, passou a ser fodida pela sua principal rival: a Gontijo, que em 2003 comprou a São Geraldo. Tudo começou a piorar quando a esposa de Camilo Cheira Cola morreu, e isso fez com que seus filhos adotados brigassem pra caralho pelo dinheiro, enquanto a empresa acumulava mais de 8 mil dívidas e ninguém queria mais saber de viajar em ônibus velhos, já que a empresa ficou impossibilitada de comprar novos ônibus ou fazer uma nova encarroçadora, afinal naquela época tudo era xerox. Em 2015, a Itapemirim, que estava completamente fodida, vendeu quase metade da sua frota de sucatas para a Viação Kaissara, outra empresa de transporte rodoviário capixaba. Nem adiantou, pois em 2016 a empresa tava com meio mundo de dívidas e pouca gente querendo viajar nas suas sucatas, e a única solução encontrada no fim do ano foi se fundir com a Kaissara em troca de dívidas varridas pra debaixo do tapete. Para renovar sua frota de sucatas, a empresa ainda chegou a alugar carros da JSL, empresa de transportes rodoviários de caminhão e ônibus. Só que a Itapemirim não anda pagando o aluguel, o que fez com que a JSL tomasse de volta os carros, que totalizam mais de 8 mil e deixando a Itapemirim apenas com as sucatas e atolada em dívidas, e tudo isso aproxima a empresa da falência.

 
Um dos poucos carros novos da Itapemirim, pena que são alugados.