Abrir menu principal

Desciclopédia β

Joe Strummer

GuardasInglaterra.jpg GOD SAVE THE DESCIC£OPEDIA!!

The Merlim's Order First Class garante que este artigo é 100% inglês. Ele é industrializado, casto, vitoriano e tem a aprovação de Rainha Elizabeth II.

Se o artigo for sem graça, é apenas humor britânico.
Willliampre.jpg


Punkaosairdeshopping.jpg Este ser curte Panque Roque.

E deve praticar cheiramento de gatinhos ouvindo The Damned,
assim como todos os revoltados listados aqui.


Giphy (2).gif Este artigo é sobre um GUITARRISTA!

Ele idolatra o Rock como se sua vida dependesse disso e tem a maior facilidade em reproduzir riffs alheios.



Cquote1.png Você quis dizer: João Estrume? Cquote2.png
Google sobre Joe Strummer
Cquote1.png Você traiu o movimento punk!. Cquote2.png
Dado Dolabella sobre Joe Strummer
Cquote1.png SOME DAQUI! SOME DAQUI!. Cquote2.png
Joe Strummer sobre Dado Dolabella
Cquote1.png Quem é Joe Strummer perto de Billie Joe Armstrong?!. Cquote2.png
Poser sobre Joe Strummer
Cquote1.png Adoro aquela música dele, Anarchy In The UK. Cquote2.png
Leigo sobre Joe Strummer


John Graham Mellor, conhecido como Joe Estrume Strummer foi o vocalista, guitarrista e dançarino da banda inglesa The Clash.

Joe vendo esse artigo.


Antes da famaEditar

Joe nasceu em Anta Ankara na Turquia, mas vendo a merda que haviam se metido, mudou com sua família para a Inglaterra . Viveu parte de sua vida como um playboy, estudando nas melhores escolas, mimado e adulado pelos parentes próximos, professores e pela sua mãe. Quando já adulto descobriu a música e o punk, e consequentemente o cheiramento de gatinhos e a bebida, o que fez viver vagabundeando pelas ruas. Formou uma banda de protopunk e suruba The 69ers The 101ers, o que lhe levou a começar uma carreira como músico. Em 1976, enfim depois de meses em uma carreira improdutiva e medíocre Strummer conseguiu abrir shows para uma banda de garotos sujos que jamais tiveram contato com um sabão e a escova de dentes, os Sex Pistols. Após o show, já doidão e surdo pela péssima música do recinto, enquanto os punks destruiam tudo e se espancavam, acabou conhecendo Bernie Rhodes, ladrão empresário e Mick Jones, guitarrista da banda London SS queria um vocalista para sua banda. Joe meteu o pé na bunda de seus parceiros do 101'ers e juntou com o Mick e o baixista Paul Simonon, outro desocupado de Brixton que mal sabia o que era uma contra baixo e Terry Chimes, outro pseudo baterista. Mesmo sabendo tocar porra nenhuma e sem dinheiro algum, formaram em 48 horas o The Clash, nome escolhido por Paul no jornal, única coisa que sabia ler, até então.

The ClashEditar

Junto com seus parceiros da nova banda Estrume Strummer e o Clash, viveram um bom tempo graças ao seu ambicioso empresário,servindo de tietes abrindo shows para o Sex Pistols, mesmo nitidamente tocando e cantando muito mais que a concorrência. Quando aquela palhaçada acabou, já conhecidos pela mídia, Joe convenceu Rhodes a gravar o primeiro cd. A banda foi tachada vendida e de traidora e de movimento pela mídia, pelos posers punks e por Dado Dolabella, tal como João Gordo. Terry Chifres, horrorizado pelo resultado e desacreditado da carreira musical pediu pra sair entrando Topper Headon, baixinho cabeçudo e viciado de carteirinha. Mas The Clash, albúm homônimo foi sucesso mesmo sendo o pior dos discos (hahaha se fudeu Terry!). Além das já medíocres simples músicas de três acordes, tal como Janie Jones e English Civil War, nessa época Joe, descobriu Cannabis sativa, vulgo cigarrinho do capeta e começou a compôr reggae e ska. Tais composições fizeram sucesso que levaram Joe a engajar na luta pela igualdade racial e rendeu futuramente uma visita a terra do tapa na pantera.. Ironicamente, outra canção que fez sucesso foi Career Opportunittes( seria uma indireta pro Terry)?

 
Joe e sua inspiração para o reggae.

Joe estava no auge do sucesso, e ganharam muito dinheiro, putas e fama. Além disso, o vocalista enfim conseguiu expulsar Bernie Rhodes, que queria pilhar a banda tal como o Pistols, que nessa época já estavam acabados e merecido lugar. Então chegou, Joe estava gordo, fudido e criticado pela mesmice e marasmo das músicas. Toda imprensa e os críticos falavam que o punk tinha acabado (mesmo nunca terem frequentado um show) e que a banda já tinha virado mais um negócio pra eles arrecadarem. Joe enfurecido reuniu seus compadres e logo passaram a compor para aquele que seu melhor albúm. Pouco se fudendo para os posers, e fez uma mistura de Ska, Punk Rock, Reggae, Rockabilly, Pop, Axé,Pagode e Rebolation no CD e mandou pra gravadora. Após o sucesso, Joe entrou numa de revolucionário e junto com Mick Jones, compôs Sandinista! que foi uma bosta obra prima do punk. Mesmo com o comunismo indo pras cucuias, com a União Soviética e os vermelhos se fudendo, a China traindo o movimento, Fidel Castro mais velho e gagá que a Dercy Gonçalves, o vocalista bateu o pé e pegou sua guitarra e fez o disco, que vingou na terra do Tio Sam, mesmo descendo o pau no presidente, no capitalismo e na política de Washington.

 
Mick and Topper. You are FIRED!!

Em 1982, quando Clash lançou as únicas músicas que realmente fizeram sucesso Rock The Casbah e Should Stay Or Should I Go?, que foi discaradamente copiada pelos Mamonas Assassinas com o nome genérico "Chopis Centis" cerca de 14 anos depois, todos os membros estavam com sérios problemas, com a polícia e com dorgas a ponto do baterista mal aguentar tocar e o guitarrista mal empunhar sua guitarra, Joe tal como Roberto Justus, mandou todo mundo embora sendo piedoso apenas com Simonon, o baixista e trouxe de volta Bernie Rhodes, Terry Chimes e uma dupla de punks de boutique para tocar. Não deu outra, Cut The Crap foi uma merda e fracasso total, a ponto de o própio admitir que o cd nem devia ter sido cogitado.

Depois ...Editar

Joe ainda deu pontas como ator em um confuso filme, Straight To Hell em 1985, onde fazia um fanfarrão cowboy no faroeste punk (?). Depois disso, fez de tudo nesse período, atuando em filmes B, tocando em eventos, em metrôs e nos pubs mais sujos da Inglaterra até voltar das profundezas do amadorismo e esquecimento com o The Metaleiros Mescaleros, banda que durou até bater as botas, ou melhor os coturnos, em 2002.

 
Joe morreu mas mesmo em outro mundo,não traiu o movimento.