Abrir menu principal

Desciclopédia β

Joel Ciclone

Seu-meme-APRACAeNOSSA.jpg ESTE ARTIGO É COISA DE VELHINHO RECLAMÃO
... opa onde nós estávamos mesmo, eu não me lembro"...

Vai estragar a página da senhora sua avó e não encha meu saco

Abe simpson.png
Road Runner.jpg Este artigo é sobre alguém que usa o correr pra caralho!

E já não está mais aqui, então não vandalize!

Mesmo senil, Jay ainda tenta posar de fodão.

Cquote1.png Este NÃO é o homem mais rápido do planeta. Eu sou o Flash, o homem mais rápido do planeta! Cquote2.png
Flash sobre Joel Ciclone
Cquote1.png E eu? Cquote2.png
Mercúrio sobre Afirmação do Flash.
Cquote1.png Você... sei lá... é o mutante mais rápido do mundo! Cquote2.png
Flash sobre direito de resposta.
Cquote1.png Sim... a conversa esta boa, mas ninguém falou de mim... Cquote2.png
Joel Ciclone sobre ele mesmo.
Cquote1.png Por isso mesmo... VOCÊ É UM NINGUÉM!!! Cquote2.png
Escritor do artigo sobre Joel Ciclone

Joel Ciclone é o nome falsificado criado pelos brasileiros para designar o que fora o Flash da época da Segunda Guerra Mundial. Esse na verdade jamais teve um nome tão idiota como Joel Ciclone (seu nome é Jay Garrick... nada a ver, não?) e já deve ser um dos, senão o, mais velho super-herói da terra, com seus 1988 anos.

Índice

HistóriaEditar

 
Que roupicha! E que chapeleto, Muchacho!

Joel, ops, Jay, era um chicano babaca que cantava Los Lobos a torto e a direito para todo mundo ouvir e para todo mundo ver, mas não fazia nada além disso. Ao contrário do João de Santo Cristo, ele tinha medo, era o que todos lhe diziam quando ele se perdeu.

Ele corria de todos, afinal era um babaca que ficava tomando tequila, mas não queria pagar (e tomava no centro, evidentemente). Sua vida, no entanto, mudou por completo depois...

Depois...

Depois...

É, seu babaca, Depois do Intervalo!

O que aconteceu?Editar

Bom, agora que o Ibope já subiu, direi. Ele levou um choque elétrico de 1000000000000000000 e lá vai o trem de zeros Volts. Inacreditavelmente, tal como o Hulk levou uma bomba de radiação gama no rabo, ele também escapou praticamente ileso, mas quebrou todos os remédios da farmácia onde ele ia tomar sua dose de Gardenal.

Irritadíssimo com a multa exorbitante que ele ia pagar, Joel, ops, Jay (isso parece com outra palavra... talvez seja por isso que mudaram o nome dele. Hum... pra não ser acusado de homofobia, vou usar o Joel mesmo) decidiu correr de volta pra o México. Só que na corrida foi parar lá na China. Não descobrindo o porquê do fenômeno absurdo, Jay somente ficou lá na China pra comprar uns produtos piratas mais barato que no camelô.

HeróiEditar

Joel virou um herói e decidiu usar suas habilidades de correr muito, que ele aperfeiçoou com um lendário mestre da época, Kab-Ball, e entou numa tal de Sociedade da Justiça da América, atualmente conhecida como Asilo para Heróis da Terceira Idade. Lá, ele foi pra supracitada segunda grande guerra e fez os jatos nazistas voarem de maneira não recomendada pelo Dr. Roberto. Assim, os Aliados venceram a guerra e Joel foi condecorado como cidadão estadunidense honorário. Mas a vida é uma caixinha de surpresas...

E...Editar

Joel foi condenado por ser pego desfalcando as indústrias de Tequila nos EUA. Ele tomava de maneira tão rápida que até Jeremias queria tomar assim. Então Joel foi pro México de novo. Mas antes de conseguir qualquer coisa, descobriu que estava numa terra paralela!

Multiverso?Editar

Ele se encontrou com o Flash II (Barry Allen, o filho mais velho de Woddy Allen). Ele assim descobriu que a nova geração usa roupas bem mais rochedas (tirando o fato de a roupa do Flash II ser um colante bem Jay, digo...) No entanto logo descobriu-se que isso nunca aconteceu e foi só um plano safado do antimonitor.

AtualmenteEditar

Joel continua correndo por aí, tentando ganhar corridas a pé contra grandes nomes da F1. Infelizmente, para ele só um perde: Rubens Barrichello.

v d e h
O incompreensível mundo do Universo D.C.