Abrir menu principal

Desciclopédia β

Jonas Sulzbach

Gauchodanc.jpg Mas bah, tchê!

Este artigo buenaço e tri-legal é do mais puro humor gaudério dos pampas, vivente, então veste tua bombacha, recolhe teu pelego no galpão e toma um mate amargo com a gente, macanudo!

Chima.jpg

Jonas Nortezbach é um dos inúmeros galãs responsáveis por garantir que o Big Brother Brasil tivese um alto índice de audiência entre as donas de casa, solteironas e mal comidas, que são o típico estereótipo feminino de quem assiste àquela bosta. Para não levantar suspeitas de sua homossexualidade, já que o mesmo é gaúcho, Jonas aproveitou para comer algumas periguetes durante o programa.

Jonas Fernando Sulzbach
Bbb jonas.jpg
Nascimento 7 de fevereiro de 1986
Bandeira do Brasil Brasil
Ocupação Modelo
Altura 1,89
Signo Aquário

HistóriaEditar

 
U BUNITÃO!!!

Nasceu em Lajeado, uma cidade totalmente desconhecida e irrelevante do Rio Grande do Sul. Desde a infância, Jonas demonstrava ser um garoto muito especial, pois ao invés de curtir jogar futebol ou brincar de carrinhos igual à maioria dos guris retardados nesta fase da vida, ele preferia cuidar de bonecas e levar fazer comidinha. Grande fã da Barbie, ele simplesmente a-m-a-v-a trocá-la de roupa e inventar diversos figurinos muito fashion e divosos para sua querida amiguinha loira de plástico. Seus pais, assim como ocorre com a grande maioria das famílias que geram filhos homossexuais, fingiam achar tudo aquilo muito normal, e mentiam para si mesmos de que era apenas uma fase e logo Jonas assumiria sua masculinidade.

O tempo passou, Jonas cresceu e tornou-se um adolescente todo bonitão e sarado. Mesmo tendo uma aparência que fazia com que várias putas se jogassem a seus pés querendo ser comidas, ele jamais apresentou uma namorada para os pais, que mesmo assim continuavam se autoiludindo pensando que ele na verdade fazia o tipo come quieto, que prefere não espalhar por aí com quem está transando para não perder as oportunidades de continuar sendo um comedor. Até que esta informação não estava totalmente errada, porque realmente Jonas fazia muito sexo na adolescência com diversas pessoas diferentes, o único problema é que todas elas eram homens. Até que, os 17 anos, Jonas cansou de esconder sua baitolice e decidiu fugir de casa, para ser livre e poder dar o cu em paz.

Jonas passou a morar em São Paulo, coincidentemente o estado que abriga a maior parada gay do Brasil, e arranjou emprego como barman em um luxuoso cabaré LGBT. Foi neste respeitável estabelecimento comercial que ele conheceu Dicesar Ferreira, seu adorável cafetão, que atendia mesmo era por Dimmy Kieer, seu famoso nome de guerra. Auxiliado pela nova miguxa bicha, Jonas decidiu preencher o formulário de envio para o Big Brother Brasil 12, onde ganharia fama nacional às custas dos trouxas que se prestam a ver tal lixo.

CarreiraEditar

Antes de se tornar oficialmente um BBB, Jonas decidiu enriquecer seu currículo para impressionar Boninho, e lançou-se na carreira profissional de modelo. Nas passarelas, ele se achava uma verdadeira diva da moda, e relembrava emocionado os tempos de criança em que vistia a Barbie sonhando em ser igual a ela algum dia quando crescesse. Além dos tradicionais desfiles, também participou de um monte de propagandas para diversos produtos de marcas famosas, como as camisinhas da linha especial Jontex Júnior. Também foi capa de algumas revistas e fez ensaios pornográficos para sites indecentes. Quando parecia que já tinha feito todos os tipos de trabalhos possíveis em seu ramo, ele ainda começou a participar de concursos de beleza e foi eleito Mister Brasil e Mister Mundo no ano de 2010.

Finalmente, em janeiro de 2012, Jonas faria sua mais notável aparição na mídia, quando enfim foi para o BBB12. Por fazer o estereótipo do participante gostosão e cobiçado, ele foi instruído a fingir ser heterossexual para não desapontar às telespectadoras femininas. Diga-se de passagem, ele até que foi muito bom ator, pois chegou inclusive a passar a rola em duas colegas gostosas de confinamento, Monique Amin e Renata Dávila. Aliás, suas habilidades de atuação impressionaram tanto a Rede Globo que ele foi até convidado para fazer uma participação especial na série Louco por Elas, onde teve o dificílimo papel dele mesmo. De quebra, ainda comeu a Deborah Secco.

Durante o período em que esteve no Big Brother, algum ex-namorado ciumento não suportou a ideia de vê-lo aos beijos e abraços com mulheres e espalhou pela internet um vídeo erótico do modelo gaúcho. Como o mesmo foi gravado com uma Tekpix, não dava para ver porra nenhuma, então o fato gerou pouca repercussão na imprensa e Jonas ficou cagando e andando. Não somente ele, mas todo mundo também.

Recentemente, mais precisamente no dia 16 de abril de 2014, um jornal sensacionalista do Rio de Janeiro publicou algumas fotos comprometedoras de Jonas em um cruzeiro gay fazendo um menage a trois com um homem e uma mulher, o que gerou certas desconfianças a respeito de sua orientação sexual e levantou especulações de que ela possa ser bissexual. Lógico que estes boatos absurdos já foram desmentidos, porque ele não joga no lado roxo da força não, e sim no rosa. Lógico que ainda tem uma certa quantidade de gente ingênua que continua pensando que Jonas é macho, inclusive sua mãe, que não vê nada de estranho no fato de o filho conhecer todos os tipos de maquiagem existentes na face da Terra.