Abrir menu principal

Desciclopédia β

Jovem negro que aparece curtindo um show do Metallica na Coreia do Sul



Cquote1.png Traidor Cquote2.png
Todos os rappers do mundo sobre Jovem negro que aparece curtindo um show do Metallica na Coréia do Sul
Cquote1.png O que é um pontinho preto num mar de pontinhos amarelos Cquote2.png
Velha piada de pontinhos sobre Jovem negro que aparece curtindo um show do Metallica na Coreia do Sul

O Jovem negro que aparece curtindo um show do Metallica na Coréia do Sul foi[1] um jovem que foi num show do Metallica na Coréia do Sul, o que deve se levar a pensar o que um negro faz perto de um monte de amarelos.

BiografiaEditar

 
Eis o homem! Clique para ampliar

Kim Motumbo nasceu em Seattle Bitch Beach em 1985, numa casa de veraneio perto de Bel-Air, cidade onde nasceu Will Smith. Ao contrário dos outros negros, ele nasceu rico, e, ao contrário dos negros ricos, ele continuou rico.

Kim é filho de um homem negro de Seattle que ficou rico graças ao "contrabando de intorpecentes"[2]. Sempre se esforçou para ser o melhor na sua classe, pois era o único garoto negro no local, mesmo que isso o tornasse alvo daquelas piadas sem graça que os brancos fazem. Mas eles não eram racistas. Só porque chamavam ele de neguinho, crioulo, tição, macaco, chicabom e preto não quer dizer que sejam racistas. Isso deixou Kim traumatizado, então começou a ouvir música de branco e dizer que era moreno escuro.

Kim conheceu o Metallica e o Lixo Metal aos 16 anos, enquanto corria de um grupo de garotos brancos que o perseguiam sem motivo aparente[3]. Enquanto se escondia num beco escuro que nem ele, alguém deixou cair um Ipod, tocava a música "The other new song". Assim, Kim começou a curtir a música mais branca possível. Não existe música mais branca que esta[4].

Kim começou a ouvir muito desse estilo metálico, indo a vários shows. Só que existe um porém: Nos EUA, negros não ouvem metal, então mais uma vez ele era o único negro no show do Metallica, e você sabe o que o esperava.

  Olha o negão ouvindo rock hahaha. Volta pro gueto, nigga  
Fã de Metallica

Mais uma vez, teve que correr dos não-manos.

Aos 17, Kim se apaixonou por uma garota branca[5]. Kim se declarou, a loira gostou do que ele tinha no bolso[6] e começaram a namorar.

O namoro durou bastante tempo, Kim era apaixonado por ela. Mas nem tudo são flores, pois começaram a surgir boatos de que a garota colocava chifres nele. Kim ignorava, pois gostava muito daquela branquela. Até que um dia ele chegou em casa e se surpreendeu com algo que estava na boca dela. Era o fim de um relacionamento duradouro de 3 dias.

Depois desse acontecimento, Kim resolveu se apegar às asiáticas. Então se apaixonou por Yuriko, que conheceu num intercâmbio de Guerra nas Estrelas em Los Angeles. Yuriko estava fantasiada de Sakura, Kim estava sem fantasia, pois não há cosplays de negros. Pelo menos cosplay decentes não. Começaram a namorar, quando em dois meses, Kim resolveu conhecer os pais de Yuriko, aproveitando que teria um show do Metallica. Durante esse show, Kim se tornou o grande Jovem negro que aparece curtindo um show do Metallica na Coreia do Sul. Graças a Deus, Kim nunca teve problemas com os pais de Yuriko[7].

O grande homemEditar


NotasEditar

  1. Sim, ele foi, pois quando se é negro e se ouve um show do Metallica, os negros te matam quando você volta pra casa
  2. É assim que chamavam o tráfico de drogas antigamente
  3. Na verdade, alguém assaltou a pastelaria do Khon e adivinha quem levou a culpa? Encontraram o culpado 5 minutos depois e ele não se parecia nada com negros
  4. A não ser que você já tenha ouvido Elton John
  5. Ah, novidade
  6. A carteira, não outra coisa
  7. Eles são amarelos, quem odeia negros são os brancos, não os amarelos