Abrir menu principal

Desciclopédia β

Joviano

Romanopre.jpg ROMANI ITE DOMVM!!!

HÆC ARTICVLVS ROMANVM EST. LATIM LOQVÆBITVR. NON INTERLEGIT? HVMORIS PRIVATVS NON EST. MVITISSIMVS ENGRAÇATVS! SED ROLA MEAM VADE MAMARE! VADE FŒDERE CVM PORRIBVS NOSTRVM.

Spqrpre.jpg


Flávio Joviano, em cachorrês Flávius Jovenus Moçus, foi um soldado que em pleno campo de batalha viu-se obrigado a se tornar imperador para tentar selar a paz.

HistóriaEditar

 
Como governou por pouco tempo, nem teve tempo para fazer um busto de Joviano, apenas 2 moedas de 1 centavo.

Pouco se sabe da vida de Joviano, pois convenhamos, quem se interessaria pela vida de um mísero soldado? O pouco que sabemos é que Joviano veio de uma família católica, fez crisma, primeira comunhão, catecismo e tudo mais, e sempre foi um bom filho.

Ao se alistar no exército romano, Joviano sempre demonstrou bastante coragem e ousadia durante as guerras. Era ele que também sempre puxava a oração e o grito de guerra antes do batalhão sair do vestiário.

Sempre foi um bom rapaz. Bom soldado, queridinho do general, queridinho dos colegas de dormitório, queridinho da professora no colegial, queridinho da mamãe e do papai, queridinho dos tios, queridinho do satanás, enfim, todos queriam ser como ele, só como ele.

Como chegou ao poderEditar

 
Joviano, o soldado mais querido que já existiu. Até pelos inimigos.

O então imperador Juliano Apóstata o havia convidado para uma noite de orgias em seu palácio, e por ser sempre um soldado obediente e queridinho do seu senhor, Joviano foi para a putaria. Porém, eles se esqueceram de um pequeno detalhe, o compromisso agendado para o dia seguinte era uma guerra contra Sapor II da Pérsia.

Ao amanhecer, e com uma ressaca infernal, os dois partiram atrasados para o compromisso agendado. Ao chegar no campo de batalha, Juliano Apóstata, não se aguentou em pé e ficou no acampamento vomitando igual a um porco. Por não conseguir se manter de pé, o imperador não poderia negociar como os rivais, assim, Joviano foi escolhido pelo exército como o novo imperador, pelo menos para aquele momento.

Após muita discussão, as duas partes chegaram a um comum acordo a respeito da guerra, e ao retornar para o acampamento, Joviano recebeu a terrível notícia de que o imperador havia vomitado suas entranhas e morrido logo após (jura?).

Após assumir de vez o império, Joviano reinou por apenas 8 meses, 13 horas e 54 minutos, entre 363 e 364.

Ver TambémEditar

Precedido por
Juliano Apóstata
 
Imperador Romano

249 - 251
Sucedido por
Valentiniano I


Imperadores Romanos

Júlio-Claudianos
Otávio AugustoTibérioCalígulaCláudioNero

Guerra Civil e Flávios
GalbaÓtonVitélioVespasianoTitoDomiciano

Antoninos
NervaTrajanoAdrianoAntonino PioMarco AurélioCômodo

Severos
PertinaxDídio JulianoSétimo SeveroCaracalaMacrinoHeliogábaloAlexandre Severo

Zorra Total ou Quem der mais leva
Maximino TrácioGordianos (I, II e III)Filipe ÁrabeDécioTreboniano GaloValerianoGalienoCláudio II GóticoAurelianoProboCaroCarino

Tetrarquia e Constaninianos ou Agora somos cristãos, Amém!
DioclecianoConstantino MagnoConstantino IIConstanteMagnêncioConstâncio IIJuliano ApóstataJoviano

Valentinianos e Teodosianos ou Corra que os bárbaros vêm ai
Valentiniano IValenteValentiniano IITeodósio MagnoHonórioConstantino IIIValentiniano IIIPetrônio MáximoÁvitoMajorianoLíbio SeveroAntêmioOlíbrioGlicérioJúlio NeposRômulo Augustulo