Abrir menu principal

Desciclopédia β

Juneau é a desconhecida capital do Maravilhoso e Fantástico Império dos Comedores de Gordura de Baleia, a Gloriosa Alasca. A cidade é reconhecida mundialmente por ter estradas de gelo, pelas suas mais de 8000 espécies de ursos carnívoros e pelas elaboradas e magnânimas pontes que te levam para o nada.

HistóriaEditar

 
Necrobear, o irmão maligno de Pedobear, vive em Juneau.

Juneau foi durante tempos imemoriáveis uma aldeia de possessão de esquimós russos que viviam ali a pescar salmão e lutar contra ursos, aquele território foi comprado pelos americanos pelo preço de 20 iaques devido ao interesse no petróleo do Alasca, como os esquimós não viam utilidade naquela gosma preta (não podiam comer) a aldeia foi vendida.

As origens desse nome francês é um mistério, mas o responsável por essa obra de mau gosto está sendo procurado até hoje.

Atualmente é um local de paz, devido ao frio claro, ninguém consegue movimentar um dedo por estar congelado.

GeografiaEditar

Juneau está localizado na entrada do Alasca. Se Juneau já é um local ruim, frio pra caralho e inóspito, já é uma dica para você nem querer saber como é o interior do Alasca...

EconomiaEditar

Juneau tem uma imensa zona portuária e estradas de gelo que tornam a cidade o único ponto de escapatória do Alasca.

Os principais produtos de exportação da cidade são caranguejos gigantes, bonecos de neve, picolés de groselha, máscaras de pedobear, gordura de baleia e espetinhos de alce.