Abrir menu principal

Desciclopédia β

Kakariko Village

Sem comentários...
Kakariko Village é algo que Myu de Borboleta aprova!

Este é um típico artigo Yaoi, que menciona coisas gays que só gays yaoístas curtem. Se você é cabra omi e odeia Yaoi, NÃO LEIA este artigo, pois ele pode levá-lo para o lado rosa da força, mas se carapuça serve, sente, digo, sinta-se à vontade.


Stop hand.png AVISO! Ler esse artigo pode te transformar num pobre!


Número de pessoas que se transformaram em

pobre ao ler esse artigo:
CounterZero.gifCounterZero.gifCounterZero.gifCounter5.gifCounter7.gifCounter3.gifCounter2.gif
|-


Cquote1.png Morra galinha imprestável! Cquote2.png
Você sobre Galinhas assassinas de Kakariko Village


Cquote1.png Cocoricooo!!!! Cquote2.png
Galinhas assassinas de Kakariko Village sobre comentário acima


Cquote1.png AAAAHHHHHH nunca morri e não vou morrer ago...Morri! Cquote2.png
Você sobre Galinhas assasinas de Kakariko Village

Cquote1.png Jogo Filho Da %[email protected]#$.Nunca mais jogo essa [email protected]#.Vai para PQP!!!! Cquote2.png
Alemão doido quebrando o teclado sobre Sua morte pelas galinhas assassinas de Kakariko Village

Cquote1.png Será que ganho um pedaço de coração ou a bolsa de 500 rupes se matar as galinhas? Cquote2.png
Nerd que usa gameshark o jogo inteiro sobre Galinhas assassinas de Kakariko Village


Cquote1.png Eu sempre quis saber o que tem no fundo do poço Cquote2.png
Noob que procura por 15 anos a lente da verdade sobre Poço de Kakariko Village

Cquote1.png Você quis dizer: a única cidade em que não existe adulto em The Legend of Zelda: Ocarina of Time Cquote2.png
Google sobre Kakariko Village

Kakariko Village é uma cidade pobre localizada no meio da mato região semi-árida de Hyrule. Foi criada por Ímpar, com o objetivo de ter um esconderijo quando a pirralha da Princesa Zelda estiver gemendo gritando alto ao seus ouvidos.

Índice

Como ÉEditar

Um lugar totalmente sem sentido, é o lugar perfeito para viver, lá Você podera encontrar, o único cemitério de toda Hyrule,encontrar a casa das galinhas assassinas, um moinho que não presta para nada,um bando de construtores homossesxuais,um poço que não possui utilidade e que não dá para chegar ao fundo quem é idiota o bastante para se afogar lá?... Tempo esgotado a resposta é Você e uma casa de gente macumbada.

Pontos turísticosEditar

Arquivo:120x90-4k-jpg
O moinho o lugar perfeito para virar Emo
 
O lugar perfeito para virar Emo.



O Moinho:É o único lugar um dos poucos lugares divertidos dessa cidade, lá você pode ver um cara fazendo uma música muito irritante feliz, e quer que tudo fique girando, girando, girando e etc.


Cemitério:Outro lugar imprestável interessante, é o único lugar que se da para enterrar as pessoas, além disso tem as covas que se entrar nelas podem ter: Um escudo de lata, um gancho, um rio de ácido, zumbis parecidos com o Michael Jackson dançando e cantando ópera e Thriller e estrupadores.

Crianças:tem muitas crianças nessa terrível linda cidade todas elas ficam no cemitério a maioria são bastante quietas olhe a porcentagem de habitantes:

Homens:25%

Mulheres:10%

Crianças:01%

Trabalhadores Gays:05%

Zumbis:64%

Emos:00%(todos cortaram os pulsos)

Lugares Ou Coisas PERIGOSAS!!Editar

A casa dos skulltulas:É a segunda coisa mais perigosa de Kakariko Village (Veja a tabela em seguida), são 99% aranhas e 0,0001% humanos, eles foram amaldiçoados pelas skulltulas porque não deixavam seu filho virar Emo e quando virou tem que dormir na frente da árvore.Então um dia uma skulltula viu o jovem emo chorando por culpa da familía, ela o amaldiçoá como o único emo da familía não virar skulltula, Link tem a missão de extinguir todas elas para fazer a familía virar uma familía só de emos.

Porcentagem de habitantes mortos pelas coisas perigosas de Kakariko Village: 1 lugar: As galinhas assassinas quando você ataca por se achar a pessoa mais forte de toda Hyrule 2 lugar: A casa dos skulltulas a familía intiera cai em você quando vai falar com elas a respito da maldição. 3 lugar: o poço de kakariko para as pessoas que não sabem nadar(ou não tem ar suficiente para chegar ao fundo). 4 lugar: o túmulo da família real, onde tem um monte de zumbis pronto para fazer uma coleta de sangue.

É legal morar e KAKARIKO VILLAGE!!!Editar

A cidade vive feliz no passado e no presente, não importa o que aconteça, Kakariko não é extinta!!!. E ela é a única cidade que tem humanos, idiotas inteligentes, e sobreviventes Se [[Você está querendo dizer quase extintos, tudo bem de uma trágica extinção liderada por ganondorf, mas possui sobreviventes de Market Sim eu sei Mercado em português(Já usei essa piada sobre o vendedor de máscaras.

EconomiaEditar

A economia é composta de: criação de galinhas assassinas, casas feitas pelo material reciclável de pessoas mortas, loja de venenos poções, um mercadinho, o cemitério, e o moinho

 
Um rico e seus amigos de Kakariko Village visitando, Link ou fazendo um Tour em Hyrule Note que ele faturou muito para ter um caças .

Em The Legend of Zelda: Twilight PrincessEditar

Kakariko Village é um dos lugares mais pobres de Hyrule, sendo apenas superado por Ordon Village. É praticamente uma favela do Rio de Janeiro! Um segundo após os acontecimentos de Ocarina of Time, os Gorons ressucitaram e se revoltaram pela lei decretada pela Princesa Zelda que proibia a venda de escravos sexuais vindos de Kakariko Village (mais conhecida como Lei Áurea), uma das principais fontes de renda dos habitantes. Como vingança, os Gorons invadiram Kakariko, derrubaram o moinho, roubaram as mulheres e esposas e fizeram todos os homens de cornos. A grande maioria dos homens se tornaram emos e cortaram os pulsos, por isso não tem QUASE NINGUÉM LÁ. Quando Link chama o exterminador de insetos, fazendo um bagulho esquisito sair do esconderijo, pois ele tem MUITO medo de baratas, Kakariko volta ao normal. Bem, nem tao normal, já que existem apenas 2 habitantes por lá, sem contar os mortos do cemitério (o único bem que os Gorons deixaram para Kakariko). Os pirralhos que o Homem do Saco levou e abusou estavam lá com esses 2 habitantes, exceto a putinha que Link gostava, a Ilia. Esses dois habitantes eram Renado e um cretino velho. Renado era um traveco assumido, fez até teste para participar das Drag Queens - felizmente (ou infelizmente, você quem sabe), ele não passa da primeira rodada). É o Shamã (não importa o que isso significa) da favela mal-construída. O cretino é só um maluco que faz bombas especiais para a Al-Qaeda e para Link. Ele diz que as bombas são invenções dele, mas você pode encontrar qualquer bomba sua até dentro de um bambu vindo da bunda do Sílvio Santos.

Com o passar do jogo, Kakariko vai recebendo muitos visitantes, como os Gorons responsáveis pela falência de lá e o príncipe pirralho Rala dos Zoras, irmão da Princesa Ruto. Você descobre que atrás do cemitério há um cemitério dos Zoras. O único Zora que está enterrado lá é o rei que morreu (amém), provando que os Zoras são burros mesmo quando só enterram o político rei corrupto deles.

As galinhas assassinas e o Dampé foram se encontrar lá com o Capeta, sendo que nem com reza brava você encontra eles. É possível perceber que a economia de Kakariko e, consequentemente, de Hyrule inteira, decaiu MUITO na transição do Ocarina of Time pro Twilight Princess, porque os caças ultramodernos vindos da França foram feitos de alimento para os 2 habitantes e material para construção dos barracos de Kakariko e ninguém nunca mais viu!

Em The Legend of Zelda: Wind WakerEditar

Ganondorf deu uma de pseudo-fodão, fazendo com que os hyruleanos e as deusas se cagassem de medo e causassem um tsunami, assim, felizmente, levando a favela Kakariko para a puta que pariu. Então, se você conseguir encontrar a favela de Kakariko durante o jogo, taque fogo, pois é capaz de que, durante esse tempo isolada do mundo, seus habitantes tenham conhecido as mesmas drogas que Skull Kid cheirou/fumou/injetou/comeu/ou qualquer outra coisa em Majora's Mask e começarem a meter bala e porrada nos helicópteros da Polícia Aquática de Hyrule e em todo mundo, igualzinho aos cariocas favelados.

Ver tambémEditar