Abrir menu principal

Desciclopédia β

Mantenha distância... ALLAHU AKBAR!!!!

Esta página contém elementos bélicos, químicos, atômicos ou bombásticos,
podendo causar um grande estrago no computador (e na mente) do leitor.
Exploding-head.gif
Modelo herdado do pai que foi desenhado especialmente para Nakajima

Cquote1.png Ih, ferrou, lá vem o Nakajima Cquote2.png
Lewis Hamilton sobre Kazuki Nakajima
Cquote1.png Ih, ferrou, lá vem o Nakajima Cquote2.png
Fernando Alonso sobre Kazuki Nakajima
Cquote1.png Ih, ferrou, lá vem o Nakajima Cquote2.png
Felipe Massa sobre Kazuki Nakajima
Cquote1.png Ih, ferrou, lá vem o Nakajima Cquote2.png
Jenson Button sobre Kazuki Nakajima
Cquote1.png Ih, ferrou, lá vem o Nakajima Cquote2.png
Galvão Bueno sobre Kazuki Nakajima
Cquote1.png Ih, ferrou, lá vem o Nakajima Cquote2.png
Qualquer um sobre Kazuki Nakajima
Cquote1.png Orgulho do papai! Cquote2.png
Satoru Nakajima sobre seu filho Kazuki Nakajima
Cquote1.png Você não quiz dizer kamikaze Cquote2.png
Google sobre Kazuki Nakajima
Bazuka Kazuki Terrorize Naka Iwo Jima Jr., conhecido apenas como Kazuki Nakajima é filho do grande desastre sobre 4 rodas: Satoru Nakajima, que o mundo, Ayrton Senna, Jean Alesi, Nelson Piquet, Nigel Mansell, Alain Prost e qualquer outro piloto sofreram na Segunda Guerra Automobilística. Assim como seu pai, Kazuki está cumprindo os mesmos passos de ser um grande desastre da nova geração visto por nós, Lewis Hamilton, Jenson Button, Felipe Massa e até Rubens Barrichello.

Kazuki Nakajima herdou os conhecimentos tradicionais da família e continua de geração em geração como os Kamikazes terrestres, por não precisarem de aviões para voar, bater e explodir os outros e os próprios.

Nakajima fazendo o que mais sabe

InícioEditar

 
Mais uma corrida bem-sucedida para Kazuki Nakajima. Ou não

Kazuki Nakaboom, apelido herdado de seu pai no kart, seguiu os passos confomre a tradição kamikaze na família e começou a carreira profissional na Fórmula Boom, vencendo todas as corridas, já que não havia mais ninguém com um carro inteiro. Ele havia sido treinado pelos kamikazes profissionais e seu pai que é o Kamikaze supremo. 300 kamikazes aconselharam Kazuki, apesar que 42 deles já haviam se suicidado a si mesmos.

Na Fórmula Boom, Kazuki era implacável e venceu mais de oito mil corridas. Seus adversários morriam de medo e abandonavam antes da largada. Foi contratado pela Williams, assim poderia espantar todo mundo na Fórmula 1 também. A jogada da Williams era fazer todos os adversários pedirem pra sair, mas mesmo assim, a donzela metrossexual piloto alemão Nico Rosberg não vingou na escuderia.

Diferentemente do seu pai, o pessoal da Fórmula 1 percebeu rapidamente que estavam com um terrorista na competição ou pior: um filho de um terrorista. Kazuki segue a linha de kamikazes que tiveram sucesso sem precisar perder a vida como seu pai, Ukyo Katagrama e Takuma Sato.

A herança malditaEditar

 
O pequeno Nakajima na sua estréia na Fórmula 1.

Kazuki já mostrou que será quase tão explosivo quanto seu pai. Logo na primeira corrida já atropelou um mecânico e isso está incomodando os chefões da categoria, pois a chance de destruição é elevada a 69 potência. No último GP do Brasil, Kazuki tentou uma ultrapassagem sobre um companheiro japonês que não é kamikaze e acabou destruindo o carro causando grandes prejuízos para a Williams, tanto que ele não terá chance ano que vem pois mantê-lo seria falência na hora.

Ver tambémEditar

v d e h
Pilotos da Fórmula 1