Abrir menu principal

Desciclopédia β

Klink

Sinnoh PokéDex.png
Klink é um Pokémon!

E pode ser um plugue elétrico ambulante.

Veja mais destas lindas criaturinhas!

Robô medroso.jpeg Este artigo é sobre uma MÁQUINA!

Ela sabe brincar, pular, cantar, destruir, esmagar e no futuro vai escravizar a humanidade e dominar o mundo, então cuide muito bem dela e não vandalize este artigo!

Klink
#{{{pokedex}}}
Klink.png
Duas cabeças podem até pensar melhor do que uma, mas isso não torna essa visão menos estranha.
Habilidade
{{{habilidade1}}}
Tipo
Steel
Espécie
Engrenagem
Cadeia evolutiva
KlingSeta.JPGKlangSeta.JPGKlinklang

Cquote1.png Você quis dizer: Hagurumon Cquote2.png
Google sobre Klink
Cquote1.png Você quis dizer: Engrenagem possuída Cquote2.png
Google sobre Klink
Cquote1.png Experimente também: Magnemite Cquote2.png
Sugestão do Google para Klink

Cquote1.png O que isso está fazendo fora do equipamento Cquote2.png
operador de uma máquina sobre Klink que tentou fugir
Cquote1.png Klink? Por causa do barulho que ele faz? Que piada fail! Cquote2.png
Qualquer um sobre trocadilho do nome Klink
Cquote1.png Klgguuugguguuggugggg! Cquote2.png
Klink enferrujado

Klinkgif.png

Klink é um Pokémon que mais parece um digimon e surgiu na quinta geração pokémonica de bizarrices. Ele é um dos mais estranhos pokémons já criados, talvez só empatando com o pokémon sorvete e o pokémon vela.

Índice

DadosEditar

Dizem que os Klinks nascem de antigas máquinas industriais abandonadas, da época da revolução industrial ainda. Após terem sido rejeitadas por estarem obsoletas e ultrapassadas, elas se revoltariam por dentro e vomitariam suas engrenagens internas, misturadas a muito ódio, desejo de vingança e rancor, e também um pouquinho de açúcar (tem que ter muito açúcar pro rancor não estragar o sabor). É dessa mistura que viria esse pokémon.

Uma coisa que assusta qualquer um na primeira vez que ve essa monstruosidade, é obviamente o fato dele ter duas cabeças. É claro que um monte, uma porrada de pokémons nasceu com mutação e tem mais de uma cabeça, mas em nenhum caso fica parecendo tão obcenamente feio como no caso do Klink. Parece que pegaram duas cabeças deformadas de macacos bebês, cortaram ao meio, misturaram com sucata e colram uma na outra. Não o encare por muito tempo para não ter pesadelos.

Ninguém sabe como ambas as cabeças dele foram ficar zarolhas, alguns dizem que certa manhã o Klink bebeu muito e furou os olhos com uma caneta, já outros dizem que ele os perdeu numa partida de truco.

ApariçõesEditar

 
Matéria prima para produção e exportação de Klinks.

Nos jogos, o Klink queria tanto ser um pokémon elétrico que só na caverna dos pokémons elétricos você encontra ele, atormentando os pokémons elétricos de verdade que deveriam estar lá.

Já no anime, fizeram questão e que, pelo menos até agora, ele não aparecesse. Provavelmente para não traumatizar as pobres criancinhas japonesas e fazer elas terem novos ataqeus epiléticos.

AtaquesEditar

  • Choque do Trovão: Apesar de não fazer parte do clubinho dos pokémons elétricos, Klink possui permissão para usar o ataque padronizado e patenteado do clube.
  • Rajada elétrica: Outro ataqeu que te dá um chokito e que Klink não deveria saber usar.
  • Tiro no Espelho: Sim, o Klink atira num espelho e com isso, bom, pega uns 7 anos de azar.
  • Som Metálico: Rangendo as duas cabeças entre si, o Klink produz um som metálico extremamente desagradável que chega a ser pior do que quando alguém arranha um lousa.
  • Hiper-Raio: Bem, ESSE ATAQUE E FERA PRA DUAS RODAS PONTUDAS DE UM OLHO.

Ver tambémEditar

v d e h
5ª Geração