Kouzuki Momonosuke

Mitsurugi-ronin.gif Este artigo é sobre um samurai!

Tire a honra dele vandalizando seu artigo
que ele o retalhará!

Kouzuki Momonosuke

Momonosuke.jpg

Bando Nenhum
Pirata / Marinheiro
Idade 8 anos
Codinomes Moleque Tarado
Cargo Herdeiro do daimyo de Kuri do Reino de Wano
Técnicas Virar serpente
Perfil
Família Kouzuki Oden† (pai)
Kouzuki Toki† (mãe)
Kouzuki Hiyori (irmã)
Sonho Chupar os peitos da Nami.
Frase Favorita Peitos!


Cquote1.svg Se ele virar o rei de Wano, ele vai ser o Rei Momo? Cquote2.svg
Alguém sobre Kouzuki Momonosuke
Cquote1.svg Eu quero acabar com o Kaidou!!! Cquote2.svg
Kouzuki Momonosuke sobre Kaidou
Cquote1.svg Entra na fila! Cquote2.svg
Gecko Moria, Trafalgar Law etc. sobre comentário acima
Cquote1.svg Você é um fracote igual ao seu pai! Cquote2.svg
Kaidou sobre Momonosuke
Cquote1.svg Esse tem bom gosto! Cquote2.svg
Konohamaru Sarutobi sobre o gosto de Momonosuke em se esfregar nos peitões das gostosas
Cquote1.svg Eu me encantei com a cobrinha dele! Cquote2.svg
Nami pedófila sobre Momonosuke
Cquote1.svg Eu também! Cquote2.svg
Robin pedófila sobre Momonosuke

Kouzuki Momonosuke é um moleque tarado, filho e herdeiro do finado daimyo de Kuri do Reino de Wano, Kouzuki Oden. Depois que Kaidou deu um golpe de estado no País de Wano, Momonosuke saiu fora de lá com Kin'emon, Kanjuro e Raizou.

HistóriaEditar

PassadoEditar

 
O pequeno Kouzuki Momonosuke
 
Como treinar o seu dragão

Momonosuke é o herdeiro do clã Kouzuki. Ele nasceu na família real de Wano, a terra dos samurais. Seu pai, Kouzuki Oden, era amigo do rei dos piratas, Gol D. Roger, o que não tem nada a ver com Mononosuke (ou não). Momonosuke vivia uma vida de príncipe: mesmo sendo um moleque de 8 anos, ele podia comer a mulher que ele quisesse (fato que comprova seu distúrbio de tara). Um certo dia, aconteceu algo terrível na vida de Momonosuke, o Yonkou suicida "Kaidou das Cem Feras" e sua turma resolveram colonizar Wano. Depois de matar Oden, Kaidou taca fogo no castelo dele, Kouzuki Toki, a mulher de Oden e mãe de Momonosuke, manda ele vinte anos pro futuro com uns bainhas vermelhas, ele foi adotado por um casal de homossexuais, o doido Kin'emon e a Drag Queen Kanjuro. Então, eles fugiram de Wano, junto com um ninja de anime errado, Raizou (ele deveria ser um personagem de Naruto, mas veio parar aqui por engano).

Punk HazzardEditar

 
Momonosuke fazendo o que mais gosta.

Momonosuke estava a caminho de Zou, mas eles naufragaram no caminho e o ninja Raizou sumiu. Kanjuro foi parar em Dressrosa e foi para o xadrez, Momonosuke foi pra Punk Hazzard e Kin'emon foi atrás dele. Lá ele foi preso junto de outras crianças pelo pedófilo cientista Caesar Clown. Na cadeia tinha contrabando de Fruta do Diabo, então Momonosuke comeu uma e ganhou os poderes de se transformar em serpente, daí ele começou a mostrar a serpente dele pras garotinhas que estavam presas junto com ele (Momonosuke passou o cerol em todas elas, esse tarado!). Momonosuke foi resgatado por Kin'emon e o Bando do Chapéu de Palha, depois eles foram pra Dressrosa.

DressrosaEditar

 
Momonosuke ataca de novo.

A caminho de Dressrosa, Momonosuke traçou as duas gostosas do Bando, Nami e Nico Robin. Momonosuke até que chegou em Dressrosa com os Chapéus de Palha, mas não ficou muito tempo, pois Doflamingo foi atrás deles que nem o Homem-Aranha. Por causa disso, Momonosuke meteu o pé de lá com Sanji, Nami (que sorte!), Chopper, Brook e o prisioneiro Caesar Clown, e partiram pra Zou, onde se encontrava o Raizou.

ZouEditar

Chegando em Zou, eles ficam sabendo que os Piratas do Kaidou comeram todas as coelhinhas de lá e quase exterminaram os Minks com gás do peido. Quando Kin'emon e Kanjuro chegaram lá com os Chapéus de Palha, eles ficam sabendo que Raizou estava escondido lá, estão Momonosuke conta toda a treta do Kaidou em Wano para os Chapéus de Palha e eles resolveram ajudar eles nessa treta, logo depois, Jack apareceu tentando derrubar o elefante Zunisha, mas Momonosuke mandou ele dar uma trombada nesses fanfarrões, sem saber como caralhos ele conseguiu falar com o elefante.

Ver tambémEditar

v d e h