Abrir menu principal

Desciclopédia β

Líbio Severo

Romanopre.jpg ROMANI ITE DOMVM!!!

HÆC ARTICVLVS ROMANVM EST. LATIM LOQVÆBITVR. NON INTERLEGIT? HVMORIS PRIVATVS NON EST. MVITISSIMVS ENGRAÇATVS! SED ROLA MEAM VADE MAMARE! VADE FŒDERE CVM PORRIBVS NOSTRVM.

Spqrpre.jpg


NovoWikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Líbio Severo.


Cquote1.png Você quis dizer: Kadafi Cquote2.png
Google sobre Líbio Severo

Flavius Libidus Severus Serpentes e Escorpiões, ou para economizar espaço Líbio Severo foi maus um dos trocentos imperadores de Roma da parte ocidental, mas que não foi bem aceito pelos outros imperadores do universo, por fazer parte do famoso Período dos bizonhos Bizantino.

Índice

História e AscensãoEditar

 
Moeda de Líbio Severo. Tá pensando o que? Até os retardados têm suas moedinhas.

Líbio Severo era um cara que não tinha opinião própria. Não sabia o que queria da vida e era um completo idiota. A única coisa da qual tinha certeza que queria era se tornar imperador de Roma, mas por ser tão tapado, nunca ia conseguir tal feito, não fosse a ajuda de seu tio Ricímero.

Após a execução brutal e cruel do então imperador Majoriano, Ricímero foi o escolhido para buscar em toda a Roma um sucessor ao trono imperial. De início, ele procurou por todos os lugares dentro e fora de Roma uma pessoa que quisesse ser imperador apenas de nome, pois na verdade que governaria, que tomaria as decisões, que receberia os salários, que mandaria matar os cristãos seria ele.

Após semanas procurando, e não obtendo sucesso, Ricímero estava para desistir, quando, ao visitar a casa da sua irmã Paola Soares, viu o seu sobrinho retardado brincando com a saliva. E foi nesse momento, que Ricímero viu o próximo imperador de Roma, na verdade não o próximo imperador de Roma, o mais correto é o próximo fantoche de Roma.

Ao chegar em Roma, Ricímero afirmou a todos os presentes que havia encontrado o homem ideal para dirigir Roma pelos próximos um ou dois anos antes de provavelmente ser assassinado, e este homem era Líbio Severo.

De início, Líbio não foi aceito nem reconhecido por boa parte do senado como imperador, mas após algumas ameaças e compras de voto por parte de Ricímero, rapidamente trataram de aceitá-lo e honrá-lo como lhe era merecido, ou não.

Vida PolíticaEditar

 
Este seria Líbio Severo nos dias atuais.

Líbio Severo não teve uma vida política ativa, pois como um retardado mental poderia administrar ou mandar em alguma coisa? Enquanto seu tio Ricímero administrava Roma, Líbio ficava dentro do quarto imperial brincado de carrinho, assistindo ao Xou da Xuxa, Pokémon, Naruto, essas coisas que só crianças até 15 anos de idade gosta.

A única guerra que Líbio venceu, por assim dizer, foi uma partida de War contra uma planta carnívora, e ainda porque roubou enquanto a planta se distraiu para comer uma mosca.

MorteEditar

Alguns historiadores famosos como....como...é...bem, alguns historiadores famoso afirmam que não é possível provar a causa certa da morte de Líbio, visto que naquela época não existia os modernos métodos de realizar autópsia em cadáver morto, como existe nos dias atuais.

Mas a verdade é que Líbio morreu afogado. Sim, afogado. Estava Líbio tomando banho de sol no pátio do palácio real, quando sentiu muita sede, e pediu para um dos seus servos pegar água para ele beber. Porém, o servo que foi pega a água era um estagiário ainda, e não sabia que Líbio não sabia beber água no copo, só sabia beber na mamadeira. Assim, quando trouxe o copo com água, Líbio foi tentar beber e não soube como beber a água, morrendo afogado.

Veja TambémEditar


Precedido por
Majoriano
 
Imperador Romano

461-465
Sucedido por
Antêmio



Imperadores Romanos

Júlio-Claudianos
Otávio AugustoTibérioCalígulaCláudioNero

Guerra Civil e Flávios
GalbaÓtonVitélioVespasianoTitoDomiciano

Antoninos
NervaTrajanoAdrianoAntonino PioMarco AurélioCômodo

Severos
PertinaxDídio JulianoSétimo SeveroCaracalaMacrinoHeliogábaloAlexandre Severo

Zorra Total ou Quem der mais leva
Maximino TrácioGordianos (I, II e III)Filipe ÁrabeDécioTreboniano GaloValerianoGalienoCláudio II GóticoAurelianoProboCaroCarino

Tetrarquia e Constaninianos ou Agora somos cristãos, Amém!
DioclecianoConstantino MagnoConstantino IIConstanteMagnêncioConstâncio IIJuliano ApóstataJoviano

Valentinianos e Teodosianos ou Corra que os bárbaros vêm ai
Valentiniano IValenteValentiniano IITeodósio MagnoHonórioConstantino IIIValentiniano IIIPetrônio MáximoÁvitoMajorianoLíbio SeveroAntêmioOlíbrioGlicérioJúlio NeposRômulo Augustulo