Abrir menu principal

Desciclopédia β

Liga dos Campeões da CONCACAF

Liga dos Campeões da CONCACAF, conhecida carinhosamente como Concachampions, é um campeonato da América do Norte, Central e Caribe, mas que seria facilmente confundido com o campeonato mexicano, já que em que 95% das ocasiões é um time do México que ganha. Os mexicanos, além de eventualmente visitarem a América do Sul para jogar a Copa América, Libertadores e a Copa Sul-Americana (sendo a única seleção do mundo que é filiada a duas confederações, a CONMEBOL e a CONCACAF), como não ganham Libertadores, aproveitam e jogam esse torneio, e sempre ganham.

Índice

HistóriaEditar

Tudo começou com uma ideia ridícula chamada Campeonato Centroamericano, quando a CONMEBOL sugeriu que a galera da América Central fizesse o torneio deles para o campeão disputar a pré-libertadores contra algum timeco da Venezuela. A primeira edição desse torneio, realizada em 1959, contou com apenas meros quatro times, o Chivas Guadalajara, o FAS, o Alajuelense, e o CD Olimpia (e claro que venceu o time mexicano). O torneio foi um fiasco e a CONMEBOL fingiu que nem viu aquela porcaria, ignorando a existência do Chivas. Uma nova tentativa foi feita em 1961, mas para piorar ainda mais o que já era ruim, nenhum time mexicano quis participar daquela bosta. A COCNACAF adora uma várzea, mas esses dois primeiros torneios foram tão exageradamente amadores que nem a CONCACAF teve cara de pau de considera-los como títulos oficiais.

Veio então a Copa dos Campeões da CONCACAF, criada em 1962, mas uma tentativa de uma Libertadores envolvendo times de países que ninguém nunca ouviu falar mais o México (antes de 1994 não existia soccer nos EUA). O amadorismo já ficava claro quando em 1963 o Racing Club Haïtien do Haiti é campeão por W.O. porque o rival Chivas confundiu o local da partida e visitou a Moldávia. O grande fiasco faria que esse torneio ficasse desativado pelos próximos anos.

Insistente, a Copa da CONCACAF voltou em 1967, mas os times mexicanos não participaram porque naquela época ainda tinha o mínimo de auto-respeito. E quando um time mexicano não participa, a Copa da CONCACAF fica pior que o Campeonato Amapaense - Série B, como por exemplo, uma final entre Jong Colombia das Antilhas Neerlandesas e Alianza FC de El Salvador. De 1968 a 1971 os mexicanos participaram, ganharam todas, mas o torneio continuava um lixo, então de 1972 a 1974 os mexicanos voltaram a não participar, dando chance a times merdas serem campeões.

O torneio prosseguia num total amadorismo e numa má vontade extrema, em 1978, por exemplo, a final foi cancelada e 3 times considerados campeões ao mesmo tempo, o que incluiu o Universidad de Guadalajara que nessa foi campeão ganhando só um joguinho. Em 1984 deixaram o Violette AC ser considerado campeão por W.O. por dó. Em 2001 a competição foi cancelada no meio quando o Tangamandápio FC, para evitar a fadiga, não compareceu aos seus jogos.

Tudo só foi mudar, um pouco só, a partir de 2005, com a criação da Copa do Mundo de Clubes da FIFA que queria mais timecos. Aí a COCACAF se viu obrigada a levar mais a sério sua competição continental, e em 2008 estava criada a Liga dos Campeões da CONCACAF, que é uma versão do campeonato mexicano misturado com campeonato tangamandapiano, só que em formato de mata-mata. Dessa forma, de 2008 a 2017, todos os 10 campeões foram mexicanos.

Percebendo a palhaçada previsível que era esse torneio, a CONCACAF decidiu assumir-se como um campeonato mexicano de mata-mata, e mudou o regulamento a partir de 2018. Agora 14 times mexicanos se classificam pra competição, todos times que existirem nos Estados Unidos (uns 4), e mais o campeão da Série B da CONCACAF (disputada pelos times da América Central e Tangamandápio), de modo que o campeão da Série C da COCNACAF ganha apenas uma vaga na série B.

RegulamentoEditar

 
Jogadores comemorando mais um título.

Por muitos anos haviam três torneios: Um México x EUA, um entre os clubes da América Central, e outro entre os clubes do Caribe. Aí havia um triangular entre os três campeões. Mas isso sempre dava a maior merda e altos W.O., então um mata-mata com um monte de time mexicano foi adotado a partir de 2008. Por falta de países, o regulamento foi ainda mais modificado a partir de 2018, para haver mais times mexicanos e menos times merdas, que foram banidos respectivamente para as Série B da CONCACAF e Série C da COCNACAF.

Atualmente, nesse torneio se classificam 16 equipes sendo:

Tudo para no final, obvio, o campeão ser do México.

CampeõesEditar

Ano Campeão Vice
1962   Chuvas Tangamandápio   Cocô Culhones
1963   Voodoo   Chuvas Tangamandápio
1964 a 1966 Essa putaria não aconteceu.
1967   Aliança   Kong Colombia
1968   Polauca(1)
1969   Cus Azuis   Cocô Culhones
1970   Cus Azuis(1)
1971   Cus Azuis
(de novo?)
  Malajuelense
1972   Olimpiakos   Robin Williams
1973   Transexual(1)
1974   Do Município   Transexual
1975   Atlético espanhol da Espanha   Transexual
1976   Água Lá   Robin Williams
1977   Amerréca   Robin Williams
1978   Universidade de Tangamandápio
  Cocô Culhones
  Defeca Forte(2)
1979   Deportivo Faz   Kong Colombia
1980   Putas   Putas da Universidade
1981   Transexual   Marcianos
1982   Putas   Robin Williams
1983   Atlântis   Robin Williams
1984   Chacrete(1)
1985   Defeca Forte   Olimpiakos
1986   Malajuelense   Transexual
1987   Amerréca   Defeca Forte
1988   Olimpiakos   Defeca Forte
1989   Putas   Pinhal do Rio
1990   Amerréca   Pinhal do Rio
1991   Camoteros   Poliça
1992   Amerréca   Malajuelense
1993   Monstruo Morado   Leão
1994   Carta Gina   Atlântis
1995   Monstruo Morado   Do Município
1996   Cus Azuis   Encaixa
1997   Cus Azuis   Futurama
1998   Patty Team   Polauca
1999   Encaixa   Malajuelense
2000   Futurama   Olimpiakos
2001 Largaram a competição no meio
2002   Tchutchuca   Mariposas
2003   Polauca   Mariposas
2004   Malajuelense   Monstruo Morado
2005   Monstruo Morado   Putas
2006   Amerréca   Polauca
2007   Tchutchuca   Chuvas Tangamandápio
2008   Tchutchuca   Monstruo Morado
2008/09   Atlântis   Cus Azuis
2009/10   Tchutchuca   Cus Azuis
2010/11   Monte de Gay   Real Íbis Hated
2011/12   Monte de Gay   Cheleros
2012/13   Monte de Gay
(de novo?)
  Cheleros
2013/14   Cus Azuis
(mais um mexicano! Pra variar!)
  Polauca
2014/15   Amerréca   Monte Real Impacto
2015/16   Amerréca
(mais um do México! Assim não tem graça.)
  Trigos
2016/17   Tchutchuca
(É CONCACAF ou mexicano?)
  Trigos
2018   Chuvas Tangamandápio
(Parece que é campeonato mexicano mesmo.)
  Tô tonto
2019   Monte de Gay   Trigos
(1) Nos campeonatos de 1968, 1970, 1973, 1984, não teve final porque os outros times ficaram com medo de continuar no campeonato.